Take a fresh look at your lifestyle.

Para que Serve Violeta Genciana? Funciona? Preços

0 5

É difícil alguém nunca ter ouvido falar em violeta genciana. Isso porque é um dos medicamentos mais antigos e populares que existem, muito utilizado para diversos fins. De um modo geral, a violeta genciana é a substância ativa de medicamento antifúngico para o tratamento da candidíase. No entanto, ela passou a ter destaque maior nos últimos tempos no ramo da cosmética, principalmente no que diz respeito à beleza estética.

Se você nunca ouviu falar de violeta genciana, não se preocupe. Saiba que ela está em alta em diversos tratamentos estéticos, e neste artigo, você vai ter a oportunidade de aprender tudo sobre ela. Vamos explicar abaixo o que é violeta genciana, para que serve, e como utilizá-la em seu benefício. Confira!

O que é violeta genciana?

A violeta genciana (cloreto de Pararosanilina) ou violeta cristal, também conhecida por violeta de metila 10 B, andergon, violeta de anilina, é uma substância extraída de uma planta de mesmo nome, usada como componente químico em medicamentos para inúmeros fins diferentes.

A substância possui poderosas propriedades antissépticas, antibacterianas e antifúngicas, com a principal função de identificar e eliminar micro-organismos como bactérias, fungos e vírus. Por esta razão, a violeta genciana é o princípio ativo de vários medicamentos para o tratamento de fungos e bactérias.

Principais usos: Para que serve a violeta genciana?

violeta  genciana nos cabelos
A violeta genciana é usada para inúmeras finalidades, inclusive para matizar ou tingir os fios de cabelos.

Normalmente, a violeta genciana é utilizada em uma solução diluída (aprox. 1%) em água ou em gotas misturada a algum outro composto. É uma substância multiuso de inúmeras funções, dependendo para o que for utilizada. Veja algumas delas abaixo:

  • Usada na medicina e em laboratórios para identificar microrganismos e curas de doenças;
  • Tratamento de queimaduras, assaduras e lesões de pele, melhorando os sintomas de coceira, vermelhidão e ardor;
  • Tratamento preventivo de micoses, estomatite, aftas e inflamações nas gengivas;
  • Tratamento da candidíase, alívio de cólicas menstruais e infecções nos mamilos causadas pela amamentação;
  • Tratamento de doenças como gota, reumatismo e artrite;
  • Tratamento da diurese, como diurético;
  • Tratamento de cólicas intestinais;
  • Ajuda a regular a pressão arterial;
  • Usada para reverter complicações no sistema nervoso central;
  • Tratamento para aumentar a baixa imunidade;
  • Tratamento de hipotireoidismo como estimulante da glândula da tireoide;
  • Tratamento da anemia, estimulando o apetite;
  • Demarcar a pele na cirurgia plástica, dermatologia e medicina estética, assim como para a aplicação de piercings;
  • Usada em rações para aves, apesar de proibido por lei (Proibido pelo Ministério da Agricultura, através da Instrução Normativa N° 34, de 13 de setembro de 2007);
  • Usada para carimbar cortes de carne em matadouros;
  • Usada como depurador de sangue para purificação;
  • Usada para matizar os fios dos cabelos;
  • Usada no clareamento de dentes.

Violeta genciana: O que diz a bula?

frasco de violeta genciana
A violeta genciana é um medicamento antisséptico e antifúngico usado para combater microorganismos como fungos e bactérias.

A bula do composto vendido nas farmácias em todo o Brasil afirma que o medicamento é um antisséptico e um antifúngico capaz de prevenir, destruir e inibir o desenvolvimento e proliferação de micro-organismos, como bactérias e vírus. Ela também tem ação cicatrizante, por isso auxilia na cicatrização de ferimentos, evitando infecções.

Onde comprar violeta genciana?

Antigamente, a violeta genciana era encontrada em qualquer farmácia ou drogaria. Toda avó tinha um vidrinho dentro do seu armarinho de remédios. Mas hoje está bem mais difícil de encontrar. Nos Estados Unidos, a sua venda é liberada e não precisa sequer de receita.

No entanto, ela pode ser encontrada em algumas lojas especializadas de produtos naturais na internet, ou com sorte em algumas farmácias. O vidro com 30 ml de violeta genciana é baratinho, e custa em torno de dez reais, sendo possível até encontrar por menos de 5 reais, dependendo do volume do frasco e do local.

Como usar a violeta genciana?

violeta genciana nos cabelos, nos dentes e na pele.
A violeta genciana nos cabelos deve ser diluída em outros compostos, já nos dentes e em lesões de pele pode ser aplicada diretamente.

O uso da violeta genciana vai depender da sua finalidade. No entanto, a violeta de genciana é de uso tópico e deve ser aplicada sobre a área lesionada 2 a 3 vezes por dia, por no máximo 3 dias, para evitar irritação e manchas permanentes.

Caso você queira usar para tingir ou matizar os cabelos, você terá que diluir a substância e misturá-la a outros elementos diluidores para aplicar nos fios.

No caso de queimaduras ou lesões da pele, como assaduras, a violeta genciana é aplicada diretamente nos machucados e lesões. Para assaduras é comum misturar algumas gotinhas no creme de assadura e aplicar sobre a pele. O produto tem absorção rápida e seca rapidinho, mas vai manchar.

Nos dentes, a violeta genciana também é aplicada diretamente sobre eles, no entanto, é melhor conversar com o seu dentista antes para evitar futuros problemas, como coloração permanente e manchas. Aliás, consultar um especialista na área antes de aplicar o produto é o melhor a fazer, seja qual for a finalidade.

Violeta genciana nos dentes

violeta genciana nso dentes
A violeta genciana nos dentes é usada como tratamento clareador e no combate à cáries, tártaros, placas bacterianas e estomatite, entre outras.

A boca em geral é alvo de micro-organismos, como bactérias e fungos. Por isso, é tão importante combater a cárie, o tártaro e outras doenças como a gengivite, aftas, “sapinho”, entre outras.

Por ser um excelente antisséptico, a violeta genciana era muito prescrita por alguns médicos para o tratamento e prevenção dessas doenças. A partir disso, muita gente também percebeu que o produto clareava os dentes. A notícia se espalhou rapidamente e hoje muita a procura pelo produto para esta finalidade aumentou bastante.

O problema é que o seu uso excessivo e inadequado pode provocar o desgaste do esmalte do dente, pois a violeta genciana corrói e destrói essa proteção. Além disso, há relatos de dentistas sobre pacientes que ficaram com os dentes azuis por conta do uso excessivo da violeta genciana como clareamento.

Apesar do composto utilizado para clarear os dentes possuir cerca de apenas 1% de violeta genciana, ele deve ser aplicado com cuidado, e sob prescrição do dentista.

Violeta genciana e óleo de coco

A violeta genciana pode ser adicionada ao óleo de coco para escovar os dentes e fazer o clareamento. O óleo de coco também tem ação bactericida, e quando utilizado na boca, é capaz de eliminar a bactéria Streptococcus mutans, a principal causadora das cáries.

Assim, com essa escovação é possível reduzir infecções bacterianas e diminuir as placas. Para tanto, basta misturar meia colher de chá de óleo de coco a uma gota de violeta genciana e escovar os dentes por cerca de dois minutos, diariamente, em movimentos leves e circulares. Em seguida, enxágue bem até toda coloração roxa sair.

Caso a boca fique muito manchada de roxo, misture meio limão a uma colher de chá de sal e aplique nos dentes e na boca, bochechando com a solução.

Violeta genciana nos cabelos

violeta genciana nso cabelos para matizar os fios
A violeta genciana nso cabelos pode ser usada para matizar, hidratar e colorir os fios.

Outro uso da violeta genciana que tem causado furor nos salões de beleza e aumentado demais a sua procura é como matizador de cabelos. O método tem causado verdadeira comoção entre as mulheres que possuem os cabelos platinados ou com mechas loiras.

Devido as suas poderosas propriedades antissépticas, a violeta genciana elimina diversos tipos de micro-organismos, dá brilho e mais força aos fios, enquanto matiza a cor, desamarelando os fios. No entanto, é preciso tomar alguns cuidados para não manchar os cabelos.

O composto possui álcool em sua composição, e com isso ressecar os fios se usado em excesso. Além disso a violeta genciana tem alto poder de pigmentação, podendo alterar a cor dos cabelos facilmente para tons indesejados. Por isso, é sempre bom diluir o produto, usar poucas quantidades e sempre aliado à uma máscara hidratante.

Uma outra dica é realizar diversos testes com a violeta genciana, até chegar em uma mistura com a tonalidade ideal para a cor do seu cabelo. Comece com apenas 1 gota e vá aumentando à medida que for usando o produto. Teste primeiro em uma pequena mecha, assim fica mais fácil de retirar, caso fique na tonalidade indesejada.

Violeta genciana apenas com água

É possível fazer um tratamento com violeta genciana apenas com água. No entanto, este método costuma ressecar mais os fios, e recomenda-se uma hidratação após a aplicação ou em alguns dias.

Para a mistura, basta diluir 2 gotas da substância a um litro de água em uma bacia. Em seguida, mergulhe os cabelos na bacia, deixando agir por cerca de 1 minuto. Depois disso, é só lavar os cabelos normalmente.

Quanto mais escura a água e mais tempo de permanência com os cabelos mergulhados nela, mais os fios irão absorver o pigmento. Caso não seja esta a sua intenção (tingir), cuidado com a quantidade e a permanência do produto nso cabelos.

Hidratação dos cabelos com violeta genciana

violeta genciana com máscara hidratante nos cabelos
A violeta genciana aliada a uma máscara hidratante matiza os fios enquanto hidrata.

Para o tratamento de hidratação capilar, misture 3 colheres de máscara hidratante de sua preferência (o ideal é uma máscara branca) com apenas 2 gotas de violeta genciana. Coloque uma luva e aplique a mistura nos cabelos ainda úmidos. Deixe agir por, no mínimo, 2 minutos, no cabelo platinado, e enxágue com água morna até retirar todo o creme por completo. Caso os fios sejam loiros claros, pode deixar agir de 3 a 5 minutos. Cabelos mais escuros puxando para o dourado podem ficar com a máscara de 5 a 10 minutos.

Matização dos cabelos com violeta genciana

Para matizar a cor dos cabelos e desamarelar os fios loiros, misture 10 gotas para cada 350 ml de Shampoo ou 10 gotas para 350 ml de Condicionador, de costume e de sua preferência. Em seguida, lave normalmente, deixando agir por 2 a 3 minutos, antes de enxaguar por completo.

No entanto, cuidado com os excessos para não manchar demais os cabelos. Cabelos completamente descoloridos (platinados) podem absorver mais cor e ficar roxos. O efeito costuma sair com as lavagens, principalmente se usar um shampoo antirresíduos.

Dicas importantes:

Como qualquer produto, antes de usar devemos ficar atentos a algumas medidas e precauções, são elas abaixo:

  • Quando for utilizar o produto, deixe o frasco aberto por 24 horas ou mais dias para evaporar o álcool e evitar o ressecamento dos fios;
  • A violeta genciana não clareia os fios, portanto não serve para descoloração, mas para neutralizar os fios amarelados ou tingir os fios descoloridos;
  • Atenção ao tempo de aplicação para evitar manchar o cabelo de roxo;
  • Cuidado, o produto puro mancha. Por isso, use sempre luvas, e em caso de acidentes, remova as manchas com acetona;
  • Não misture o líquido com tintas de coloração para cabelo.

Efeitos colaterais e contra-indicações

Como todo o medicamento, o seu uso deve seguir algumas medidas de precaução. Recomenda-se também consultar um médico especialista de acordo com a finalidade dada ao produto.

Ao perceber qualquer sintoma como os citados a seguir, tome as devidas providências, e caso seja necessário, consulte um médico ou especialista ou vá a um pronto-socorro mais próximo.

O uso prolongado de violeta de genciana pode levar à coceira intensa, irritação da pele, presença de úlcera e de manchas permanentes na pele. Em caso de coceiras e irritações na pele, lave a região imediatamente com água em abundância e seque o local.

No caso de tingimento da pele, não se preocupe, a remoção pode ser feita com acetona embebida em algodão. Porém, no caso da pele possuir ferimentos, pode ocorrer a pigmentação permanente. Não aplique nada antes de consultar um médico.

O uso de violeta de genciana é contra-indicado a mulheres em fase de amamentação ou que tenham sido diagnosticadas com gravidez de risco. Além disso, pessoas que tenham lesões ulcerativas ou hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula não devem usar o produto que contenha a violeta genciana.

Agora que você sabe tudo sobre a violeta genciana, para o que é usada e como pode ser usada. Faça um teste e nos conte se funcionou com você! Caso você conheça algum outro uso de violeta genciana que não esteja listado aqui neste artigo, deixe o seu comentário abaixo!

Leave A Reply

Your email address will not be published.