Take a fresh look at your lifestyle.

Vestido com Cinto: Como Usar? Veja +99 Looks e Ideias!

Imagine uma maneira de demarcar sua cintura e ainda acrescentar personalidade e beleza ao seu visual. Conseguiu? Aposto que você pensou em cintos né?! Pois saiba que a mais de cem anos atrás, alguém teve essa mesma percepção e resolvei inovar trazendo o conceito – antes usado primordialmente pelos homens, em calças – para o universo feminino, adicionando-o aos exuberantes vestidos!

Essa moda que se iniciou há tanto tempo, teve sua era de ouro durante os anos 50 e 60, onde as mulheres começaram a se reinventar e quebrar vários padrões de vestuário, tendo a necessidade de uma revolução no mundo da moda. Eles funcionavam perfeitamente bem para acinturar os vestidos rodados e mais soltinhos que eram os queridinhos, e acabou se tornando um deles.

Se você gosta dessa composição e quer aprender um pouco mais sobre como usa-la no seu dia a dia, acompanhe-nos nesse post!

Saiba como o usar o vestido com cinto!!

Os cintos são acessórios extremamente democráticos, versáteis e capazes de mudar todo o conceito de uma roupa, então para usa-lo é preciso ter certeza do que deseja valorizar e de qual personalidade você almeja agregar ao seu visual. Tendo bem definido aonde quer chegar, você pode escolher inúmeros caminhos para tal, dependendo unicamente do seu bom gosto pessoal.

Quer entender isso na prática? Então ai vai algumas combinações para te inspirar!

Look retrô

Se você é chegada na moda que era sucesso no século passado, saiba que o vestido com cinto é seu grande aliado para tingir uma produção sensacional!

Como já dissemos, o auge dos cintos em vestidos ocorreu bem durante 1950 e 1960, então acredite, vestidos com a estampas e caimentos que remetem a essa tendência vintage, merecem esse acessório.

Veja no modelo acima, como uma peça soltinha, com uma estampa bem similar ao usual no passado ganha uma cara nova com o ornamento.

E aqui, as cores mais escuras criam uma atmosfera bem casual-chique, onde o marrom do couro, posicionado um pouco acima do umbigo, além de acinturar a silhueta, consegue criar um efeito de seios maiores, que se equilibra totalmente com o volume dos quadris.

Dessa maneira dá para conseguir a estética de um corpo “violão” sem grandes esforços.

Já nesse exemplo notamos claramente como o cinto é capaz de assegurar um diferencial ao look, tornando-o mais gracioso.

A escolha pelo acessório fino em uma cor mais viva que o vestido, faz com ele se torne o destaque da composição. O detalhe da largura e do laço, ajudam a transmitir um ar de delicadeza e glamour, tornando a estética mais agradável.

Se você prefere um estilo ousado cheio de cores marcante e com uma modelagem diferenciada, esse exemplo é para você.

Note que mesmo as cores sendo muito marcantes, ele ainda fica harmônico. Isso porque as tonalidades conseguem criar uma boa junção sem criar um caos visual.

E, somado a isso, o vestido – que tem um corte mais reto com um certo destaque aos ombros – é combinado com um cinto mais largo, que consegue criar um caimento e ajudar a dar uma falsa impressão de quadril, proporcionando bem todas as partes.

Vestidos Gregos

Se você é fã dessa modelagem, sabe que o cinto é quase um pré-requisito. Por se tratarem de vestidos muito soltos, o cinto se torna quase obrigatório para criar uma autenticidade ao visual.

Veja mais: Vestido Grego: Saiba como e quando usa-lo

A dica aqui é usa-lo logo abaixo dos seios, assim é possível demarcar a cintura e dar personalidade ao busto. Os tamanhos dos ornamentos escolhidos podem variar de acordo a sua vontade.

Enquanto os mais largos, criam um alongamento no visual, sendo ótimos para serem usado com vestidos longos, os médios e finos prometem ajudar a agregar sofisticação, podendo ser usados nos mais diversos comprimentos.

Optar por couro, ou cores neutras nessa composição é sempre uma pedida justificável. Se quiser ousar, tome cuidado para não estragar a proposta, pois o que queremos aqui é que o cinto e o vestido se complementem e não que um se sobressaia ao outro.

Veja também: Vestido de Veludo Curto: Saiba como incorporar essa peça ao seu vestuário

Estilos alternativos

Para quem curte um visual hipster, boho, hippie, alternativo, ou seja, aquela produção diferentona e que casa bem com qualquer show ou festival que se queira presenciar, saiba que o cinto também esta aqui para você. Ele consegue funcionar muito bem em quaisquer que sejam esse looks, como a cereja no bolo. Veja a seguir.

O cinto na cintura baixa é ideal para quem busca disfarçar a ausência de quadris. O tamanho maior ajuda no caimento do vestido e adicionar mais atitude a roupa, criando um conceito diferente, atual e muito charmoso.

Já nessa produção, o intuito é seguir uma linha mais suave. O vestido de renda cria uma aparência mais zen e delicada enquanto o cinto com detalhes de pedras ajuda a dar um diferencial no look.

Note que os acessórios tem tendencias semelhantes as do cinto, o que ajuda a harmonizar o visual e seguir uma tendência coerente e coesa.

Por fim temos um diferencial, aquele tipo de vestido no estilo “camisetão”, que é bastante despojado mas cria uma aparência única!

Nesse caso o cinto fino acima do umbigo, ajuda a acinturar o visual e dar mais autenticidade a ele. Os acessórios como chapéus, pulseiras e anéis contribuem para que o look sejam o mais alternativo possível.

Cintos largos

Se você tem seios e quadris largos, esse é o cinto ideal para a sua vida! Ele ajuda a equilibrar suas estruturas e garantir que a cintura tenha um destaque, de maneira a não vulgarizar a roupa e a valorizar sua silhueta.

Pode ser usado nos mais diferentes tipos de tecido, mas pode ser vantajoso optar por cores mais neutras no acessório, para assegurar uma equidade e não uma briga por atenção.

Ele também é ideal para pessoas com estatura pequena e que almejam alongar sua projeção visual, já que são grandes auxiliadores para a perspectiva de pernas maiores, quando usados na cintura.

Devido ao seu tamanho eles também podem funcionar como destaque visual, quebrando a monotonia e adicionando mais beleza a sua produção.

Veja também: Calça hot pants: O que é? Como usar? +99 Looks!

Produções básicas

Se engana quem pensa que em um visual simples dispensa acessórios. Ele auxiliam, e muito, na hora de definir o tipo de visual que se espera alcançar. Óbvio que exageros devem ser evitados, mas note abaixo alguns exemplos.

Aqui o cinto, o óculos, pulseira, anéis e o colarzinho acrescentam personalidade e deixam o visual casual e simples, mas muito beleza também.

Note que muitas vezes o cinto é o essencial para criar uma coerência estética.

O básico pode também se tornar muito elegante, dependendo da sua proposta. Lembre-se de ser coerente!

Vestido Florido

Os vestidos com estampas floridas também podem ficar sensacionais com um bom cinto. Atente-se para as cores e para manter um bom equilíbrio visual.

Note que o cinto vermelho traz além de acinturamento um bom equilíbrio nas tonalidades.

O acessório pode ter a mesma paleta que o vestido, de maneira a apenas criar um um acinturamento.

Aqui o cinto fino, com um couro cria um diferencial interessante no visual.

É possível criar um diferencial, onde o cinto nem mesmo apareça. Com o vestido mais soltinho sobre ele, o caimento fica muito interessante e ajuda a disfarçar qualquer detalhe que te faça sentir menos confortável.

Veja mais visuais

Agora que temos algumas noções básicas de como combinar seus cintos e vestido, fique com outros looks para você se inspirar na hora de montar sua produção.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gostou do vestido com cinto? Aproveite a grande gama de opções e deixe a sua imaginação fluir! Temos certeza que seu visual ficará incrível.

Curtiu as dicas de produção e o post? Comente e compartilhe com suas amigas! Beijos, nos vemos no próximo.

Leave A Reply

Your email address will not be published.