Take a fresh look at your lifestyle.

Vender Sabonete Artesanal da Lucro? Leia Este Artigo! :)

Se você deseja saber se vender sabonete artesanal dá lucro, este artigo oferece as melhores dicas para auxiliar você a iniciar esse tipo de empreendimento.

Se você deseja saber se vender sabonete artesanal dá lucro, este artigo oferece as melhores dicas para auxiliar você a iniciar esse tipo de empreendimento.

O sabonete artesanal conquistou, recentemente, a preferência dos consumidores que, em consequência, passaram a valorizar, cada vez mais, esse produto – seja um sabonete para o rosto, para o corpo ou para as mãos.

Esse fenômeno pode ser explicado pelo crescimento na quantidade de pessoas que se preocupam em consumir conscientemente e procuram por itens naturais e orgânicos.

A consequência mais importante desse movimento consiste no fato de que a produção de sabonetes artesanais deixou de ser um hobby para se tornar um negócio para as pessoas que, a partir de sua própria força de vontade e capacidade de iniciativa, conseguem obter bons retornos financeiros.

A melhor notícia é que isso está ao seu alcance. Como? Basta continuar lendo o nosso post!

Quanto custa um sabonete artesanal?

Os preços variam significativamente, dependendo de fatores como:

  • Os custos de fabricação (matéria-prima, horas trabalhadas);
  • Os elementos que compõem o sabonete artesanal (custos fixos);
  • A região do país em que o sabonete foi produzido ou será comercializado (custo de frete e de embalagem);
  • A margem de lucro de cada revendedor.

Na prática, a variabilidade é tão grande que é praticamente impossível determinar uma faixa de preços única. Se você deseja entrar nesse mercado, o mais indicado é fazer uma análise comparativa com os produtos que já estão à venda e apresentam similaridades com o que você está considerando lançar.

Preço de custo do sabonete artesanal

Para calcular corretamente o preço de custo e verificar, por si mesmo, se vender sabonete artesanal dá lucro, você deve observar os seguintes passos:

  1. Realize uma pesquisa voltada a identificar o preço praticado pela concorrência. Assim, você poderá estipular valores competitivos, sabendo os preços que os seus futuros clientes estão dispostos a pagar;
  2. Defina qual será o seu público e qual é o perfil do seu cliente ideal;
  3. Faça uma lista contendo todos os gastos com material, desde os papéis de embalagem até a glicerina utilizada (aliás, você sabia que também dá para usar glicerina no cabelo?);
  4. Adicione o valor da sua hora de trabalho e agregue outros tipos de despesas fixas, como o gasto com energia;
  5. Identifique o valor de custo. Suponha que você esteja produzindo 100 sabonetes a cada mês. Divida o valor das despesas fixas (isto é, as contas fixas mais o valor de sua hora de trabalho) pela quantidade de peças. Some o resultado obtido aos gastos com material (por cada sabonete produzido). Por exemplo: 150:100 = 1,50, e depois 1,50 + 2,50 = 4,00.
Os preços de sabonete artesanal podem variar muito.

Como montar uma fábrica de sabonete artesanal?

Montar uma fábrica de sabonete artesanal não é algo tão complexo quanto você, talvez, possa imaginar em um primeiro momento. O setor de cosméticos tem crescido substancialmente nos últimos anos.

Com efeito, o Brasil já ocupa a terceira colocação entre os maiores consumidores do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos e a China. Mesmo durante a crise econômica, esse segmento mostrou-se surpreendentemente resiliente e os especialistas afirmam que crescerá ainda mais no próximo ano.

Se você gosta dessa área e deseja começar o seu próprio negócio, a fabricação de sabonete é, simplesmente, uma ótima alternativa, à medida que são itens de produção relativamente fácil e, o que é mais importante, requer baixos investimentos.

A maioria dos consumidores simplesmente se cansou das marcas tradicionais de sabonetes. Os produtos com formatos e fragrâncias atraentes têm conquistado espaço no mercado, atendendo a necessidade das pessoas que procuram por banhos mais agradáveis e prazerosos.

Nesse contexto, montar uma fábrica de sabonete artesanal não é difícil e, se você agir com inteligência, poderá alavancar a produção e, assim, obter consideráveis lucros, confirmando que vender sabonete artesanal dá lucro.

Primeiros passos para montar uma fábrica de sabonete artesanal

O investimento inicial gira em torno de R$ 25 mil, contudo, você pode optar por estabelecer uma empresa de menores proporções e, paulatinamente, ampliar os seus negócios conforme exista um sólido aumento nas demandas dos clientes.

A montagem em si implica estar atenta a certas restrições importantes. A primeira delas consiste na necessidade de consultar um profissional (neste caso, um químico) capaz de ajudar você a desenvolver, com segurança, sabonetes com conteúdos diversos.

Dessa forma, você poderá conquistar a atenção de diferentes tipos de público: adultos, jovens e crianças.

Cumpre ressaltar que as bases químicas do sabonete podem apresentar restrição para certos tipos de pele, provocando alergia em determinadas pessoas. Portanto, é indispensável saber com certeza quais elementos podem ser utilizados.

Você pode optar, também, por fazer cursos e treinamentos para aprender a fabricar sabonete artesanal. Com efeito, existem muitos cursos no mercado. Alguns deles, inclusive, reúnem preços baixos e alta qualidade de ensino.

Porém, a criatividade é o fator-chave para o sucesso na área. Isso pode se manifestar por meio de uma estratégia acurada de marketing, belas embalagens, fragrâncias envolventes, enfim, tudo o que possa convencer os seus clientes a deixarem seus banhos mais interessantes.

Outro fator que não deve, de modo algum, ser negligenciado, é assegurar a qualidade de cada um dos componentes empregados, ainda que, para garantir isso, seja necessário elevar o preço da revenda.

Lembre-se: se os seus produtos forem realmente bons, os consumidores desejarão repetir suas compras. Do contrário, se eles forem ruins (ou comuns), os consumidores não se sentirão atraídos e será mais difícil assegurar que vender sabonete artesanal dá lucro.

A estrutura do sabonete artesanal pode ser formada por componentes dos mais variados tipos. Entretanto, a glicerina é, sem dúvida, o mais famoso de todos.

De fato, a glicerina é responsável por dotar o produto de uma maior capacidade de hidratar a pele.

Dependendo do sabonete que você deseja produzir, é possível adicionar óleos vegetais e fragrâncias com essências de flores, frutas e outras. Os limites das combinações possíveis serão dados, apenas, pela sua criatividade.

Uma boa ideia é fabricar, concomitantemente aos demais produtos, sabonetes neutros, a fim de atender consumidores alérgicos ou que apenas não apreciem certos odores típicos.

Quanto mais variados forem os seus produtos, mais você conseguirá vender!

Investimentos

O maquinário necessário para montar a fábrica de sabonete artesanal pode ser útil para simplificar o trabalho. As máquinas custam por volta de R$ 2 mil e são de pequenas dimensões. Todavia, é importante considerar o espaço necessário para a fabricação.

O espaço deve ser bastante amplo e extremamente bem higienizado, pois um sabonete mal fabricado pode ser muito prejudicial para a pele das pessoas. Você precisará de prensas, formas, máquinas para cortar, caldeiras, baldes, termômetros e rodos.

Além disso, será necessário possuir certos elementos indispensáveis como álcalis, sal, cal, soda cáustica, resina, sebos, óleos, entre outros.

Não se assuste com essa lista: o processo para a fabricação, na verdade, é muito simples. Você se sentirá como se estivesse preparando alimentos ou cozinhando.

Não é preciso muitas qualificações para exercer essa atividade. Entretanto, se for necessário contratar colaboradores para ajudar na produção, você deverá fornecer algum treinamento, a fim de garantir que eles evitem desperdícios e saibam como operar as suas máquinas, seguindo integralmente as receitas, afinal, o mais importante é trabalhar bem, permitindo que o sabonete artesanal dê lucro.

É crucial que o visual e o cheiro impressionem os seus primeiros clientes. Seja criativo nas embalagens e só considere expandir as operações e abrir a sua própria loja após ter obtido um sucesso razoável.

Assim como em outros ramos de atividade, para poder afirmar, após um certo tempo, que vender sabonete artesanal dá lucro, você deve empregar muito trabalho e dedicação. Obviamente, a sua empresa deve ser administrada adequadamente – esse é o requisito elementar para ter êxito em qualquer área.

Se você não garantir uma gestão competente, a sua ideia terá menos chances de se materializar do jeito que você planejou inicialmente.

Gerenciamento

Tal como em todas as empresas, a fabricação de sabonete artesanal exige habilidades administrativas. Você deve controlar as finanças com rigidez, a fim de evitar que o seu negócio sofra perdas financeiras.

Controlar o fluxo de caixa, os serviços diários, os gastos e as vendas efetuadas colabora no desenvolvimento da excelência administrativa do seu empreendimento.

Fique de olho no estoque, emita notas fiscais e não deixe de gerenciar os documentos obrigatórios em quaisquer tipos de negócio.

Como fazer sabonete artesanal para vender?

Ser um bom vendedor não dispensa você de ser, também, um especialista no processo de fabricação de sabonetes artesanais. Isso significa que você deve buscar refinar, continuamente, as fórmulas e técnicas que usará.

Existem dois principais processos para a fabricação de um sabonete artesanal: o método a frio e o método a quente.

O processo a frio é mais usual, envolvendo a mistura de soda cáustica com óleos ou gorduras. Depois de misturar e moldar, pode ser necessário aguardar semanas até que sabonete termine de curar.

O processo a quente, por sua vez, requer o cozimento do sabonete. Esse método dispensa o tempo de espera para a cura e, assim, facilita a adição de cores e aroma, embora seja mais difícil manipular e moldar os sabonetes fabricados.

É altamente recomendável assistir a algumas aulas sobre ambos os processos, principalmente se você não tem grande experiência na produção de sabonete artesanal.

Procure por oportunidades disponibilizadas por associações de produtores, lojas e produtores locais – eles poderão mostrar a você, entre outras coisas, como vender sabonete artesanal dá lucro.

Produzir sabonete artesanal é uma delícia!

Elabore uma fórmula própria

A fabricação considerada “básica” de sabonete artesanal requer, apenas, alguns elementos e ingredientes, porém, existe uma enorme variedade de produtos que podem ser fabricados ao alterar a fórmula básica.

Se você deseja elaborar um produto de destaque, convém experimentar hidratantes, cores e aromas até se familiarizar com eles e ser capaz de elaborar algo único e de qualidade.

O processo requer certas ferramentas bastante específicas e um espaço adequado para desenvolver o trabalho. À medida que suas operações crescerem, você poderá adquirir novos equipamentos, mas, de início, será necessário, ao menos:

  • Embalagens;
  • Rotuladores;
  • Caldeirão para as misturas;
  • Moldes;
  • Micro-ondas.

Aposte em sua marca

Para garantir que seu sabonete artesanal dê lucro, você deve se diferenciar dos concorrentes e criar produtos que os seus potenciais clientes realmente queiram.

Pense nas pessoas para quem você quer vender e em que tipo de segmento o seu produto se posicionará.

Você pode, por exemplo, elaborar um sabonete sem nenhum subproduto animal a fim de atrair os defensores dos animais.

Para quem demonstra interesse por sustentabilidade e questões ecológicas, associe sua marca aos ingredientes 100% naturais.

Confira algumas boas dicas:

  • Crie um nome-fantasia memorável e único;
  • Use formatos exclusivos;
  • Grave formas ou letras em seu sabonete artesanal;
  • Embrulhe em fitas ou papéis especiais;
  • Crie uma logomarca atraente e chamativa.

Procure auxílio profissional

Quando estiver tudo pronto para iniciar o seu empreendimento, fale com um advogado – a fim de obter ajuda quanto aos aspectos financeiros e legais da abertura da sua empresa -, um profissional especializado em impostos e um contador.

A despeito do fato de que trabalhar ao lado desses profissionais exija algum investimento de dinheiro e tempo, eles são capazes de facilitar o processo, ajudando você a evitar cometer erros que, posteriormente, podem sair mais caros.

Se você trabalhará (ou não) com contadores profissionais, o mais importante é aprender a utilizar sistemas de contabilidade destinados a pequenas e médias empresas. Esses softwares fornecem excelentes soluções para o controle de estoque e vendas, além de contribuírem para manter em ordem os pedidos e as faturas.

Monte o seu estoque

O seu negócio deverá ter sabonetes artesanais em quantidade suficiente para atender os pedidos. Não é recomendável receber encomendas sem ter os produtos para entregar ou investir recursos na fabricação de sabonetes que não vendem bem.

Ao iniciar o seu negócio, mantenha sempre um pé atrás, monitorando as vendas de perto com vistas a manter os níveis de estoque dentro de uma margem aceitável.

Lembre-se, ao rotular e embalar os sabonetes para vender ou enviar, de sempre seguir a legislação vigente em sua região.

Capriche nos formatos e nas embalagens.

Atinja o mercado

Para ter bons resultados de vendas, você deve entender o seu nicho e saber exatamente o que fazer para atingir o mercado. Divulgue os seus produtos sempre que puder, mantendo o seu público alvo constantemente em seu radar.

Busque oportunidades comuns de marketing e publicidade em:

  • Stands de vendas;
  • Cartões de visita;
  • Recomendações espontâneas;
  • Redes sociais;
  • Anúncios pagos (digitais e tradicionais).

Afinal, vender sabonete artesanal dá lucro?

O mercado de higiene pessoal e perfumaria está entre os poucos que têm se mostrado resilientes a todas as crises dos últimos tempos, movimento bilhões de reais a cada ano.

Isso significa que vender sabonete artesanal dá lucro, desde que você se dedique a esse negócio e esteja disposta a correr alguns riscos.

Boa sorte em seu empreendimento!

Leave A Reply

Your email address will not be published.