Take a fresh look at your lifestyle.

Tipos de Seios: Conheça todos os formatos!

Toda mulher é dona de um corpo único e especial. Você sabia que existem diversos tipos de seios?

Toda mulher é dona de um corpo único e especial. Tudo é diferente entre cada uma de nós e, por incrível que pareça, os tipos de seios também variam de mulher para mulher!

Eles podem ser os melhores amigos ou grandes inimigos da autoestima da mulher exatamente pela variedade de formatos que existem.

Entretanto, a verdade é que todos os seios são especiais e há sempre uma forma de fazer as pazes com eles e realçar o que você mais ama no seu corpo.

Sendo assim, para que você conheça melhor o seu corpo e transforme sua relação com os seus seios, este post vai analisar as variedades entre os corpos das mulheres e também desvendar algumas dicas que você precisa saber para cuidar melhor dos seus seios.

8 principais tipos de seios

A variedade entre os tipos de seios vai além das diferenças de tamanhos entre cada mulher. O formato das mamas dos mamilos e outras características transformam a aparência dos seios e até mesmo influenciam a relação da mulher com seu corpo.

Tanto para conhecer seu corpo melhor e amá-lo ainda mais ou para planejar um procedimento de mudança, é essencial que você entenda as particularidades dos seus seios e aprenda a se relacionar com elas.

Conheça os 8 principais tipos de seios no corpo feminino.

1. Assimétricos

A diferença entre um seio e o outro é comum e acontece com a maioria das mulheres. Entretanto, quando a assimetria é muito evidente, os seios entram nessa categoria.

Algumas mulheres ficam muito incomodadas e até mesmo constrangidas com essa característica, principalmente por conta do caimento de algumas roupas e decotes.

Para lidar melhor com a diferença de tamanhos, a mulher pode optar por um sutiã com bojo removível. Desta forma, é possível deixar o enchimento apenas no lado em que o seio é menor e igualar os tamanhos.

Seios assimétricos incomodam bastante as mulheres.

2. Em formato de sino

Simulando o formato do instrumento, os seios de sino são um pouco mais estreitos na parte de cima, próxima ao colo, e ficam maiores na parte inferior, na área dos mamilos.

Este é um dos tipos de seios que mais incomodam as mulheres, já que as mamas costumam ser mais volumosas, entretanto, um pouco caídas.

Para ficar mais confortável com os seios em formato de sino, é indicado que a mulher opte por um sutiã com boa sustentação.

3. Em formato de gota

Assim como uma gota, os seios deste tipo são menos volumosos na parte superior e maiores na área inferior. A descrição lembra muito o formato de sino, mas costumam ser menores e mais arredondados, com uma aparência mais firme.

Por mais que as mamas em formato de gota incomodem algumas mulheres, este tipo de seio pode ser valorizado por quase todos os tipos de sutiãs no mercado, sem grandes restrições.

4. Redondos

Os redondos representam um dos tipos de seios mais desejados pelas mulheres! Eles costumam ser proporcionalmente cheios e empinados.

Entretanto, este tipo de seio é mais comum entre as mulheres que possuem mamas menores, ou seja, é muito comum encontrar pessoas que buscam por procedimentos cirúrgicos para manter o formato, mas aumentar o volume.

A mulher que possui seios redondos é favorecida pela maioria dos sutiãs do mercado. Caso esteja insatisfeita com o tamanho, busque por enchimentos e bojos maiores.

5. Leste-oeste

O formato leste-oeste é caracterizado pelo direcionamento dos mamilos. É como se cada um “olhasse” para um lado.

Geralmente, os seios leste-oeste também são separados e até mesmo volumosos, o que incomoda muitas mulheres.

Para se tornar mais confortável com o posicionamento dos mamilos, opte por sutiãs mais grossos que escondem qualquer aparição das aréolas.

Ao mesmo tempo, é interessante apostar em modelos que centralizem os seios e os aproximem um do outro. Um dos modelos indicados é o triangular, que traz o efeito de junção às mamas.

O sutiã triangular é indicado para os seios do tipo leste-oeste.

6. Em formato de pêssego

Também conhecidos como seios delgados, as mamas são finas e compridas, de forma que os mamilos costumam estar apontando para baixo.

O formato da mama pode incomodar muitas mulheres por dar uma aparência caída pela falta de volume na área superior.

É interessante apostar em sutiãs com bojo, para oferecer sustentação e dar mais volume aos seios.

7. Espaçados

Quando há um grande espaço entre um seio e o outro, podemos classificá-los como espaçados. As mamas espaçadas podem ser características de outros tipos de seios também.

Geralmente, a separação incomoda muito as mulheres, mas é possível disfarçar a característica com o uso do sutiã apropriado.

O modelo mais indicado para as mamas espaçadas é o sutiã plunge. Por mais que o nome não pareça familiar, o formato é fácil de achar. O decote do sutiã é em formato de V, o que ajuda a juntar os seios e trazer mais volume.

8. Flácidos

Entre os tipos de seios que mais incomodam as mulheres, as mamas flácidas estão no primeiro lugar.

Os seios são considerados como relaxados demais quando as aréolas estão posicionadas na mesma linha da dobra inferior da mama, ou até mesmo abaixo.

A flacidez dos seios costuma ser causada pela gravidez, ganho e perda de peso, a perda de elasticidade da pele e também as mudanças hormonais.

Para disfarçar a aparência das mamas caídas, é indicado o uso de sutiãs que levantam os seios, como os push-ups, por exemplo.

Tipos de mamilos

Além dos diferentes tipos de seios, os mamilos também podem possuir distintos formatos e características, variando de mulher para mulher.

Se nem sempre nós paramos para analisar os formatos dos seios, quem dirá observar as características dos mamilos, não é?

Entretanto, é essencial entender como o seu mamilo está posicionado, principalmente para as mães que vão amamentar.

Conheça 3 dos tipos mais comuns de mamilos e conheça melhor o seu corpo.

1. Normal

O mamilo considerado como normal possui um tamanho proporcional ao seio e o bico do peito está direcionado para fora.

Geralmente, os mamilos aparecem por trás do tecido de algumas roupas e incomodam as mulheres. Para evitar o problema, basta apostar em sutiãs mais grossos ou adesivos que possam cobrir a região.

Sabia que os mamilos também podem ser de diferentes tipos?

2. Plano

Um pouco diferente do tipo normal, no mamilo plano o bico do seio não está tão voltado para fora, mas, ao mesmo tempo, não é invertido para dentro.

Durante a gravidez, este tipo de mamilo pode dificultar um pouco a vida da mamãe na amamentação do bebê, já que o bico não está tão protuberante para que a criança sugue o leite.

3. Invertido

Contrário do tipo normal, o mamilo invertido é aquele em que o bico do seio não aparece, ou seja, está completamente voltado para dentro.

Também conhecidos como mamilos umbilicados, os bicos dos seios são segurados para dentro por alguma dobra de pele. Nessa condição, a amamentação é ainda mais difícil para as mães.

Curiosidades sobre os seios

Agora que você já conhece os diferentes tipos de seios e mamilos, chegou a hora de conhecer ainda mais sobre essa área tão importante do seu corpo!

Conhecimento nunca é demais, especialmente quando ele é capaz de te oferecer um maior poder para se relacionar melhor consigo mesma.

Desvende 9 curiosidades sobre os seios e analise quais delas já fizeram parte da sua relação com o seu corpo!

1. Eles possuem tamanhos diferentes

A verdade é que a maioria das mulheres possui seios com tamanhos ligeiramente diferentes entre si. As mamas só são classificadas como assimétricas quando a diferença de tamanhos se torna muito evidente, como já dissemos.

Isso acontece porque o corpo humano não é completamente simétrico, ou seja, um lado é sempre um pouquinho diferente do outro, e isso inclui os seios!

2. Os seios mudam com a menstruação

Antes da menstruação descer, ou até durante, é comum que os seios da mulher sofram algumas alterações causadas pelos hormônios.

Geralmente, as mulheres sofrem com o inchaço dos seios antes da menstruação. A mudança é causada pela retenção de líquido típica da época, que é impulsionada pelo aumento da produção de progesterona no corpo.

Além disso, algumas mulheres relatam que sentem os seios mais sensíveis antes da menstruação, mas isso também faz parte das mudanças hormonais do período. Caso a dor persista ou incomode demais, é interessante consultar o ginecologista.

3. Estrias são comuns!

A perda e ganho de peso, os sintomas da gravidez e até mesmo as alterações hormonais podem fazer com que os seios aumentem e diminuam em um curto período de tempo, o que pode causar as estrias.

A puberdade, por exemplo, é uma das grandes causas das estrias. É comum que algumas meninas sofram com o crescimento drástico dos seios, de forma que a pele não possui tempo para se acostumar com a mudança gradualmente, resultando nas estrias.

É possível tratar as estrias, especialmente quando elas ainda possuem uma coloração vermelha. Quando se tornam brancas, a remoção se torna um pouco mais difícil, mas ainda é possível.

4. O sutiã correto é essencial

Além de valorizar o seio e disfarçar as características que não te agradam, um bom sutiã é essencial para oferecer sustentação às mamas e manter a postura correta.

Especialmente para as mulheres que possuem seios grandes, é importante escolher sutiãs com o tamanho certo e com estruturação apropriada para distribuir o peso das mamas e trazer mais conforto.

Além disso, é importante higienizar os sutiãs regularmente, já que a área tende a suar bastante.

Escolha o sutiã mais adequado para acomodar seus seios.

5. Tome cuidado durante as atividades físicas

Uma das principais reclamações das mulheres em relação aos seios é quão incômodos eles podem ser durante as atividades físicas.

Exercícios como corridas e até mesmo dança envolvem movimentos que balançam muito os seios. Além de causar dor, com o passar do tempo, este movimento pode fazer com que os seios se tornem mais flácidos.

Sendo assim, é essencial apostar em sutiãs esportivos firmes, mais conhecidos como tops. Além de oferecer sustentação, os sutiãs esportivos também precisam ser confortáveis, para que a mulher possa ter liberdade de movimento para se exercitar.

Aliás, existem diversos exercícios que ajudam a fortalecer e firmar os seios. Sendo assim, é essencial se manter em movimento e fazer exercícios regularmente para preservar o formato das mamas.

6. Pelos são normais!

Sim, é completamente normal ter pelos nos seios! Por mais que os pelos não sejam amados por boa parte das mulheres, eles funcionam como uma camada de proteção do corpo.

O nascimento dos pelos também varia de acordo com os níveis hormonais do organismo e até mesmo os traços genéticos.

Nos seios, é comum que os pelos apareçam na área das aréolas.

Um dos métodos utilizados para remover os pelos é a cera, mas ela não é indicada nesse caso, já que a pele dos mamilos é extremamente fina e sensível. A cera quente pode acabar queimando ou até mesmo removendo um pedaço da pele.

7. Eles também trazem prazer sexual

Você sabia que é possível alcançar o orgasmo apenas com o estímulo dos seios? Sim, eles também podem trazer prazer sexual para a mulher!

Algumas são mais sensíveis que outras, sendo assim, é importante explorar o seu corpo e incluir a estimulação dos seios na masturbação para descobrir o que te agrada e te faz sentir bem.

É importante lembrar que o corpo possui diversas zonas erógenas, áreas que dão prazer, e é importante levar todos em consideração durante a relação sexual para ser cada vez melhor na cama!

8. Os seios podem indicar sintomas de doenças

O inchaço dos seios, a sensibilidade e até mesmo a aparição de caroços e manchas podem indicar problemas de saúde que estão ocorrendo no seu corpo.

Por exemplo, quando uma mulher sofre com ovário policístico, é comum que ela sinta dor e inchaço nos seios, já que a retenção de líquido é maior nesta condição.

É essencial analisar os seus seios sempre que possível e fazer o exame do toque. Este tipo de observação pode te ajudar a identificar problemas simples ou mais complexos, como o câncer de mama.

Passe a prestar mais atenção nas transformações do seu corpo e entenda a linguagem que o seu organismo usa para te avisar sobre as condições em que ele está.

Além disso, é essencial conhecer as particularidades dos seus seios para entender o que favorece o seu corpo e acentuar aquilo que você quer apresentar de melhor.

Leave A Reply

Your email address will not be published.