Take a fresh look at your lifestyle.

Soro Fisiológico no Cabelo: Como Usar? Antes e Depois!

Se você acompanha os trends do mundo da beleza, com certeza já ouviu falar sobre o uso de soro fisiológico no cabelo para deixar os fios com mais brilho e suavidade.

O assunto começou a circular entre as blogueiras de beleza após a atriz Juliana Paes revelar, em uma entrevista para a Revista Boa Forma, que usa o produto como último enxague, uma vez por semana, para dar mais balanço às madeixas. Ela afirma que pegou a dica com a amiga e também atriz Cleo Pires.

Não é a primeira vez que truques naturais e receitas caseiras que prometem deixar os cabelos maravilhosos aparecem na mídia. E nem será a última, afinal, vale tudo para manter os fios lindos, não é mesmo? Mas será que o soro fisiológico, esse produto tão comum e baratinho, funciona mesmo?

A resposta é sim! E neste artigo vamos tirar todas as dúvidas sobre o uso do soro fisiológico no cabelo e ensinar as melhores formas de aproveitá-lo em seus cuidados capilares. Confira!

O que é o soro fisiológico

Em termos técnicos, o soro fisiológico é uma solução isotônica esterilizada de uso médico, composta de 0,9% de cloreto de sódio dissolvido em água destilada.

O soro fisiológico é utilizado para perfusões intravenosas em casos de desidratação ou redução de sal no organismo, para fazer limpeza na região dos olhos e narinas e para higienizar feridas e queimaduras. Também é usado para realizar nebulizações em pacientes com problemas respiratórios, como asma ou bronquite.

É um produto bem comum e facilmente encontrado em qualquer farmácia convencional, em embalagens plásticas. Ele custa, em média, 5 reais e não necessita de receita para comprar.

Como o soro fisiológico atua no cabelo

Para entender como o soro fisiológico atua no cabelo, é preciso entender melhor o conceito de pH.

O pH é uma escala numérica de 0 a 14 que representa o nível de acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma solução. Nesta escala, o neutro é representado pelo número 7. Quanto mais perto do 0, mais ácida é a solução e quanto mais perto do 14, mais alcalina.

Os nossos fios de cabelo – assim como o nosso organismo em geral – possuem uma constituição levemente ácida, por volta dos 4.5 a 5.5 na vida adulta. Isso acontece, principalmente por causa da ação dos hormônios em nosso corpo.

O segredo do soro fisiológico no cabelo é que essa solução isotônica composta de água destilada e cloreto de sódio (NaCl), possui um pH ligeiramente ácido – em torno de 6.0 – semelhante ao nível de acidez do nosso corpo.

Essa semelhança no pH faz com que o soro fisiológico seja rapidamente absorvido pela estrutura capilar, hidratando e ajudando a selar as cutículas do fio. Por isso, ele faz tão bem para as nossas madeixas!

Além disso, o soro também ajuda a regular o pH do cabelo. Algumas vezes, o pH dos fios pode ficar bem diferente do habitual por conta da agressão externa causada pelo clima, poluição e tratamentos químicos, deixando o cabelo com um aspecto feio e ressecado. Com a aplicação do soro fisiológico, o PH do cabelo volta à normalidade, ficando mais sedoso e hidratado.

Aplicar soro fisiológico no cabelo é uma ótima forma de hidratá-los.

Benefícios do soro fisiológico para o cabelo

A aplicação do soro fisiológico nos cabelos pode trazer diversos benefícios para a saúde e beleza das suas madeixas.

A principal delas é a hidratação, graças à fácil absorção do produto pela fibra capilar e a regulação do pH do cabelo, como vimos acima.

Os resultados para a beleza dos cabelos com o uso do produto são:

  • Hidratação prolongada;
  • Mais balanço;
  • Maior maciez e suavidade;
  • Mais brilho;
  • pH equilibrado;
  • Selagem das cutículas do fio;
  • Combate o ressecamento;
  • Diminuição do frizz;
  • Redução de pontas duplas;
  • Cabelo mais solto e sem resíduos (a água destilada do soro fisiológico funciona como um antirresíduos).

Viu quantos benefícios esse produto pode trazer para a beleza dos seus cabelos?

E o mais legal é que o soro fisiológico pode ser utilizado em qualquer tipo de cabelo e não tem nenhuma contraindicação, já que não possui substâncias nocivas ao fio em sua composição. Pode ser usado tranquilamente por gestantes, crianças e idosos.

A seguir, vamos mostrar algumas formas de utilizar o soro fisiológico no cabelo para que você possa experimentar e desfrutar de todos os benefícios citados aqui. Confira!

Borrifar soro fisiológico no cabelo

Uma das formas mais simples de usar o soro fisiológico no cabelo é borrifando o produto nas madeixas.

Para isso, basta colocar o soro em um borrifador e aplicar em todo o comprimento dos fios.

Há quem prefira diluir o soro fisiológico na água, mas segundo especialistas, isso não é necessário. Ao misturar o soro com água, você perde os benefícios antirresíduos da água destilada que compõe o produto.

A maior parte das pessoas costuma usar o soro fisiológico uma vez por semana, mas não há problema em usar a solução todos os dias. Tudo depende da saúde e aspecto dos fios e de como seu cabelo reage à aplicação do soro.

No borrifador, a dica é usar sempre que você sentir que os cabelos estão secos e sem vida. Uma borrifada de soro ajudará a devolver o brilho e a maciez, além de controlar o frizz das madeixas.

Último enxague com soro fisiológico

Essa é a forma mais famosa de uso e também a mais indicada pelos especialistas.

Usar o soro fisiológico no último enxágue foi a forma indicada pela Juliana Paes em sua entrevista para a Revista Boa Forma:

“Uma vez por semana, eu uso soro fisiológico no último enxágue dos fios. Acho que eles ficam com mais balanço no dia seguinte. Peguei essa dica com a minha amiga Cleo Pires”.

Para fazer a aplicação, basta enxaguar o cabelo normalmente com água, após fazer a lavagem dos fios durante o banho, com shampoo e condicionador. Em seguida, faça um último enxágue com o soro fisiológico e pronto!

Para o uso do soro como último enxágue, a recomendação é que se faça o procedimento uma vez por semana.

Também é possível fazer o enxágue diretamente como soro em dias que você higieniza os cabelos apenas com shampoo e condicionador. Caso alguma máscara capilar mais potente tenha sido aplicada, o ideal é enxaguar com água primeiro e só depois fazer o enxágue com o soro fisiológico.

Há diversas marcas no mercado para você escolher.

Pode deixar o soro fisiológico no cabelo?

Uma dúvida muito comum sobre o uso do soro fisiológico no cabelo é se o produto pode ficar nos fios após a aplicação.

A resposta é sim! O produto pode – e deve – ser deixado no cabelo, para que seja absorvido pelas fibras capilares e assim hidratar os fios e regular seu pH, deixando-os mais sedosos, suaves e macios.

Aliás, nas duas formas de aplicação citadas acima – com borrifador e como último enxágue – o soro fisiológico deve ficar nos cabelos, sem a necessidade de se enxaguar com água após a aplicação.

Mas o soro fisiológico não contém sal?

O principal motivo da dúvida sobre deixar ou não o soro fisiológico no cabelo, vem do fato de ele conter sal.

No entanto, isso não representa um problema, já que a quantidade de sal (cloreto de sódio) presente no produto é menor do que 1% (0,9 g de sal para cada 100 ml) e insuficiente para fazer mal ao cabelo.

Aliás, vale lembrar que o cloreto de sódio, vulgo sal de cozinha, é largamente utilizado na indústria capilar como espessante e está presente em muitos produtos, mas sempre em quantidades baixas.

Mas aqui vale uma ressalva: cada cabelo tem as suas particularidades e grau de sensibilidade. Fios muito sensíveis podem sentir os efeitos do sal se o soro for usado constantemente e podem apresentar sinais de ressecamento.

Por isso, é importante experimentar e ver como o seu cabelo reage. Se o resultado não for positivo, diminua a frequência de uso.

Receitas de hidratação caseira com soro fisiológico

Como vimos acima, o soro fisiológico, quando usado puro nos cabelos – seja como último enxágue ou no borrifador – não necessita de enxágue e pode ficar nos cabelos sem problemas.

No entanto, o soro também pode ser combinado com outros produtos cosméticos em receitas de hidratação caseira. Nestes casos, o enxágue com água deve ser feito após a aplicação.

Veremos algumas dessas receitas a seguir.

Máscara hidratante com soro fisiológico e vitamina B5

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de máscara hidratante da sua preferência;
  • 1 colher de chá de vitamina B5;
  • 1 ou 2 colheres de sopa de soro fisiológico.

Modo de preparo e aplicação:

  1. Pegue um recipiente limpo, coloque todos os ingredientes e misture até obter uma solução homogênea;
  2. Lave os cabelos apenas com shampoo e divida-o em mechas;
  3. Aplique a mistura em cada uma destas mechas e após aplicar em todo o cabelo, coloque uma touca plástica e espere a mistura agir por 15 minutos;
  4. Terminado o tempo, enxágue o cabelo com água fria ou morna em abundância, retirando toda a mistura dos cabelos.

Este tratamento pode ser realizado semanalmente e confere mais força e brilho para as madeixas.

Hidratação com Bepantol e soro fisiológico

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de máscara hidratante da sua preferência;
  • 1 tampa de Bepantol líquido;
  • 1 ou 2 colheres de sopa de soro fisiológico.

Modo de preparo e aplicação:

  1. Coloque todos os ingredientes em um recipiente e mexa até obter uma mistura homogênea;
  2. Lave os cabelos apenas com shampoo e divida-o em mechas;
  3. Aplique a mistura em cada uma das mechas até completar todo o cabelo, coloque uma touca plástica e aguarde a mistura agir por 15 minutos ou de acordo com o tempo indicado na embalagem da máscara;
  4. Ao término do tempo, enxágue o cabelo com água fria ou morna em abundância, retirando a máscara dos cabelos.

Este tratamento também pode ser feito semanalmente, ou conforme a necessidade do seu cabelo. O Bepantol aliado ao soro fisiológico confere uma hidratação profunda, resultando em cabelos mais macios, sedosos e sem frizz.

Máscara Power com soro fisiológico

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de creme de hidratação (de preferência branco);
  • 1 colher de sopa de glicerina líquida;
  • 1 colher de sopa de mel;
  • 1 colher de chá de óleo de semente de uva;
  • 1 ampola de vitamina A;
  • 1 colher de sopa de soro fisiológico.
Experimente essa máscara power para hidratar as madeixas!

Modo de preparo e aplicação:

  1. Misture todos os ingredientes em um recipiente, até obter uma solução homogênea;
  2. Lave os cabelos apenas com shampoo e aplique a mistura com os fios ainda úmidos, massageando de cima para baixo;
  3. Passado o tempo, enxágue com água abundante e finalize como de costume.

Esta é uma máscara de hidratação superpoderosa e é indicada para cabelos muito ressecados e quebradiços. Pode ser feita a cada quinze dias ou de acordo com as necessidades do seu cabelo.

Essas receitas são simples de fazer, indicadas para todos os tipos de cabelo, não possuem contraindicações e trazem ótimos resultados para a saúde e beleza dos cabelos.

Também é uma forma alternativa de usar o soro fisiológico no cabelo para quem tem receio de usar e deixar o produto diretamente nos fios.

Soro fisiológico no cabelo cacheado

Você sabia que, apesar de ser usado em qualquer tipo de cabelo, o soro fisiológico é um produto muito amado pelas donas de madeixas cacheadas?

E isso acontece graças ao alto poder hidratante do soro fisiológico. Vamos explicar melhor a seguir.

Quem tem cachos sabe que eles têm uma tendência maior ao ressecamento do que outros tipos de cabelo. Isso acontece porque a curvatura natural do fio dificulta a chegada da oleosidade da raiz até a ponta do cabelo, tornando-os naturalmente mais secos.

Por isso, tratamentos e produtos que aumentam a hidratação dos fios são muito bem-vindos para quem tem cabelo cacheado, como é o caso do soro fisiológico!

Além de hidratar, o soro também traz mais brilho, maciez e deixa os cachos mais leves, soltinhos e com movimento. Outra vantagem é que ele aumenta a definição, controlando o frizz.

As mulheres cacheadas podem usar o soro fisiológico no cabelo por meio de borrifadores, como último enxágue e também através das máscaras de hidratação caseiras que levam o produto.

Além dessas formas, as cacheadas também podem utilizar o soro fisiológico como finalizador, para aumentar ainda mais a definição dos cachinhos e se livrar do frizz.

Confira essa receita rápida para usar o soro como finalizador:

Ingredientes:

  • 200 ml de leave-in ou creme para pentear da sua preferência;
  • 1 colher de sopa de soro fisiológico.

Modo de preparo e aplicação:

  1. Misture todos os ingredientes em um recipiente, até obter uma solução homogênea;
  2. Aplique em pequenas quantidades no cabelo, como finalizador, das pontas para o comprimento, “amassando” os fios.

Você pode armazenar essa mistura em um potinho e usar sempre que sentir necessidade. Só não exagere, pois leave-in em excesso tende a deixar o cabelo pesado.

Soro fisiológico no couro cabeludo

Já está claro que o soro fisiológico faz muito bem para os fios, mas e quanto ao couro cabeludo?

Fique tranquila, pois o couro cabeludo também é beneficiado pelo tratamento com soro fisiológico. Você pode aplicar a solução diretamente nele sem causar nenhum tipo de dano.

Além de hidratar, o soro ainda contribui com a limpeza e controle da oleosidade do couro cabeludo, principalmente por causa da água destilada presente em sua composição.

O melhor jeito de usar o soro fisiológico no couro cabeludo é através do enxágue.

Borrifar o produto pode não atingir efetivamente a região e o uso combinado com cremes e máscaras não é recomendado para esta área, pois pode aumentar a oleosidade na raiz do cabelo.

Soro fisiológico x vinagre de maçã

Quem gosta de usar produtos caseiros para cuidados com a beleza já deve ter ouvido falar sobre o vinagre de maçã.

Ele tem uma ação muito parecida com a do soro fisiológico no cabelo e é comum surgirem dúvidas sobre o uso de um ou de outro.

De fato, o vinagre de maçã também contribui no equilíbrio do pH capilar e sela as cutículas do fio, além de atuar na limpeza e diminuição da oleosidade no couro cabeludo.

Então, qual usar? Bem, é difícil falar sobre qual produto é melhor, até porque cada cabelo tem as suas particularidades. A dica aqui é testar os dois e ver com qual o seu cabelo se identifica.

Soro fisiológico para a pele

E para a pele? Será que existem os mesmos benefícios do uso do soro fisiológico no cabelo?

A resposta é sim!

A pele – assim como o cabelo, possui um pH mais ácido e por isso, se equilibra muito bem com o do soro fisiológico.

Ele possui propriedades de limpeza e pode ser utilizado como uma alternativa mais acessível à água termal.

O soro é capaz de limpar e hidratar profundamente a pele, além de reduzir os poros abertos, deixando a pele mais lisa e viçosa.

Pode ser utilizado com um algodão para limpar a pele e retirar a maquiagem. Aliás, pode inclusive ser usada antes do make, como um primer, equilibrando o pH da pele e fazendo a maquiagem durar mais.

Outro uso comum do soro fisiológico na pele é em forma de compressa gelada na área dos olhos para melhorar o aspecto de olheiras e bolsas, amenizando o inchaço. Até a coloração das olheiras podem melhorar, já que a temperatura baixa ajuda na constrição dos vasos sanguíneos que deixam a parte inferior do olho mais escura.

No fim do dia, quando o rosto já está com aquele aspecto de cansaço, o soro fisiológico é ótimo para dar uma revitalizada. Para isso, você pode usar um borrifador para refrescar a pele e amenizar os sinais da fadiga. Também ajuda a minimizar o efeito do melasma.

Todos os tipos de cabelo se beneficiam com a aplicação do soro fisiológico.

Receitas caseiras para a pele com soro fisiológico

O soro fisiológico faz tão bem para a pele que a solução e usada em algumas receitas de creme caseiro.

Veja a seguir duas receitas com o produto, uma para reduzir os poros abertos e outra para hidratação facial.

Máscara para reduzir poros

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de maisena;
  • 2 colheres de sopa de soro fisiológico.

Modo de preparo e aplicação:

  1. Misture todos os ingredientes em um recipiente, até obter uma pasta homogênea;
  2. Aplique a mistura sobre a pele limpa e seca, cobrindo todo o rosto de forma uniforme;
  3. Deixe agir por 20 minutos;
  4. Lave o rosto com água fria abundante.

Essa receita ajuda a reduzir a oleosidade da pele e a deixar os poros mais fechados, deixando a pele com um aspecto lisinho e bonito. Pode ser feita semanalmente.

Máscara de hidratação

Ingredientes:

  • ½ abacate;
  • 2 colheres de sopa de soro fisiológico.

Modo de preparo e aplicação:

  1. Amasse o abacate com um garfo até que ele se torne uma pasta e então misture com o soro fisiológico até obter um creme homogêneo;
  2. Aplique a mistura de forma uniforme sobre o rosto, com a pele previamente limpa e seca;
  3. Deixe agir por 20 minutos;
  4. Enxague o rosto com água fria abundante.

Esta receita é altamente nutritiva para a pele. O abacate – um velho conhecido das mulheres vaidosas – tem o seu poder de hidratação intensificado pelo soro fisiológico.

A máscara é indicada para peles secas e pode ser feita semanalmente.

Considerações finais

O soro fisiológico no cabelo funciona?

Sim, funciona. E não só no cabelo, mas também no couro cabeludo e na pele.

Apesar de não ser um produto específico para cuidados capilares, o soro fisiológico pode ajudar no muito na regulação do pH capilar e na hidratação dos fios.

No entanto, é preciso entender que o soro fisiológico sozinho não faz milagre. Ele é uma alternativa que pode contribuir em algumas situações, quando inserido em uma rotina de cuidados capilares.

Também vale lembrar que tudo que é feito em excesso faz mal. O ideal é alternar o uso do soro com outros produtos e tratamentos, sempre testando qual frequência, modo de uso e quantidade funciona melhor para o seu cabelo.

Mas o legal é que você pode testar o produto sem medo. Como dissemos anteriormente, o uso do soro fisiológico no cabelo não tem contraindicações, já que ele leva apenas água destilada e cloreto de sódio em sua composição. Então, a dica é experimentar!

E se você ainda tem dúvidas sobre os benefícios da aplicação do soro fisiológico no cabelo, veja o vídeo a seguir, onde o doutor Lucas Fustinoni, do CMC (Centro de Medicina Capilar) fala sobre o assunto. Confira!

Leave A Reply

Your email address will not be published.