Take a fresh look at your lifestyle.

Sabão de Côco no Cabelo é Bom? Benefícios, Como Fazer?

Vocês acreditam que até hoje sabão de côco no cabelo é um assunto bastante polêmico que ainda gera muitas dúvidas? Além de ser um alimento muito nutritivo, todo mundo já sabe que o côco traz inúmeros benefícios para a pele e os cabelos como hidratante e emoliente natural.

No entanto, há muitas dúvidas quanto a esses mesmos benefícios em relação ao sabão de côco no cabelo. Na verdade, enquanto uns afirmam que o sabão de côco pode ressecar e “armar” os fios, outros negam e acreditam fazer muito bem aos cabelos.

Por esta razão, é comum tantas mulheres ficarem na dúvida sobre quando usar sabão de côco no cabelo. Para acabar logo com esse mistério, e fazer justiça a esse ingrediente tão poderoso e tão presente em nossos lares, o portal AMulher vai esclarecer todas as suas dúvidas.

Bora entender!

Os benefícios do côco no organismo

Sabão de côco no cabelo pode ressecar ou limpar profundamente.
Sabão de côco no cabelo pode ressecar ou limpar profundamente.

O côco é um alimento muito benéfico para o organismo, pois é altamente nutritivo e uma das frutas mais saudáveis que existem. Além de poder ser consumido de diversas formas diferentes (polpa, água, óleo), ele traz uma enorme quantidade de vitaminas (vitamina C, E, B1, B3, B5 e B6), minerais (potássio, magnésio, cálcio, fósforo, ferro, selênio, sódio, entre outros.) e uma combinação ímpar de ácidos graxos essenciais ao organismo (ácidos capróico, caprílico, cáprico, láurico, mirístico, palmítico, esteárico, linoleico, oleico)

Apesar de muito gorduroso, a sua gordura é saturada e considerada “boa” para o organismo, sendo que seus nutrientes vão diretamente para o fígado onde são transformados em fonte de energia rápida ou em corpos cetônicos – compostos que ajudam no tratamento de alguns distúrbios cerebrais, como epilepsia e Alzheimer.

Dentre todos os seus benefícios, o côco ainda conta com propriedades antimicrobianas que fortalecem o sistema imunológico; vitaminas e minerais que regulam o intestino, melhoram a digestão, previnem a obesidade e ajudam a emagrecer, fornecendo mais energia ao corpo e controlando o metabolismo.

Além disso, a sua água é capaz de ajudar a nutrir e hidratar o corpo, a pele e os cabelos, e combater a retenção de líquidos. A sua polpa e o óleo podem auxiliar no funcionamento do coração prevenindo doenças cardíacas, manter a pressão arterial e controlar o colesterol, proteger a função neuromuscular, controlar a tireoide e evitar câimbras.

Ou seja, cada uma de suas formas e maneiras de usar e consumir o ingrediente irão trazer benefícios diversos, como por exemplo abaixo:

A Polpa do Côco:

A polpa do coco é um carboidrato rico em flavonóides, nutrientes essenciais ao organismo, pois combatem doenças cardíacas, evitam a formação de tumores, têm ação antibacteriana, antiviral e anti-inflamatória. Além disso, essas substâncias estimulam a produção de enzimas que fortalecem a imunidade e combatem as células cancerígenas.

Água de Côco:

A água de côco presente no fruto verde, é uma excelente fonte de sódio e potássio, capazes de manter a hidratação do corpo e prevenir cãibras. A água de côco ainda é rica em vários outros minerais como cálcio, manganês, magnésio, cobre e ferro e vitaminas como as do complexo B (B1, B2 e B5), A e C, que possuem ação antioxidante.

Óleo de Côco:

O óleo de côco é um dos mais naturais e nutritivos que existe, pois também fortalece o sistema imunológico, melhora o funcionamento da tireoide, aumenta a disposição e a queima de gorduras.

Quando aplicado na pele ou nos cabelos, é um potente hidratante, sendo um ingrediente constante em vários produtos e tratamentos de beleza.

Leia Mais: Como fazer óleo de côco caseiro

Na alimentação, ele é uma excelente opção, pois é estável e não altera sua estrutura química quando exposto a altas temperaturas, se mantendo saudável durante o cozimento dos alimentos.

Leite de Côco:

O leite de coco é fonte de vitamina A e E, potássio, cálcio e ácido graxo láurico que fortalece a imunidade. É uma excelente alternativa para quem é alérgico ou intolerante ao leite animal, pois não contém lactose.

Leite de Coco em Pó:

O leite em de côco em pó é feito através do creme de coco seco obtido a partir da prensagem da castanha do coco. Após filtrado, o leite é centrifugado para desidratar, sendo as suas características e o aroma preservados. O ingrediente é muito usado em sucos, shakes, cafés, chocolates, vitaminas, doces e sorvetes, pela sua forma versátil.

Açúcar de Côco:

O açúcar de côco é extraído do fluido das flores da palma de coco que possui como vantagem um baixo índice glicêmico – menor que o mel e o açúcar refinado. Além disso, é rico em vitaminas e totalmente natural por não ser processado, adulterado, filtrado e não conter conservantes. É considerado o adoçante mais saudável e sustentável do mundo.

Com tantos benefícios que o coco oferece, o sabão de côco no cabelo deve ser então maravilhoso, não é mesmo? É o que vamos analisar abaixo!

Sabão de côco no cabelo é bom?

O sabão de côco no cabelo pode ressecar se não for 100% natural.
O sabão de côco no cabelo pode ressecar se não for 100% natural.

Já falamos sobre os inúmeros benefícios do côco, mas ainda não sabemos se o sabão de coco pode mesmo trazer os mesmos benefícios, já que contém o côco.

Sabemos, porém, que o sabão de côco é muito utilizado para lavar louças, roupas e fazer limpeza em geral, principalmente quando não se deseja utilizar produtos com muitas substâncias químicas.

Mas sabão de côco no cabelo, pode? Bom, tudo vai depender do tipo de sabão de côco utilizado e do que ele é feito. Isso porque existe o sabão de côco 100% natural e o sabão de côco industrializado, feito com diversos componentes químicos agressivos.

Sabão de côco natural X industrializado

O sabão de côco industrializado é péssimo para os cabelos, justamente por conter muita química e ser fabricado primariamente para limpeza em geral.

Todo sabão, até mesmo o sabonete, leva em sua composição a soda cáustica (hidróxido de sódio), um ingrediente extremamente corrosivo que dissolve gorduras, e que portanto tem a função de limpar profundamente.

No entanto, os sabonetes destinados a higiene corporal, possuem uma menor quantidade junto a outros ingredientes mais equilibrados, como a glicerina, que não irão prejudicar a pele, mas limpar, perfumar e hidratar.

Leia Mais: Como usar Glicerina no cabelo

Já o sabão de côco industrializado, devido a esse ingrediente em grandes quantidades mais a sua quantidade de ácidos graxos, retira toda a oleosidade dos fios, provocando um ressecamento excessivo.

Por outro lado, o sabão de côco 100% natural, feito a partir do próprio coco ou óleo de coco, e destinado a higiene corporal e dos cabelos, é o tipo ideal para cabelos oleosos, por exemplo. Isso porque ele age diretamente no couro cabeludo controlando a oleosidade e reduzindo a caspa, devido ao seu pH alto.

Mesmo assim, a sua frequência de uso deve ser limitada a uma vez por semana. Ele também pode ser utilizado para lavar os cabelos após a umectação capilar ou tratamento químico, pois é uma espécie de anti resíduo, que abre as cutículas do cabelo, promovendo uma limpeza mais profunda. Neste caso, recomenda-se depois borrifar um pouco de soro fisiológico no cabelo para fechar as cutículas como último enxágue.

Como usar sabão de côco no cabelo?

Sabão de côco no cabelo deve ser usado apenas uma vez na semana.
Sabão de côco no cabelo deve ser usado apenas uma vez na semana.

Em termos gerais, os cabelos possuem um pH que varia entre 4,5 e 5,5 e o pH do sabão de côco é muito mais alto, não sendo compatível com o dos cabelos. Como já dissemos, mesmo que o sabão de côco seja 100% natural, ele possui uma enorme quantidade de ácidos graxos em sua composição, que vai retirar toda a oleosidade e resíduos dos fios.

Além disso, o seu pH alto vai agir como um shampoo anti resíduos que abre as cutículas dos fios, podendo causar maior ressecamento, principalmente se os cabelos já estiverem secos e desidratados.

Portanto, caso você faça essa limpeza diariamente ou mais de 1 vez por semana, o sabão de côco no cabelo vai agredir a fibra capilar e acabar impedindo a restauração dos fios.

Mas isso não quer dizer que você não possa usá-lo. Caso a limpeza profunda seja necessária, basta utilizar o sabão de côco no cabelo 100% natural e apenas 1 vez por semana. Em seguida, faça uma leve hidratação caseira com mel, por exemplo.

Dicas e cuidados

  • Preste atenção no rótulo do produto e verifique se é mesmo 100% natural, além de outros ingredientes emolientes;
  • Evite esfregar o sabão de côco no cabelo diretamente no couro cabeludo;
  • Esfregue o sabão de côco nas mãos até fazer bastante espuma e só depois aplique no couro cabeludo já úmido;
  • Espalhe por todo o comprimento, massageando os fios e o couro cabeludo suavemente;
  • Deixe o sabão de côco agir por um minuto antes de enxaguar;
  • Depois de enxaguar, finalize como  seu condicionador de costume ou aproveite para fazer uma hidratação no banho mesmo.
  • Se optar pela hidratação, faça uma hidratação para cabelos secos e quebradiços, enxaguando em seguida e secando com uma toalha para retirar o excesso de umidade;
  • Borrife soro fisiológico nos fios para fechar as cutículas e deixe secar normalmente.

E aí? Gostou? Conte pra gente qual foi a sua experiência com o sabão de coco no cabelo!

 

Leave A Reply

Your email address will not be published.