Take a fresh look at your lifestyle.

Piercing no Tragus: Riscos, Cuidados!

O piercing no tragus é muito popular entre mulheres e homens no mundo todo.

0 10

Antes de você entender o que é um piercing no tragus, seus riscos e cuidados, primeiro você precisa saber o que é um tragus.

Se você olhar para o ouvido ou colocar o dedo logo acima do lóbulo da orelha, sentirá uma parte mais dura do ouvido que está na borda do rosto. Esse é o tragus: a área que está localizada em frente ao seu canal auditivo.

O professo de perfuração do piercing no tragus

Tal como acontece com todas as joias colocadas por body pierciers respeitáveis, a pele será devidamente desinfetada antes de começar. Uma solução própria será esfregada no local para garantir que qualquer bactéria da superfície seja morta e removida.

Quando uma parte da sua orelha é perfurada, a maioria dos profissionais pede que você se deite, ou eles o reclinam na cadeira. Alguns vão colocar uma espécie de “rolha” no seu canal auditivo para ajudar a evitar qualquer tipo de lesão ou dano ao ouvido. Com uma agulha oca, será feito um buraco no tragus e depois a joia é colocada dentro.

Não fique surpreso ou preocupado se você tiver algum sangramento durante ou logo após o processo. Isso é plenamente normal. Não durará muito e não será uma quantidade considerável. Geralmente vai parar com apenas alguns minutos. Às vezes pode durar as primeiras horas, mas isso não acontecerá com todos.

A dor sentida durante a colocação do piercing

Isso pode fazer muita gente feliz – não há muitas terminações nervosas contidas no tragus. Menos terminações nervosas significam menos dor. Há definitivamente outros locais por aí que vão doer muito mais.

Mesmo que haja menos dor, como acontece com qualquer joia, você ainda sentirá aquela agulha entrando. Essa sensação vai embora rapidamente. Sua principal queixa pode não ser um incômodo grande. Talvez se sinta somente uma pressão forte.

Como a área é bastante espessa, a agulha não vai perfurar sem fazer nenhuma força. Ainda assim, não há com o que se preocupar. Tudo acontece de forma bem rápida e deve acabar antes que se perceba que já está com seu piercing no tragus colocado.

O piercing no tragus não costuma gerar muita dor durante a perfuração.

O que se deve fazer antes de colocar um piercing no tragus

Você realmente não precisa fazer nenhum tipo especial de preparação antes de perfurar seu piercing no tragus. O profissional fará todo o trabalho. Você só tem que aparecer no horário agendado, cerrar os dentes para conter a suposta dor e aproveitar depois.

Uma boa recomendação é o tipo de roupa que vai usar. Seria uma boa ideia evitar as golas apertadas que têm a largura muito rente ao pescoço. Se a sua joia estiver dolorida depois do furo, você não vai querer irritar ainda mais o local, não é?

Se a roupa agarrar e puxar, pode doer bastante. Além disso, corre o risco de ter qualquer sangramento e aumentar o risco de inflamação. Portanto, aos primeiros dias, use roupas mais folgadas para evitar problemas.

Cabelos longos? Preste atenção nos cabelos! Prenda os fios e não deixe que embarace ou fiquem expostos perto da orelha.

Cuidados principais com o piercing no tragus

Depois de ter conseguido o colocar o tão sonhado piercing no tragus, agora é preciso cuidar dele. O quão bem você trata o local determina o que acontecerá em seguida. É preciso, então, se perguntar: quer curar rapidamente e bem ou quer brincar com a sua saúde?

Com sorte, você decidiu que passar alguns minutos por dia em algumas etapas básicas de cuidados posteriores vale a pena. Se assim for, tudo que tem que fazer é misturar um quarto de colher de chá de sal marinho com uma xícara de água quente.

Depois que misturar bem, molhe uma bola de algodão e coloque sobre o seu piercing por alguns minutos. Pressione na parte da frente e, se conseguir, na parte interna também. Quando fizer isso, tenha cuidado para não pingar a solução dentro do ouvido.

Se você preferir não fazer sua própria solução, existem muitas alternativas que podem ser compradas em farmácias que ajudam a desinfetar a joia e contribuem para uma cura rápida.

É preciso fazer esse ritual de limpeza duas vezes ao dia, com o máximo de uniformidade possível.

Quando você for pentear os cabelos, terá que prestar atenção especial ao que está fazendo. O mínimo que sentirá caso a escova ou o pente raspar ou prender no local será um pico de dor. Sem contar que é totalmente possível rasgar seu ouvido por imprudência.

No final do dia, quando for dormir, preste atenção em que lado está dormindo. Você deve descansar a cabeça no lado oposto do seu piercing no tragus para não se sentir tão desconfortável. Se você dormir melhor, seu sistema imunológico funcionará bem e a cicatrização ocorrerá mais rápido.

Embora algumas pessoas recomendem que se torça a joia nos primeiros dias para evitar que a crosta se forme sobre ela, não é preciso fazer isso. Ela vai curar muito bem sem você girar e provavelmente vai cicatrizar melhor, uma vez que não terá risco de inflamação.

A parte mais difícil para algumas pessoas sobre o pós-tratamento para um piercing é que os fones de ouvido ficam proibidos por um tempo. Além do incômodo pela dor, os fones podem transferir os germes e bactérias para o seu tragus.

Se possível, evite até o telefone em si para ligações. Você pode enviar mensagens de texto ou e-mail em vez de ligar por algumas semanas. Ou, se você se lembrar de fazer isso, pode segurar o seu telefone um pouco longe da cabeça enquanto estiver falando. Dessa forma, evitará problemas.

É essencial tomar todos os cuidados depois de fazer a perfuração.

Os riscos do piercing no tragus

O piercing no tragus não é arriscado, mas ainda assim tem algumas ressalvas que todos devem estar cientes. Sempre que alguém perfura a cartilagem, corre o risco de ter uma infecção mais difícil de tratar, caso se desenvolva.

Além disso, os piercings de cartilagem podem facilmente formar cicatrizes hipertróficas ao redor do local da perfuração. Isso é basicamente uma área de tecido cicatrizado que se forma ao redor da joia. Elas não são perigosas, mas podem ser feias.

Quando o seu body piercer fizer o furo, outro risco pode aparecer. Se a joia é muito pequena, toda a pressão exercida pode fazer com que seu tragus se inche.

A pressão pode ser bem incômoda. Vai doer e é possível até que seja muito difícil remover o piercing posteriormente. Na pior das hipóteses, será necessário até cortar.

Esses são os maiores riscos envolvidos com o piercing do tragus e são todos bastante manejáveis. Você será capaz de evitar a todos se seguir os procedimentos de cuidados que o profissional recomendar.

Em alguns casos, infecções bacterianas causadas por piercings podem levar à sepse ou à síndrome do choque tóxico.

Tenha em mente que pode levar de quatro meses a um ano para uma joia nesse local ser considerada “curada”. Você não deve furar o tragus se tiver hemofilia, diabetes, uma condição autoimune ou qualquer outro problema de saúde que leve o seu corpo a demorar mais tempo para cicatrizar.

Não negligencie nenhum processo de higiene. Fuja da infecção. Não tente tomar atalhos para economizar alguns reais. Com isso, você será capaz de evitar a maioria das complicações.

Inflamou: e agora?

Uma vez que o piercing no tragus envolve a cartilagem, ele pode ser um pouco mais complicado de tratar se for infectado, do que algumas outras infecções.

Evitar inflamações é muito mais fácil do que tratá-las quando acontecem. Tenha isso em mente na próxima vez que sentir vontade de assistir televisão em vez de fazer suas limpezas duas vezes ao dia com a mistura de sal marinho.

Se está mesmo decidido a cuidar de si e da sua saúde, uma regra principal irá ajudá-lo em sua missão. Não toque no seu piercing se puder evitar. Mesmo ao tocá-lo, você pode contaminar com bactérias que levarão à infecção.

Quanto menos você tocar no seu piercing, melhor será a cicatrização.

Pense em como os dedos das pessoas são sujos. Apenas tocando os itens comuns do dia-a-dia, como maçanetas, canetas e apertando as mãos das outras pessoas, você pode ter germes e nem sequer sonhar com isso, já que eles não são visíveis a olho nu.

Só porque eles são pequenos e invisíveis, você não deve subestimar o poder dessas “praguinhas”. Os micróbios são causadores de uma quantidade surpreendente de danos ao corpo em um curto período de tempo.

Você realmente precisa levar essa ameaça a sério. Sempre que precisar tocar em sua joia, primeiro é preciso lavar as mãos para reduzir o germe e a carga bacteriana.

Às vezes, quando seu piercing começa a cicatrizar, ele pode coçar tanto que você vai arranhá-lo sem perceber. Isso pode acontecer quando estiver dormindo também. Se você se pegar coçando a joia durante a madrugada, pode ser hora de fazer algo para se proteger da infecção.

Tente usar luvas para dormir e, assim, manter os micróbios fora de sua pele, caso tenha vontade de coçar. No mínimo, certifique-se de lavar bem as mãos antes de ir para a cama.

Se você notar que seu tragus começou a doer mais do que o habitual ou que ele está vermelho e inflamado, converse com um profissional para ver se há uma infecção. Se estiver realmente infectado, pode ser necessário tomar remédio para se curar mais rápido.

No entanto, antes de ligar para o consultório do médico em estado de pânico, lembre-se de que a dor e o inchaço são normais na primeira semana. Sendo assim, não significa que você tem uma infecção automaticamente.

Só se alarme se passar mais do que 15 dias e a cicatrização não acontecer ou a dor persistir.

Piercing no tragus feminino

Segundo pesquisas, os piercings no tragus são o terceiro tipo mais popular de piercing mulheres. Estima-se que 13% do público feminino perfurado tenham uma joia nesse local.

A alta popularidade pode ter a ver com o fato de que eles são um dos poucos tipos visíveis, que são considerados aceitáveis ​​no mundo dos negócios, pelo menos com moderação.

Eles também acomodam mais estilos de joias do que a maioria dos locais do corpo, oferecendo às meninas mais liberdade criativa com suas escolhas.

Delicado e discreto, o piercing no tragus pode ser usado pelas mulheres em combinação com diversos outros piercings na orelha.

Piercing no tragus masculino

Por incrível que pareça, esse tipo de piercing é mais popular entre os homens do que entre as mulheres. A estimativa é que esteja em torno de 17% o percentual do público masculino com joias no tragus.

Os homens também são ligeiramente mais propensos do que as mulheres a colocar outros piercings na orelha, além de alargar os lóbulos.

O tragus é uma das regiões preferidas dos homens quando o assunto é perfuração.

Piercing no tragus e dor de cabeça?

Como já sabemos, o piercing no tragus está localizado em frente ao canal auditivo. Com isso, algumas pessoas acreditam que joias colocadas nesse ponto podem trabalhar de forma a contribuir no alívio das dores da enxaqueca.

No entanto, outros já acreditam que um piercing pode fazer mais mal do que bem.

Como é que isso funciona?

A teoria por trás de perfurações nessa parte da cartilagem é semelhante à teoria por trás da acupuntura. Os acupunturistas acreditam que a eletricidade, as terminações nervosas e os pontos de pressão no corpo podem ser estimulados, realinhados e modificados para tratar a dor.

No caso dos piercings no tragus, a teoria depende do nervo vago. Este é o mais longo dos 10 nervos que se estendem desde o fundo do cérebro até o resto do corpo.

Algumas condições de saúde, como depressão e epilepsia, já provaram responder à estimulação do nervo vago, nos casos em que outros tratamentos não funcionaram.

Alguns pesquisadores estão procurando maneiras em que a estimulação do nervo vago possa também tratar dores de cabeça. Quem acredita nessa versão boa da história, perfuram o tragus na intenção de estimular esse tal nervo.

É um efeito placebo?

Quando um tratamento funciona simplesmente porque uma pessoa acredita que está funcionando, os pesquisadores atribuem resultados a um fenômeno psicológico chamado “efeito placebo”. Segundo alguns especialistas em dor de cabeça, é isso que acontece com os piercings da cartilagem auricular para enxaquecas.

Mas desde que a acupuntura é mostrada para funcionar melhor do que um placebo, e piercings no tragus estão operando a partir de uma teoria semelhante, realmente não tem como dar uma resposta concreta.

Importa de que lado o piercing está?

Se você quiser colocar uma joia no tragus para tratar enxaquecas, o lado é um assunto questionável, uma vez que não se tem evidências concretas da eficácia.

As suposições sugerem que você deve colocar o piercing no lado da sua cabeça onde a dor tende a ser pior. Estimular o nervo vago no lado da cabeça onde as enxaquecas começam, seria, em teoria, importante para garantir que o tratamento funcionasse.

Estilo “ferradura”, bem comum no local.
Estilo “argola com bolinha”, na cor preta.
Estilo “bastão”, um dos preferidos de quem faz a perfuração.

Recomendações finais

Se você estiver realmente interessado em colocar um piercing no tragus, certifique-se de:

  • Verificar antecipadamente como a joia ficará em sua orelha;
  • Entender como cuidar do piercing corretamente;
  • Ter todas as suas perguntas respondidas pelo body piercer;
  • Escolher um local e um profissional de boa reputação. Tanto o local quanto a pessoa que vai furar têm que ter certificação para executar a atividade.

Agora que você conhece melhor o que é o piercing no tragus e seus riscos, vai querer experimentar a sensação de ter uma joia nesse local? Conte para nós o que acha sobre isso!

Leave A Reply

Your email address will not be published.