Take a fresh look at your lifestyle.

Óleo de Avestruz: Como tomar? Emagrece?

Quando falamos em óleos essenciais, pensamos logo nos tradicionais óleos de coco, de rícino, argan, entre tantos outros, usados como alternativas para diversas finalidades cosméticas e terapêuticas. Mas você já ouviu falar no óleo de avestruz para a mesma finalidade?

Até muito pouco tempo, o óleo de Avestruz era bem pouco conhecido. No entanto, ele passou a fazer enorme sucesso entre mulheres que desejam emagrecer. Na verdade, o óleo de avestruz contém uma grande quantidade de ácidos graxos (Ômega 3, 6, 7 e 9) e vitaminas (A, B1 e E), que juntos podem auxiliar na regeneração do organismo, além de trazer muitos outros benefícios, inclusive a perda de peso.

Normalmente, esses ácidos graxos, essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo, são produzidos durante a quebra de gordura em alguns animais. Contudo, o nosso organismo não consegue produzi-los e, portanto, precisam ser ingeridos. Um dos benefícios na ingestão dessas substâncias é a perda de peso.

No entanto, o óleo de avestruz pode oferecer diversos outros benefícios à saúde, devido às propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes, regeneradoras e hidratantes desses nutrientes. O produto é aprovado pela Anvisa e comercializado como suplemento alimentar, prometendo fornecer mais energia e vitalidade, entre outros benefícios para o corpo, pele e cabelos.

Com a finalidade de esclarecer algumas dúvidas e comprovar a eficácia do óleo de avestruz enquanto produtos emagrecedor, preparamos o artigo abaixo com tudo o que há para saber sobre ele. Confira!

O que é o Óleo de Avestruz?

oleo de avestruz da gordura do animal
O óleo de avestruz é extraído da gorduro do animal

Segundo a sua fabricante, a Amazon Origin, o avestruz é um dos animais que possuem maior resistência imunológica. Assim, o óleo de avestruz é extraído de uma bolsa de gordura na região abdominal da ave, a fim de aproveitar os benefícios dos nutrientes ali contidos (ácidos graxos e vitaminas).

O óleo de avestruz contém Ômegas 3, 6, 7 e 9 e Vitaminas A, B1 e E, que reforçam o sistema imunológico e regeneram o organismo. Além disso, esses nutrientes possuem propriedades anti-inflamatórias que ativam a memória, melhoram o sistema cardiovascular, regulam o sistema digestivo, aumentam a libido, além de hidratar o corpo, proporcionando um maior efeito regenerador.

O óleo pode ser dissolvido em chás, água ou adicionado na comida. A banha, que tem os mesmos componentes do óleo, pode ser adicionada no preparo dos alimentos, por exemplo. Mas, para entender melhor sobre todos os benefícios desses nutrientes, precisamos entender o papel dos ácidos graxos no nosso organismo.

O que são ácidos graxos?

Os ácidos graxos trazem muitos benefícios ao óleo de avestruz
Os ácidos graxos trazem muitos benefícios ao óleo de avestruz

Os ácidos graxos são substâncias orgânicas mono carboxílicas encontradas em temperatura ambiente nas fases sólida e líquida e semi sólida. Eles são considerados essenciais ao organismo por apresentarem importantes funções, mas principalmente por não serem produzidos pelo organismo. Ou seja, eles só podem ser obtidos por meio do consumo de óleos e gorduras, e utilizados apenas quando as suas estruturas são quebradas. Por esta razão, a ingestão dessas substâncias por meio da alimentação são tão importantes.

Os ácidos graxos se dividem em ácidos graxos saturados, monoinsaturados e poliinsaturados. Sendo que as principais fontes de ácidos graxos são:

  • Ácidos graxos Saturados: chocolates, carne vermelha, ovos, leite integral e derivados, gordura animal etc;
  • Monoinsaturados: óleos (obtidos a partir de amendoim, oliva, canola etc.) ou de nozes e abacate;
  • Poli-insaturados: óleos extraídos de vegetais (milho, girassol, soja, castanhas, amêndoas etc.), peixes etc;

Para que serve o óleo de avestruz?

Por ser rico em em ácidos graxos, mais especificamente em ômega 3, ômegas 6 e 9 e ômega 7, o óleo de avestruz pode trazer muitos benefícios ao ser ingerido na alimentação. Além disso, suas propriedades antiinflamatórias, cicatrizantes, analgésicas e regeneradoras auxiliam em todas essas funções.

Pois, cada um desses nutrientes atua de uma maneira diferente no nosso organismo, trazendo benefícios também diferentes, como:

  • Manter os níveis de lipídios em quantidades normais no sangue;
  • Promover a hidratação corporal;
  • Auxiliar em infecções respiratórias;
  • Proteger contra lábios ressecados;
  • Repor hormônios;
  • Combater a sinusite;
  • Cicatrizar de queimaduras e lesões;
  • Ajudam no controle de inflamações;
  • Diminuir dores musculares e nas articulações (propriedades analgésicas e antiinflamatórias);
  • Regular a pressão arterial;
  • Favorecer a produção de hormônios e anticorpos;
  • Favorecer a coagulação do sangue;
  • Ajudar na prisão de ventre;
  • Ajudar a controlar os níveis do colesterol e das triglicérides;
  • Ajudar no tratamento de hemorroidas;
  • Ajudar a combater o refluxo;
  • Diminuir o stress;
  • Auxiliar no processo de emagrecimento (ômega 6 e 9).

Mas para entender como o óleo de avestruz é capaz de fornecer tantos benefícios, é preciso entender o que é e como age cada um dos seus nutrientes no nosso organismo.

1. Ômega 3 (ácido linolênico)

O ômega 3 possui propriedades anti-inflamatórias, e assim combate inflamações no organismo. O ácido linolênico desempenha o papel de analgésico, por isso combate dores reumáticas, fibromialgia, artrites e artroses. Atua também em inflamações nas articulações em geral como casos de osteoporose, câimbras, fadiga, edemas e contraturas. Além de combater doenças autoimunes, como reumáticas, artrites e artroses.

O ômega 3 também atua na redução de colesterol e triglicerídeos, ligados ao diabetes por combater a resistência a insulina; ajuda no hipo e hipertiroidismo, a prevenção de doenças cardíacas, câncer e ativa as funções cerebrais.

2. Ômega 6 (ácido linoleico)

O ômega 6 colabora para a saúde da pele, unhas e cabelos deixando-os mais bonitos e saudáveis. Além disso, é capaz de cuidar da estrutura óssea e fortalecer o sistema imunológico. Pode também auxiliar na aceleração da queima de gordura corporal, pois regula o metabolismo e diminui as quantidades de cortisol no organismo, o principal responsável pelo aumento da gordura abdominal.

3. Ômega 7 (ácido palmitolêico)

O ômega 7 é o ácido graxo responsável pela derme, colaborando no processo de regeneração celular. Normalmente, ele está presente nas secreções sebáceas naturais, no entanto, diminui à medida que envelhecemos.

Com isso, o óleo de avestruz adquire também propriedade hipoalergênica, que permite uma penetração intradérmica mais eficiente, demonstrando alto poder de hidratação e reconstrução epidérmica, por esse motivo, reduz rugas e marcas de expressão, e melhora a tonicidade.

Portanto, ele é capaz de acelerar o processo de cicatrização da pele e a recuperação de queimaduras, além de combater o envelhecimento precoce e prevenir diversas doenças. Dentre os males estão as dermatites, eczemas e psoríase.

4. Ômega 9 (ácido oléico)

Dentre os todos os ômegas presentes no óleo de avestruz, o ômega 9 é o que traz maiores benefícios ao organismo, pois é responsável pela síntese hormonal. Sendo assim, é muito útil em diminuir as ondas de calor provenientes da menopausa, o estresse, a irritabilidade e a ansiedade, decorrentes do desajuste hormonal, e sintomas muito comuns também da TPM.

Atua também na síntese de cortisol, o hormônio do estresse, responsável pelo acúmulo de gordura na região abdominal. Ele age diretamente nos depósitos de gordura em nosso organismo, conseguindo organizá-los; e assim dificultando a fixação de células gordurosas na região abdominal.

Como e onde encontrar o óleo de avestruz

O óleo de avestruz é encontrado em forma de gotas, gel, creme, xampu, hidratante facial, banha, óleo de massagem, spray, protetores labiais, creme para os pés, creme para as pernas, queimaduras, celulite e estrias, de acordo com as sua necessidade.

Você encontra o produto para vender em lojas de produtos naturais e na internet. O preço do produto pode variar de acordo com a sua versão e tamanho da embalagem, sendo o valor médio de R$ 46, o frasco.

Composição do Óleo de Avestruz

ômegas no óleo de avestruz
Existem 4 tipos de ômegas no óleo do avestruz.
Tipo de Ácido Quantidade %
Ácido Oléico 37,54%
Ácido Palmítico 25,57%
Ácido Linoleico 16,43%
Ácido Esteárico 6.02%
Ácido Palmitolêico 7,41%
Ácido Linolênico 2,06%
Outros Ácidos Graxos 4,97%

Como utilizar o Óleo de avestruz?

óleo de avestruz em gotas ou cápsulas
Voc6e pode utilizar as gotas do óleo de avestruz ou as cápsulas.

Para obter todos os benefícios do óleo de avestruz, é preciso utilizá-lo da forma correta e não exceder na dosagem, que irá depender das instruções em cada embalagem.

Óleo de Avestruz em gotas

  • Dosagem mínima diária: A quantidade de gotas deve ser equivalente à metade do seu peso, divididas em 3 vezes ao dia. Por exemplo, uma pessoa com 60 quilos, deverá tomar 30 gotas, divididas em 3 vezes ao dia, ou seja, 10 gotas 3 vezes ao dia.
  • Dosagem máxima diária: A quantidade de gotas não deve exceder o equivalente ao seu peso total, divididas em 3 vezes ao dia.

Óleo de Avestruz em cápsulas

As cápsulas do óleo de avestruz devem ser ingeridas 2 ao dia, sendo uma no período da manhã, e outra no período da noite.

Uso de acordo com as finalidades

óleo de avestruz para emagrecer
Óleo de avestruz emagrece!

Como todo produto, sejam eles usados para fins terapêuticos ou cosméticos, ele deve ser usado de acordo com a sua finalidade. Portanto, veja abaixo como podemos utilizar o óleo de avestruz:

Óleo de avestruz como hidratante

Para hidratar o organismo ou a pele, o melhor é utilizar o óleo de avestruz em cremes e loções diariamente. Ele irá rejuvenescer, diminuir e clarear as manchas e tonificar a pele.

Óleo de avestruz para infecções respiratórias

Para interromper ou evitar os processos infecciosos respiratórios, tome o óleo puro, em gotas, ou adicione-o a chás ou outros alimentos.

Óleo de avestruz para lábios ressecados

Para curar lábios ressecados você pode utilizar o óleo de avestruz e forma de lipbalm, passando nos lábios várias vezes ao dia. Isso ajudará na cicatrização e hidratação, evitando reincidência.

Óleo de avestruz para reposição hormonal

Deve-se tomar a quantidade indicada de gotas do óleo indicadas na prescrição médica.

Óleo de avestruz para Otite

Para tratar a otite, pingar uma gota de óleo 3x por semana, como prevenção e mais algumas vezes, se estiver em crise, como na indicação do produto ou prescrito pelo médico.

Óleo de avestruz para Sinusite

Para tratar a sinusite, é possível misturar algumas formas no tratamento. Como por exemplo, passar a banha do óleo de avestruz no rosto antes de dormir, pingar o óleo de 2 a 3 gotas nas narinas, e tomar algumas gotas de óleo ao longo do dia.

Óleo de avestruz para queimaduras

Para tratar os ferimentos causados por queimaduras, basta passar o óleo e tomar algumas gotas.

Óleo de avestruz para dores musculares e articulares

Para aliviar as dores causadas por inflamações nas articulações ou músculos, basta passar o óleo na região afetada e tomá-lo em gotas.

Óleo de avestruz para constipação intestinal

Para o tratamento da prisão de ventre, utilize o óleo de avestruz em gotas, algumas vezes ao dia.

Óleo de avestruz para o colesterol e triglicérides

Para controlar ou diminuir as quantidades de colesterol e triglicerídeos no sangue, tome algumas gotas diárias aliadas à dieta para baixar os índices.

Óleo de avestruz para hemorróidas

Para tratar hemorróidas, passe o óleo 2 vezes ao dia no local e tome algumas gotas ao dia.

Óleo de avestruz para refluxo esofágico

Para evitar o refluxo esofágico, tomar algumas gotas ao longo do dia, respeitando as dosagens.

Óleo de avestruz para Estresse

Para reduzir o estresse e todas suas possíveis intercorrências, é necessário consultar um médico especialista para indicar as doses individuais recomendadas para esses casos.

Óleo de avestruz para emagrecer

O óleo de avestruz é capaz de emagrecer, reduzindo consideravelmente algumas medidas abdominais. Pois devido a quantidade de ômega 6 e 9, é capaz de agir contra o cortisol, hormônio responsável pleo acúmulo de gordura abdominal. Além disso, como regulador hormonal, pode influenciar no metabolismo, fazendo com que os alimentos sejam digeridos mais rapidamente.

Neste caso, deve-se utilizar algumas gotas diárias do óleo puras ou adicioná-las aos alimentos. No entanto, o óleo sozinho não possui efeito milagroso. Por isso, deve ser associado a uma dieta de restrição calórica. O efeito deve ser potencializado com a prática de exercícios físicos.

Efeitos colaterais e contraindicações

O óleo de avestruz é um produto 100% natural, portanto não traz nenhum efeito colateral ou há contraindicações. No entanto, deve-se estar atento a sua dosagem, não excedendo as quantidades máximas diárias do produto, de acordo com a sua finalidade.

Como ele age na regulação do metabolismo, o excesso pode causar um desequilíbrio metabólico e desenvolver processos inflamatórios e diabetes. Portanto, fique atenta e consulte um médico antes de iniciar qualquer tratamento, mesmo que seja com produtos naturais.

Em caso de qualquer sintoma estranho, suspenda o uso e procure um médico o mais rápido possível. No mais, ao usar de maneira adequada, o óleo de avestruz só trará benefícios. Para melhores resultados recomenda-se a ingestão de água em abundância.

Leave A Reply

Your email address will not be published.