Take a fresh look at your lifestyle.

O Que Pedir no Chá de Bebê: Lista Completa e Dicas!

Depois da confirmação da gravidez e antes do nascimento, um dos momentos mais esperados da gestação é o chá de fraldas. Além de ser uma ocasião especial para comemorar a chegada do bebê ao lado de familiares e amigos, é uma ótima oportunidade para pedir alguns itens importantes que faltam no enxoval. No entanto, tem muita gestante que não sabe o que pedir no chá de bebê, principalmente as mamães de primeira viagem.

Para algumas mamães, essa é uma das tarefas mais difíceis, pois além de ter que cuidar dos preparativos para o evento como cardápio, decoração, lista de convidados, entre outros, nem todas sabem como organizar direito essa lista.

Afinal, não basta saber o que pedir no chá de bebê, mas as quantidades e tamanhos, por exemplo. Até porque isso vai variar muito dependendo do peso do bebê, da quantidade de convidados e itens faltando.

É comum ter dúvidas, pois ninguém quer exagerar, esquecer de itens importantes ou pedir coisas repetidas e desnecessárias. Nesse momento, o ideal é poder contar com a ajuda dos parentes e amigas mais experientes (que já tenham filhos), além de pesquisar na internet.

Até porque, esse é um momento no qual você já deve estar se preparando para a reta final, por isso manter a calma, não se esforçar demais e não se estressar é uma prioridade.

A ideia é pedir fraldas e no máximo alguns outros itens mais simples que estejam faltando comprar, salvo exceções de parentes que desejam presentear o bebê com algo de maior valor (berço, carrinho, cadeirinha de carro, etc.).

Por isso, ter uma boa lista em mãos é essencial para não esquecer de nada, acumular coisas repetidas ou precisar trocar algo no futuro. Assim, preparamos um guia completo de como organizar o seu evento com uma lista para saber o que pedir no chá de bebê, economizando tempo e dinheiro.

Vale lembrar que as quantidades na lista são apenas sugestões, já que cada mãe é única. Por isso fique à vontade para fazer os ajustes necessários, contemplando com algo que não foi citado ou ignorar o que não for preciso.

Confira abaixo!

Dicas para organizar um chá de bebê

Saber o que pedir no chá de bebê facilita o seu planejamento.
Saber o que pedir no chá de bebê facilita o seu planejamento.

Normalmente, o chá de bebê é organizado lá pelo 7º e 8º mês de gestação. Para que seja mais seguro, tanto pelo andamento da gravidez, como para que dê tempo de deixar tudo pronto antes da chegada da criança.

Geralmente, ele é organizado por alguma amiga íntima ou familiar, a fim de resguardar a futura mamãe e deixá-la mais relaxada para aproveitar esse momento. Nesse sentido, o horário ideal é após o almoço, se estendendo para a parte da tarde, podendo ou não incluir homens e outras crianças.

Caso não seja possível contar com a ajuda de alguém e tiver que organizar tudo sozinha, opte por algo mais simples, com pouquíssimos convidados, apenas os mais íntimos. Se tiver um orçamento maior disponível, contrate um profissional para organizar todo o evento, assim você só terá que se preocupar com o que pedir no chá de bebê.

Ah, os convites devem ser entregues com 01 mês de antecedência, constando a lista de presentes e/ou local para ser comprado, assim as pessoas terão tempo se preparar para o chá de bebê (Veja mais sobre isso abaixo em O que colocar no convite do chá de bebê).

Dito isso, vamos à algumas dicas de como organizar a lista do chá de bebê:

Lista de chá de bebê

A lista de presentes é muito pessoal, mas ela não pode deixar de fora os itens básicos, principalmente os itens de higiene, acessórios para alimentação e até roupinhas básicas, como body, macacão e meias.

No entanto, como ela será uma lista única e entregue para todos os convidados, cores, modelos e estilo de roupas para o bebê devem ser definidos ou evite frustrações pedindo apenas cores neutras.

Assim, o ideal é que itens mais específicos e de gosto pessoal fiquem fora da lista para evitar trocas infinitas, mantendo apenas itens mais comuns da higiene, alimentação e uso no dia a dia do bebê (Veja as nossas sugestões de itens e imprima a lista completa no final do artigo).

Itens desnecessários

Evite colocar na lista itens que em geral são comprados pelos pais, ou por pessoas mais íntimas que desejam dar presentes como móveis para o quarto do bebê, o carrinho ou cadeira de passeio.

No caso de roupas, coloque apenas o fundamental, ou seja, somente aquilo que você precisa ter quando o bebê nascer, escolha itens de lã para épocas frias e de linho para estações mais quentes. Por exemplo, se o bebê for nascer no inverno peça roupinhas de manga longa de tamanho P ou M, assim como as mantinhas.

Tamanhos

Os tamanhos de fraldas e roupas, por exemplo, são importantes. Porém, vale lembrar que os bebês se desenvolvem muito rápido nos primeiros anos de vida, portanto, dependendo do peso e comprimento ao nascer, estoque de peças e fraldas para recém-nascidos e de tamanho P, por exemplo, não é uma boa opção.

Itens de higiene e alimentação

Outro cuidado que se deve tomar é com os itens de higiene e alimentação. Ao pedir fraldas, opte por marcas variadas, porém de qualidade e de todos os tamanhos, afinal de contas o bebê vai crescer, e quanto mais fraldas você tiver melhor.

Procure saber com alguém mais experiente quais as melhores marcas para você poder testar no bebê e ver com qual ele vai se adaptar melhor. Muitas crianças têm alergia a algumas marcas, e defini-las antes não é nada prático.

Produtos como shampoos, sabonetes e pomadas antiassaduras devem ser hipoalergênicos ou livres de perfumes e corantes, específicos para bebês.

Pelo mesmo motivo das fraldas, não precisa pedir uma grande quantidade de chupetas e mamadeiras, até saber qual modelo e marca que o bebê vai se adaptar melhor. Mesmo assim, peça algumas para ter de reserva, caso aconteça dele ter uma crise de choro à noite e você não precise sair para comprar.

Mesmo que a sua ideia seja amamentar exclusivamente até os 6 meses do seu bebê, nunca se sabe até ele nascer. Portanto, tenha pelo menos uma mamadeira para essa fase, para emergências, como não estar na hora da mamada ou não puder amamentar, por algum motivo.

Itens de uso pessoal

Há quem coloque na lista itens de uso pessoal, como almofada de amamentação, cinta pós-parto, creme para bico de seio, bomba para tirar leite, entre outros. No entanto, esses itens costuma ser de gosto muito pessoal, e devem ser testados antes pela gestante.

Portanto, se você costuma ser exigente e tem suas preferências, procure evitar esse tipo de pedido, é melhor que seja comprado pessoalmente.

Tipos de chás de bebês

Há vários tipos de chá de bebê que vão determinar o que pedir no chá de bebê.
Há vários tipos de chá de bebê que vão determinar o que pedir no chá de bebê.

Antigamente os chás de bebês se estendiam a poucos familiares e amigos íntimos, apenas com as mulheres da família. No entanto, hoje em dia o evento pode ser de diversas formas variadas, e ter todos os tipos de convidados possíveis, à gosto do casal.

Há quem tenha um círculo social de amizades tão variado que chega a fazer vários tipos de chá para dividir os convidados, como um na firma onde trabalha e outro para amigos e familiares.

De qualquer forma, existe a possibilidade de organizar desde um chá de bebê simples e barato até os mais sofisticados, com uma enorme variedade de divulgar a lista de presentes.

1. Chá de bebê simples e barato

Hoje em dia com tanto recurso disponível se tornou possível fazer um chá de bebê simples, sem precisar gastar uma fortuna e mesmo assim ficar tudo incrível. Afinal, esse é um momento de conter gastos já que a chegada do bebê vai trazer novas despesas.

Assim, para economizar considere fazer uma festa pequena e íntima, para diminuir os custos com bebida, comida e decoração, além de facilitar o planejamento. Se for possível, faça o chá de bebê na sua própria casa, da família ou de uma amiga.

Caso não seja possível, tente escolher um local que não demande muita decoração, aluguel de mesas e outros itens de apoio, assim você mantém os gastos reduzidos. Além de um salão de festas, o chá pode ser feito em um parque, caso tenha estrutura.

Em relação ao cardápio, prefira aperitivos, comidinhas leves e mais simples ao invés de refeições completas. Outro detalhe importante que costuma reduzir custos, é planejar com antecedência para obter preços mais acessíveis e parcelamentos.

2. Chá de bebê completo e sofisticado

Se o orçamento não for um problema e o seu desejo é investir em um chá de bebê mais sofisticado, com muitos convidados, você terá mais trabalho com alguns detalhes. Para isso, invista em louças bacanas, como talheres, xícaras, taças de cristais, guardanapos, vidros e pratarias, flores e tudo mais que fará diferença na decoração.

Para um chá de bebê mais sofisticado, o tema e as cores usadas na decoração devem ser mais neutras ou pastéis. Crie embalagens e etiquetas personalizadas para lembrancinhas e outros itens decorativos.

Caso prefira ficar mais tranquila nesse momento, contrate uma decoradora e um serviço de buffet, que vai tomar conta de tudo para você, decorações, comidas e o bolo que combine com a ocasião. Para completar, não deixe de contratar um fotógrafo para registrar os melhore momentos desse dia tão especial.

3. Chá de bebê de gêmeos ou múltiplos

Uma gestação gemelar ou de múltiplos é sempre mais delicada, isso porque os bebês têm mais risco de nascerem prematuros ou antes da data prevista. Então, rara organizar um chá de bebês para gêmeos, é importante que os preparativos comecem com antecedência.

Além disso, é muito provável que a futura mamãe de mais de um não se sinta muito confortável e tão disposta para cuidar da organização por volta da 20ª semana de gestação.

Com relação à organização e ao tipo de evento não muda nada, apenas alguns detalhes. Como por exemplo, ao colocar as sugestões de presentes no convite, lembre-se de destacar o fato de estar grávida de gêmeos ou múltiplos, colocando o que deseja ganhar para cada um deles, principalmente se forem de sexo diferente.

A quantidade de fraldas e roupinhas devem dobradas, lembrando que gêmeos e múltiplos costumam usar mais fraldas RN, por nascerem menores do que um bebê sozinho no ventre da mãe.

Para a decoração, utilize cores diferentes para simbolizar os dois bebês ou mais, faça um bolo misto, usando recheios e cobertura diferentes, ou então dois bolos, cada um deles com uma decoração diferente.

Em qualquer um dos casos acima, você vai pode ainda optar pelos tipos de listas abaixo:

Chá de bebê básico (chá de fraldas)

Um chá de bebê básico, por exemplo, pode ser apenas um chá de fraldas, em que a lista contenha apenas fraldas e alguns itens de higiene, sendo divulgada pela responsável pela organização, pessoalmente, por email ou por telefone aos convidados.

Chá de bebê beneficente

Há quem tenha uma boa situação financeira e opte por um chá de fraldas beneficente, abrindo mão dos presentes, porém dando uma festa para celebrar o momento. Neste caso, os presentes podem ser lata de leite em pó, fraldas e outros itens de higiene.

Dependendo da instituição, você pode entrar em contato antes para ver o que eles estão precisando e o que você pretende doar.

Chá de bebê digital

Existe também a opção de criar listas de presentes de chá de bebê em lojas físicas e online, como as listas de presentes de casamento. Neste caso, a mãe escolhe os produtos da lista nessas lojas e os convidados vão até a loja física/online para adquirir o presente.

Outra opção é colocar a lista de presentes ou item que deseja (fraldas, por exemplo) já no convite (digital ou impresso). Lembrando apenas o convidado de que é uma sugestão, e que ele não é obrigado a levar o presente.

O que colocar no convite do chá de bebê

É importante saber o que pedir no chá de bebê e como colocar isso no convite.
É importante saber o que pedir no chá de bebê e como colocar isso no convite.

Uma das dúvidas mais frequentes além de não saber o que pedir no chá de bebê, é como fazer esse pedido de forma que não seja rude, mal educado ou deselegante. Isso porque ninguém quer que um convidado se sinta obrigado à nada e nem que pareça uma maneira de se aproveitar da situação.

Pelo contrário, essa é uma tradição antiga e já bem aceita no âmbito social, como as listas de presente de casamento e chá de panelas ou cozinha. Assim, não há com o que se preocupar, desde que se siga algumas regrinhas de etiqueta.

Dessa forma, você pode enviar os convites impressos ou virtuais, de maneira que o pedido fique mais elegante, não se esquecendo de mencionar a importância da presença do convidado, além de incluir a data, horário e local da festa.

Além disso, há maneiras de deixar o convite ainda mais pessoal, podendo optar por pedir os presentes de duas formas diferentes: fazendo o convite em seu nome, nome da família ou em nome do bebê, como se ele mesmo estivesse pedindo o presente.

Veja abaixo alguns exemplos:

“O nosso lindo bebê está chegando e, para celebrar, faremos um chá de bebê muito especial! Segue uma lista anexada com sugestões de presentes de boas-vindas. Contamos com a sua presença!”

“Olá! Jajá eu vou nascer e quero festejar! Para ajudar a mamãe e deixá-la feliz, traga uma lembrança especial para mim: _______! Sua presença nos deixará muito felizes.”

“Vamos comemorar a chegada do(a) (nome do bebê) fazendo um lindo chá de bebê. Na dúvida sobre o que levar de presente, aqui vai uma sugestão: ______. Esperamos por você!”

“A mamãe e o papai estão muito felizes com a minha chegada! E para que este momento seja ainda mais especial, gostaríamos de contar com a sua presença no meu Chá de bebê. Caso queira me trazer um presente, eles prepararam uma lista com sugestões, que podem ser acessadas neste local: ______.”

O que evitar pedir ao convidado

Assim como existe o que pedir no chá de bebê, há coisas que não se deve pedir.
Assim como existe o que pedir no chá de bebê, há coisas que não se deve pedir.

Mais importante que saber o que pedir no chá de bebê é sem dúvida saber o que não pedir. Portanto, para não cometer gafes, não ser deselegante e ainda fazer bonito, é bom evitar algumas ações, como por exemplo:

Presente extra

Não fica nada bem pedir um presente extra para o convidado além do que já tem na lista. Esse tipo de coisa deve ficar à critério da própria pessoa. Normalmente, dependendo do grau de amizade ou parentesco do seu convidado, ele mesmo tomará essa decisão de levar um presente à mais para o bebê, caso queira expressar o seu amor dessa forma.

Quantidade de fraldas

Não é legal determinar a quantidade de de fraldas para o convidado levar, afinal ele está apenas contribuindo com as despesas, por opção e não obrigação. Sendo assim, cada um deve levar a quantidade que estiver disposto a presentear, de acordo com as possibilidades financeiras de cada um.

Porém, você pode especificar o tamanho da fralda que cada convidado vai trazer, para não acabar recebendo muitas fraldas de um tamanho só e poucas (ou nenhuma) de outro tamanho.

O ideal é pedir fraldas tamanho M para uma quantidade maior de convidados, já que elas são as mais usadas pelo bebê. Já as fraldas RN podem ser pedidas para um número bem menor de convidados, pois o recém-nascido cresce rápido ou até nascer com um peso maior. O restante dos tamanhos pode ser dividido entre o resto dos convidados.

Trocar o presente

Pedir para o convidado trocar o presente, definitivamente, não é uma atitude elegante. É normal acontecer de ganhar algo repetido, que não precise ou que não agrada, sendo preciso trocar depois.

Na maior parte dos casos, é possível trocar o item com o cupom de troca ou etiqueta da loja, principalmente se for em uma dessas lojas que possuem listas virtuais. Mas se não puder, não importa, o que vale é a intenção da pessoa.

Dar uma única opção de marca

O ideal seria não especificar marcas e modelos no convite, para que o convidado mesmo escolha. Apesar de toda mãe prezar por produtos de qualidade, isso pode significar preços mais elevados.

Nesse caso, é preciso lembrar que nem todo mundo tem as mesmas condições financeiras, e determinar uma marca específica pode constranger o convidado caso ele não possa arcar com esse valor.
Assim, para evitar essa situação constrangedora, o melhor é sempre sugerir opções de marcas diferentes, que tenham faixas de preço variadas, que podem caber no bolso de todos os convidados.

Além disso, definir algumas marcas também ajudar no caso de alguma convidada não saber ao certo qual fralda comprar, por exemplo.

Dicas sobre tamanhos de fraldas descartáveis e quantidades

É preciso saber o que pedir no chá de bebê em termos de fraldas e quantidades
É preciso saber o que pedir no chá de bebê em termos de fraldas e quantidades

A única exceção para os pedidos é com relação ao tamanho das fraldas que serão pedidas. Isso você terá que fazer para não acabar com um monte de fralda de um único tamanho e pouca ou nenhuma de outro. Ou o pior, receber um tamanho que você não vai conseguir usar por muito tempo.

Caso ainda não tenha conhecimento, você também precisa conhecer os tamanhos disponíveis para poder pedir a quantidade correta, são eles:

  • Tamanho RN: até 4,5 kg
  • Tamanho P: de 5 a 8 kg
  • Tamanho M: de 6 a 11 kg
  • Tamanho G: de 9 a 14 kg

Além dos tamanhos das fraldas, existe como predeterminar uma quantidade aproximada de fraldas que o bebê costuma usar por dia, como por exemplo:

  • Até 2 meses de vida: de 8 a 10 fraldas por dia
  • De 3 a 6 meses de vida: de 6 a 8 fraldas por dia
  • De 6 meses a 1 ano: 6 fraldas por dia
  • De 1 a 2 anos: 4 a 6 fraldas por dia

Além disso, há como se ter uma ideia da quantidade de fraldas que o bebê poderá usar por mês, podendo variar conforme o peso dele, segue abaixo.

  • 1º mês: 3 pacotes de 40 unidades cada, tamanho RN
  • 2º ao 4º mês: 10 pacotes de 56 unidades cada, tamanho P
  • 5º ao 10º mês: 24 pacotes de 48 unidades cada, tamanho M
  • 11º mês ao 22º mês: 30 pacotes de 40 unidades cada, tamanho G (caso não tenha espaço na sua casa para armazenar tantas fraldas, escolha todas as RN, P e M, e bem menos da G).

Dicas sobre o que pedir no chá de bebê

É preciso saber o que pedir no chá de bebê para não cometer gafes ou ganhar coisas desnecessárias.
É preciso saber o que pedir no chá de bebê para não cometer gafes ou ganhar coisas desnecessárias.

Além das fraldas e alguns produtos de higiene, dependendo do tipo de chá de fraldas e convidados, você pode também incluir outros itens essenciais na lista, como algumas roupinhas, acessórios e produtos para a mãe e amamentação. Seguem abaixo algumas sugestões:

  • Algodão
  • Lenços umedecidos
  • Cotonetes
  • Banheira
  • Termômetro
  • Gorro e luvinhas
  • Fralda para boca
  • Toalha de banho com capuz
  • Pomadas para assaduras
  • Sabonete e shampoo neutros
  • Chupetas e/ou Prendedor
  • Mamadeira
  • Talheres infantis
  • Chocalho e mordedor
  • Copo anti-vazamento
  • Cobertor/Manta
  • Meias
  • Babador
  • Escovinha e Pente de cabelo
  • Kit de unhas infantil
  • Almofada de amamentação
  • Macacões e bodies (especifique manga comprida ou não, de acordo com a estação do ano que o bebê vai nascer), entre outros.

Atenção: Para imprimir uma lista completa com todos os itens indispensáveis para a chegada do bebê, clique aqui! Lembrando que a lista possui apenas sugestões, podendo ser alterada de acordo com o seu desejo.

Itens mais importantes para o chá de bebê

Alguns itens na lista sobre o que pedir no chá de bebê são mais importantes que outros.
Alguns itens na lista sobre o que pedir no chá de bebê são mais importantes que outros.

Na realidade, não há como dizer quais os itens mais importantes, pois isso vai depender de cada mãe e de suas preferências. Há vários itens na lista que são importantes e necessários, no entanto, alguns são usados em maior quantidade, por isso podem ajudar a mãe a economizar em alguns meses.

Dessa forma, podemos citar as fraldas, que não podem ser ignoradas, nem se você quiser. Como você pode notar acima, são muitas as fraldas que serão usadas ao longo dos meses de vida desta criança que está pra chegar.

Por isso, peça muita fralda. Essa é uma das razões pela quais muita mamãe opta por um chá de fraldas, abrindo mão do resto dos itens. Nesse mesmo raciocínio temos os lenços umedecidos, que são muito práticos e as pomadas para prevenção de assadura, que não podem ser deixadas de usar a cada troca.

Depois disso, podemos citar algumas mamadeiras, shampoo para cabelo e corpo, que dispensa o sabonete e alguns itens para facilitar a vida da mamãe como bico de silicone, absorventes de seios e pomada de lanolina para aliviar as rachaduras no bico.

O resto cada mãe vai determinar a importância e necessidade de acordo com o que ela já ganhou, tem ou pode pedir emprestado.

Dicas para economizar no chá de bebê

Há várias formas de economizar no chá de bebê.
Há várias formas de economizar no chá de bebê.

Sabemos o quanto é difícil fazer qualquer evento hoje em dia. Assim como há uma infinidade de recursos disponíveis para todo tipo de festa, há também uma enorme variedade de preços.

E como os gastos já são bem elevados nesse período da gestação e só vão aumentar daqui para frente, nada como economizar no que for possível na hora de planejar um chá de bebê. Veja como fazer isso a seguir:

Opte por convites virtuais

Já que estamos em uma era digital, ao invés de gastar com convites impressos, faça uma versão digital do convite e envie por email ou redes sociais. Você pode também convidar as pessoas através da criação de um evento no Facebook ou criar um grupo no Whatsapp para seus convidados.

Decore você mesma

Decorar você mesma a festa é bem mais barato que contratar um profissional. Conte com a ajuda de amigos e familiares disponíveis. Vá comprando as coisas aos poucos, pela internet e peça coisas emprestadas. Há muitas ideias na internet que você pode adaptar de acordo com as suas habilidades, além de locais que alugam peças, louças, mesas e toalhas.

Crie um bolo de fraldas

O bolo de fraldas é um item decorativo super bacana, além de fácil de fazer. Ele também pode ser reutilizado, já que é feito de fraldas e outros itens de uso do bebê. É também uma excelente opção de presente, caso um convidado queira fazer e te presentear.

Peça colaboração para o cardápio

Caso você tenha como pedir para alguns convidados mais íntimos, a ideia de todos colaborarem com um prato de comida é bastante econômica. Cada familiar ou amigo íntimo, por exemplo, pode trazer um prato doce ou salgado, além de sucos e refrigerante. Só tenha cuidado para não abusar da boa vontade de todos.

Atente para o horário

Como em qualquer evento, alguns horários influenciam para mais ou para menos no cardápio e na quantidade de bebidas. Para economizar, evite os horários de almoço e jantar, optando por fazer o chá de bebê à tarde.

Este horário é perfeito para servir pequenos lanches e salgados, tortas e bolos simples. Aproveite o ensejo e não forneça bebida alcoólica, investindo em sucos e chás de sabores variados. Isso vai fazer também com que o evento não se estenda por muito tempo.

Escolha lembrancinhas simples

Existem muitas lembrancinhas que não custam muito, ou por serem feitas de materiais mais baratos ou por serem comestíveis e preparadas por você mesma ou algum convidado com dotes culinários. Pode ser um cupcake, pão de mel ou compota.

Pronto! Agora que você já sabe o que pedir no chá de bebê, defina um local e uma data e comece logo a planejar todos os preparativos. Depois é só aguardar o dia da festa, tentar descansar no dia anterior para estar bem linda e disposta para receber os seus convidados e aproveitar esse momento tão especial.

Leave A Reply

Your email address will not be published.