Take a fresh look at your lifestyle.

O que é quiropraxia e para que serve? Preço

A Quiropraxia ou Quiroprática, como é popularmente mais conhecida, é um método de medicina alternativa secular dentro da especialidade da fisioterapia, muito praticada em vários países, inclusive já aqui no Brasil. No entanto, muita gente não sabe o que é quiropraxia e para que serve, ou ainda tem muitas dúvidas quanto a eficácia dessa prática.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), 80% da população brasileira sofre com dores musculares na coluna vertebral (lombar e cervical) ou nas articulações causadas por movimentos contínuos do dia dia, má posturas ao longo da vida ou doenças congênitas ósseas e articulares, que acabam por tirar as vértebras e articulações do lugar.

Através de diversas técnicas manuais, a quiropraxia realiza interferências que promovem o reposicionamento das vértebras, músculos ou tendões para seu local de origem, diminuindo as dores causadas por esse mal posicionamento. O objetivo é equilibrar todas as estruturas do corpo, inclusive os músculos e os órgãos a fim de tratar e prevenir uma série de doenças.

Se você está entre essa estimativa ou gostaria de evitar problemas na coluna e as dores musculoesqueléticas crônicas, saiba que a quiropraxia pode lhe ajudar bastante. Leia abaixo o que é quiropraxia, e para que serve, e descubra como funciona essa prática!

O que é quiropraxia, e para que serve?

O que é quiropraxia e para que serve: envolve reajustes na coluna
A quiropraxia é uma técnica que envolve reajustes manuais nas articulações da coluna.

Quiropraxia tem origem do grego “Quiro” (mãos) e “Praxis” (praticar), que significa “praticar com as mãos”. Em outras palavras, a quiropraxia é um conjunto de técnicas manuais dentro da especialidade da fisioterapia que lida com o diagnóstico, tratamento articular e prevenção de desordens do sistema neuro-músculo-esquelético (coluna vertebral) e extremidades (braços e pernas), bem como seus efeitos na saúde em geral do indivíduo.

A quiropraxia acredita que a relação da disfunção da coluna vertebral com a saúde em geral se deve à ligação da coluna ao sistema nervoso. Assim, a quiropraxia age na causa principal do problema e não apenas nos seus sintomas.

Sendo assim, a quiropraxia, também conhecida por quiropatia, osteopatia ou quiroprática, promove correções posturais e alongamento da musculatura, por meio de manobras seguras de alta ou baixa velocidade, através de ajustes e/ou manipulações das articulações para prevenir lesões e tratar dores em diversas partes do corpo, especialmente na coluna vertebral.

É um tratamento cada vez mais procurado no Brasil, e considerada a terceira maior profissão na área da saúde do mundo, reconhecida pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como uma medicina complementar.

Origem da quiropraxia

A cura pelas mãos é uma técnica milenar já muito utilizada por chineses, hindus e egípcios aos longo dos anos. Mas foi apenas no século XIX, nos Estados Unidos em 1895, que o pesquisador Daniel David Palmer, desenvolveu esses conhecimentos e criou a quiropraxia, que conhecemos hoje. A prática trabalha o equilíbrio no relacionamento entre a estrutura musculoesquelética (coluna/articulações) e a funções (fluxo de informação) comandadas pelo nosso sistema nervoso.

Desde então, a quiropraxia vem sendo utilizada por profissionais treinados nos mais diversos níveis de compreensão de saúde, com ampla carga horária também em radiologia, patologia, anatomia, neurologia, biomecânica e filosofia.

Sendo assim, aplicar a quiropraxia significa não só ajustar a coluna, mas liberar essas entradas e saídas do fluxo interno de informação do organismo que passa do cérebro para a coluna, reduzindo a entropia e mantendo um equilíbrio orgânico e saudável em qualquer indivíduo.

Quando a quiropraxia é indicada?

O que é quiropraxia e para que serve: trata dores musculares e articulares
A quiropraxia pode tratar dores musculares e articulares e evitar várias doenças.

Qualquer pessoa pode receber um tratamento de quiropraxia, não existindo idade específica, mínima ou máxima. O que pode variar são os períodos de tratamento e as técnicas aplicadas em cada caso.

No entanto, a quiropraxia é indicada para indivíduos que sofrem de tensão muscular com restrições de movimentos, torcicolos ou dores no pescoço, ciático, costas, pelve, ombros, braço, quadril, articulares e até dores de cabeça.

Aos poucos, a quiropraxia devolve a mobilidade articular, diminuindo a tonicidade da musculatura e permitindo liberdade de movimento e melhorando a postura.

Assim, a quiropraxia é capaz de tratar problemas como:

  • Bruxismo;
  • Bursite;
  • Labirintite;
  • Cólicas menstruais;
  • Cervicalgias;
  • Lombalgias;
  • TPM;
  • Torcicolo;
  • Hérnias de disco e cervicais;
  • Ciatalgias.

A quiropraxia também é indicada para tratar desequilíbrios físicos, orgânicos e do sistema nervoso central causados pela má postura, excesso de esforço, movimentos repetitivos, estresse, desequilíbrios emocionais, etc.

Além disso, remove compressões dos nervos espinhais e ajuda na recuperação da capacidade de transmissão dos impulsos nervosos do sistema nervoso central para tecidos e órgãos do corpo.

Após uma sessão de quiropraxia já é possível se sentir mais relaxado e se movimentar com mais facilidade. No entanto, é possível que as dores após a sessão continuem, porém a tendência é diminuir com a evolução do tratamento.

Diagnóstico na Quiropraxia

O diagnóstico é clínico, através de uma entrevista e um exame minucioso com a palpação muscular e articular, testes especiais quiropráticos e instrumentos clínicos específicos.

Alguns profissionais também utilizam as radiografias e exames de imagem (tomografia), em que o quiropraxista avalia os aspectos mecânicos e posicionais das articulações.

Os quiropraxistas são os terapeutas responsáveis por aplicar as técnicas que utilizam massagens, trações, estiramento e manipulação esquelética. Os osteopatas e os fisioterapeutas são outros especialistas autorizados a realizar o tratamento.

Vale ressaltar que como a quiropraxia é uma técnica que aborda áreas delicadas como a coluna e articulações, é essencial que o profissional seja qualificado, e se possível associado à ABQ (Associação Brasileira de Quiropraxia).

No entanto, a quiropraxista ainda não é regulamentada no Brasil, mas já existem faculdades no país que oferecem o curso de Graduação em Quiropraxia, reconhecidas pelo MEC.

Como funciona o tratamento de quiropraxia?

o que é quiropraxia e para que serve: utiliza técnicas manuais
A quiropraxia utiliza técnicas de palpações para reajustar vértebras e articulações da coluna.

Para iniciar o tratamento de quiropraxia, o paciente marca uma consulta com o quiropraxista para relatar os sintomas ou desconfortos para que o profissional possa analisar as causas do problema e não apenas tratar os sintomas.

Durante a consulta, o quiropraxista utiliza diversas técnicas físicas para promover os ajustes necessários nas vértebras ou articulações do paciente.

O tratamento é aplicado no paciente sentado ou deitado na maca ou em um tatame, através de manobras rápidas e indolores em um segmento específico, que corrigem a postura e os desequilíbrios para diminuir a dor, devolver a movimentação normal da articulação da coluna e relaxar a musculatura. Além disso, melhora a integridade do impulso nervoso que sai do cérebro para todo o corpo passando pela coluna.

Normalmente, as sessões duram entre 15 a 30 minutos, dependendo do caso que pode variar de acordo com o paciente e os objetivos de tratamento.

Depois disso, em alguns casos, o quiropraxista indica uma série de exercícios específicos para melhorar a reabilitação. E para finalizar, o quiropraxista passa orientações ao paciente de como ele deve seguir a fim de potencializar os benefícios obtidos durante o tratamento.

Isso porque o tratamento com a quiropraxia envolve uma mudança focada na raiz do problema ao invés de buscar apenas o alívio dos seus sintomas. Por isso, o processo requer seu tempo apropriado e não pode ser concluído em uma única sessão.

Exercícios e orientações posturais na quiropraxia

Em alguns casos, o quiropraxista recomenda uma série de exercícios e orientações posturais para que os resultados sejam mais completos e duradouros. Normalmente, os exercícios devem contar com a ajuda e parceria de fisioterapeutas e educadores físicos.

Isso porque os resultados são muito melhores quando os ajustes articulares são aliados aos exercícios. Além disso, uma alimentação equilibrada com a ajuda de um nutricionista, a fim de combater inflamações no organismo também é fundamental.

Quais os benefícios da quiropraxia

o Que é quiropraxia e para que serve: traz muitos benefícios
A quiropraxia traz muitos benefícios à saúde.

Os benefícios que o tratamento com a quiropraxia pode trazer ao paciente são extensos, tanto é que uma grande parte dos pacientes, após realizarem o tratamento, adotam a técnica como parte da rotina.

Isso porque a qualidade de vida aumenta bastante. De início, o tratamento pode diminuir as dores musculares, articulares e a restrição dos movimentos, ajudar a distensionar os músculos e melhorar a postura.

Mas o seu maior benefício é eliminar as dores rapidamente e liberar o sistema nervoso dos bloqueios, para que o fluxo de impulsos nervosos chegue ao cérebro e a todos os órgãos, tecidos e células do corpo, e para que as funções do organismo trabalhem de forma adequada.

Portanto, dependendo do local, grau e direção do desvio na coluna vertebral, a quiropraxia é capaz de promover o equilíbrio energético e melhorar o sistema nervoso e circulatório, proporcionando maior bem-estar e aumento do estado de alerta, relaxando, acalmando e estimulando o sistema nervoso central, ajudando a melhorar a memória e o foco da pessoa.

A quiropraxia melhora a irrigação e nutrição do tecido muscular e esquelético, facilitando a absorção de hormônios e desintoxicando a musculatura. Assim, o tratamento pode prevenir a osteoporose, melhorar a digestão e aumentar a oxigenação sanguínea, promovendo uma melhor respiração e um maior desempenho imunológico, evitando outras doenças e estresse.

Diferença entre Quiropraxia e Massoterapia

Tanto a quiropraxia quanto a massoterapia tratam da coluna, a fim de identificar problemas. No entanto, são duas modalidades diferentes. A quiropraxia, por exemplo, está diretamente relacionada ao sistema neuro-músculo-esquelético.

Já a massoterapia está mais relacionada à qualidade de vida e bem-estar do paciente, focando mais no relaxamento muscular.

Leia também: Massagem Modeladora Antes e Depois! Veja várias Fotos!

Riscos e contraindicações da quiropraxia

A quiropraxia é uma terapia extremamente segura, sem nenhum risco à saúde. No entanto, é fundamental que o tratamento seja realizado por um profissional capacitado, bacharelado em Quiropraxia.

Isso porque por se tratar de uma terapia realizada especificamente nas articulações, quando mal sucedida, as manobras podem provocar efeitos contrários na musculatura, provocando maior tensão nos músculos e prejudicando ainda mais o problema.

Mesmo assim, pessoas portadoras de doenças articulares, que possuam fraturas ou doenças mais específicas, precisam da liberação de um médico especialista. Caso o tratamento não seja indicado, por algum motivo, o profissional encaminhará o paciente a outro profissional de saúde mais adequado ao seu caso.

Quanto custa a sessão de quiropraxia?

Geralmente, uma sessão de quiropraxia custa entre R$ 60 e R$ 120 reais, dependendo da região em que for realizada, local e grau de experiência do profissional. No exterior, a prática faz parte do Sistema de Saúde, mas aqui no Brasil ainda é uma prática particular.

Leave A Reply

Your email address will not be published.