Take a fresh look at your lifestyle.

Micropuntura: Rosto, Rugas, Passo a Passo!

A micropuntura é recomendada para tratar diversas questões estéticas envolvendo a pele.

Você já ouviu falar em micropuntura? Esse procedimento estético está dando o que falar graças aos ótimos resultados obtidos através dele.

Este artigo irá te apresentar ao conceito e te explicar o que é, quais os principais usos e cuidados. E se você já conhece, também esperamos te ajuda a esclarecer dúvidas que você ainda tenha.

O que é micropuntura?

Micropuntura é um procedimento estético que consiste na estimulação da pele utilizando um aparelho que chama dermógrafo.

O dermógrafo estimula a região que precisa de tratamento de forma que o corpo entenda que aquela região deve receber uma “carga” de melanina e colágeno.

Esse aparelho chamado dermógrafo consiste numa espécie de caneta e possui uma agulha extremamente fina na ponta.

Através dessa agulha, é injetado ácido lático – que induz o corpo a produzir e enviar a melanina e o colágeno para aquela região da aplicação.

Esse aparelho usado para a realização das sessões de micropuntura é o mesmo aparelho usado para fazer a dermopigmentação de sobrancelhas.

Para que serve esse procedimento?

A micropuntura é recomendada para tratar diversas questões estéticas envolvendo a pele. As principais recomendações são para o tratamento das linhas de expressão, rugas, marcas deixadas em consequência da acne e para suavizar as estrias.

Mas, de uma forma mais ampla, o procedimento pode ser usado para tratar e suavizar todos os tipos de cicatrizes que você tenha. Em algumas com maior sucesso, em outras com menor sucesso.

Micropuntura no rosto

Quando esse procedimento estético é realizado no rosto, geralmente a indicação é para suavizar rugas e linhas de expressão ou para tratar as cicatrizes deixadas pela acne.

A pele com acne fica com diversas marcas deixadas por cravos e espinhas e a aplicação do ácido lático atua diretamente no problema, levando à redução dele.

O procedimento pode ser feito no rosto, principalmente para eliminar rugas.

Micropuntura para rugas

Esse procedimento também é bastante eficiente no combate às rugas e as linhas de expressão, o que faz com que o número de mulheres e homens que procuram pelo tratamento cresça bastante.

A aplicação do ácido lático acontece da mesma maneira que no combate às estrias, através da estimulação da pele com o uso do dermógrafo, causando a regeneração celular e suavizando as linhas de expressão.

As sessões de micropuntura no rosto costumam durar cerca de 30 minutos e devem ser realizadas sempre com intervalos de 15 dias.

Dependendo dos resultados desejados, a quantidade de sessões necessárias pode variar de 3 a 10.

Em comparação com a aplicação de toxina botulínica, a micropuntura no rosto também tem uma vantagem financeira, já que cada sessão de aplicação da técnica custa em média R$ 80, dependendo da cidade e do bairro onde serão realizadas as sessões.

Micropuntura para estrias

As estrias surgem quando a pele é esticada e acaba se rompendo, que depois vai cicatrizar e criar aquela marca indesejada no corpo de homens e mulheres.

É comum que isso aconteça em pessoas de todas as idades, mas o surgimento de estrias é mais frequente em mulheres com várias causas possíveis como aumento de peso ou perda repentina de medidas, gravidez ou uso contínuo de alguns medicamentos.

As estrias podem ser tanto vermelhas quanto brancas, cores que indicam há quanto tempo essas marcas existem.

Estrias mais recentes são avermelhadas, coloração decorrente do rompimento de vasos sanguíneos naquela região. Os tratamentos estéticos apresentam melhores resultados quando aplicados nessas estrias especificamente.

As estrias brancas possuem essa cor pois o organismo não produz mais melanina – substância que dá cor à pele, na região onde a pele se rompeu.

Quais os benefícios da micropuntura?

Entre os benefícios que a micropuntura pode trazer para quem realiza o procedimento, os mais importantes são:

  • Redução das linhas de expressão;
  • Efeito lifting;
  • Combate aos radicais livres;
  • Dá mais elasticidade à pele;
  • Reposição dos nutrientes da pele.
Aplicação de micropuntura em estrias.

Micropuntura tem contraindicações?

A micropuntura é um procedimento estético e, como tal, pode ter algumas contraindicações, além de não ser recomendada para todas as situações, como:

  • Portadores de doença autoimune podem ter problemas de cicatrização, podendo ainda sofrer com inflamações;
  • Pessoas com câncer não devem realizar o procedimento devido a baixa imunidade do organismo;
  • Diabéticos podem sofrer com problemas de cicatrização, coagulação e processos inflamatórios;
  • Pessoas de pele negra tem predisposição a hiperpigmentação, o que pode piorar o aspecto das estrias;
  • Grávidas e mulheres que estão amamentando também devem evitar realizar o procedimento.

Fora essas condições específicas, a aplicação da micropuntura facial ou corporal pode ser realizada por qualquer pessoa, sem maiores riscos de contraindicações.

Quantas sessões são necessárias para ver os resultados?

O número de sessões que são necessárias para conseguir observar os resultados pode variar sempre de pessoa para pessoa.

Pessoas que tenham uma quantidade pequena de estrias podem observar os resultados do procedimento já nas primeiras opções.

Já quem apresenta uma grande quantidade de estrias vai precisar de um pouco mais de paciência e terá de passar por um número maior de sessões.

Na maioria dos casos, os profissionais indicam 4 sessões para que os resultados sejam efetivos. Para que o tratamento possa ser bem-sucedido, o ideal é que exista um intervalo de cerca de 40 dias entre cada sessão, para que o organismo se recupere da sessão anterior.

Que cuidados são necessários entre cada sessão?

A micropuntura acaba deixando a região onde foi realizado o procedimento sensível, necessitando alguns cuidados especiais.

Por exemplo, a depilação na região onde será realizado o procedimento deve ser feita antes da sessão, para que após a sessão a região não sofra nenhum tipo de ferimento.

Quem realiza depilação com cera deve evitar passar por novas sessões de depilação antes de 20 dias após a micropuntura.

O mesmo vale para a exposição excessiva aos raios solares. Então o mais indicado é evitar praias e piscinas nesse mesmo período.

A alimentação também merece atenção, pois alguns alimentos, principalmente os ricos em betacaroteno, como cenouras, beterrabas, mamão e pimentões, pois podem acabar manchando as estrias.

Micropuntura dói?

Como o procedimento realiza perfurações na pele por onde é injetado o ácido lático, é possível que você sinta uma pequena dor, digamos um pequeno desconforto.

Para diminuir essa sensação, você pode fazer uso de algum tipo de anestésico, cerca de 1 hora antes da sessão.

Como funciona o dermógrafo?

O dermógrafo é um aparelho elétrico que tem um formato muito semelhante a uma caneta, que é utilizado tanto para a micropuntura quanto para a aplicação da micropigmentação.

O aparelho possui uma agulha que recebe o líquido a base de ácido que será aplicado na pele do paciente. O funcionamento do dermógrafo é muito semelhante ao de uma máquina de tatuagens, assim como a própria técnica da micropuntura.

A agulha do dermógrafo provoca várias pequenas lesões na área onde deve ser aplicado o ácido, seja no corpo para tratamento de estrias ou no rosto para eliminar rugas e linhas de expressão.

Após receber esse estímulo, o seu organismo entende que precisa começar a produzir mais colágeno e melanina para reparar essas lesões.

A produção de colágeno e melanina aumenta com o procedimento.

Qualquer pessoa pode utilizar o dermógrafo?

Apesar de parecer um aparelho muito fácil de ser utilizado, o dermógrafo requer técnica para ser utilizado.

Quem utiliza o dermógrafo precisa administrar e manusear tanto o peso do próprio aparelho quanto a vibração causada pelo motor instalado no equipamento, para que consiga realizar a aplicação da técnica apenas nos locais necessários.

Por isso, é importante se certificar de que a pessoa que vai realizar o procedimento no seu corpo seja realmente capacitada para isso, caso contrário você pode acabar tendo surpresas desagradáveis.

Quanto custa uma sessão de micropuntura?

Os preços das sessões podem variar de cidade para cidade e por isso, para encontrar bons preços é preciso fazer uma boa pesquisa.

Essa variação também é vista dentro da mesma cidade, onde você vai encontrar preços de sessões de micropuntura diferentes dentro do mesmo bairro.

Em uma busca rápida encontramos várias opções de preços, variando entre R$ 100 e R$ 500, por isso a pesquisa é muito importante.

Sites de cupons de descontos também podem ser uma alternativa para encontrar bons preços para pacotes de sessões de micropuntura.

Qual é a diferença da micropigmentação?

Mesmo sendo muito semelhantes tanto nos nomes quanto nas técnicas, ambas possuem características bem diferentes.

A micropigmentação consiste na aplicação de pigmentos na pele na região que se deseja tratar ou corrigir falhas das mais diversas, como sobrancelhas, preencher lábios, utilizando as possibilidades oferecidas pelas cores para conseguir o efeito desejado.

Essa técnica também utilizada para reconstruir regiões do corpo que foram reconstruídas, como mamilos em mamas que passaram por algum tipo de cirurgia.

Alimentos podem ajudar a melhorar os resultados da micropuntura?

Além de todos os procedimentos estéticos que estão disponíveis no mercado em grande quantidade, os alimentos que você consome diariamente também podem ajudar a conseguir resultados mais satisfatórios para o tratamento que você escolheu.

Veja algumas dicas de alimentos que ajudam a deixar sua pele mais saudável para complementar a micropuntura.

Consuma proteína magra

Alimentos ricos em proteína magra são boas fontes de aminoácidos como glicina e licina, fundamentais para a produção de colágeno e elastina, substâncias responsáveis por dar a sua pele textura e elasticidade.

Inclua peixes, feijões, carnes e ovos na sua dieta para aumentar a quantidade de proteína magra no organismo e melhorar muito a saúde da sua pele.

Alimentos ricos em zinco

O zinco tem um papel fundamental na reparação de tecidos e no crescimento da pele, o que o torna um importante componente para manter a pele jovem.

Ele pode ser encontrado em muitos alimentos comum do nosso dia a dia, principalmente carnes vermelhas, e aves. Também existem várias fontes vegetais ricas em zinco, como castanhas, grãos e legumes.

Aposte em uma boa alimentação para que os resultados sejam mais rápidos.

Vitamina A e betacaroteno

Essas duas substâncias são importantes para proteger e reparar a pele.

A ausência de vitamina A no organismo pode causar problemas como pele seca e erupções cutâneas. Para evitar esse tipo de problema é recomendado consumir alimentos como fígado, ovos, cenoura, espinafre e peixes.

O betacaroteno tem propriedades antioxidantes que são importantes na prevenção de rugas e estrias.

Alimentos como cenoura, manga, melão, abóbora e batata-doce são ótimas fontes de betacaroteno e devem ser incluídos na dieta de quem quer uma pele mais bonita e saudável.

Gorduras podem ser boas

As gorduras são vistas como inimigas de grande parte das dietas, mas quando bem utilizadas elas podem ser benéficas ao nosso organismo.

Uma dieta que contenha muita gordura pode acabar favorecendo o surgimento de rugas, por isso é preciso saber dosar a quantidade para se aproveitar dos benefícios que essas mesmas gorduras podem trazer.

Alimentos como castanhas, grãos integrais e óleo de peixe são ricos em ácidos graxos essenciais, importantes para o bom funcionamento do organismo como um todo.

Esses alimentos, quando consumidos em quantidades moderadas podem ajudar a manter a sua pele hidratada, macia e suave

Carboidratos

Os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo humano e uma dieta que tenha como objetivo manter a pele saudável por mais tempo deve incluir alimentos ricos em amido.

O amido ajuda a combater e reduzir os radicais livres e combate a pele flácida e enrugada.

Por isso sua dieta deve conter sempre alimentos como batata, mandioca, trigo, batata-doce e milho e arroz para manter sua pele saudável.

Selênio

Os alimentos ricos em selênio possuem propriedades antioxidantes extremamente importantes para proteção do organismo contra diversas doenças.

Consumir alimentos ricos em selênio, como bacalhau, camarão e castanhas, também ajuda a proteger a sua pele dos efeitos nocivos da exposição aos raios solares.

Considerações finais

O mercado de tratamentos estéticos oferece centenas de opções para todos os gostos e objetivos.

A micropuntura é uma excelente alternativa para quem enfrenta dois dos principais problemas que incomodam os públicos masculino e feminino – as rugas e as estrias.

O procedimento é realizado em sessões curtas, que não costumam ultrapassar 30 minutos e traz resultados muito eficazes no tratamento de rugas e estrias.

Apesar de não ser indicado para algumas pessoas em determinadas condições, homens e mulheres de qualquer faixa etária podem se submeter ao procedimento e minimizar essas marcas em seus corpos.

Mesmo realizando o procedimento, adotar hábitos alimentares mais saudáveis e consumir alimentos que auxiliem na saúde da pele também é altamente recomendado, para que o tratamento possa funcionar ainda mais.

Leave A Reply

Your email address will not be published.