Take a fresh look at your lifestyle.

Lugol para que serve? Emagracece? como usar?

0 12

Perder peso é um dos objetivos na vida de muita gente. Seja para melhorar a aparência ou por uma questão de saúde e maior qualidade de vida, emagrecer é uma tarefa nada fácil que nem sempre conseguimos orquestrar sozinhos com maestria. Por isso, muitas pessoas recorrem a medicamentos que podem ajudar a cumprir a tarefa de forma eficiente e rápida, principalmente se aliando uma alimentação saudável e a prática de exercícios. É o caso do Lugol, uma solução que leva iodo além de outras substâncias, muito utilizada há anos para tratar determinados problemas de saúde. Mas, Lugol para que serve?

Se você nunca ouviu falar em Lugol, nós vamos explicar tudo sobre esse medicamento, seus benefícios e efeitos colaterais, para que não fiquem dúvidas e você possa utilizá-lo com segurança, se for o caso.

Veja abaixo!

O que é Lugol?

Lugol para que serve: A solução serve para controlar os níveis de iodo no organismo.
Lugol para que serve: A solução serve para controlar os níveis de iodo no organismo.

Desde o século XIX, o medicamento criado pelo químico francês Jean Lugol tem sido utilizado para tratar diversas disfunções da glândula tireóide ao repor a deficiência de iodo no organismo.

Lugol nada mais é que um preparado à base de 2% ou 5% de iodo, 10% de iodeto de potássio e 85% de água destilada QSP.

A solução é utilizada para aumentar a eficiência do iodo no desenvolvimento e no funcionamento do metabolismo, pois o iodeto de potássio ajuda na sua solubilidade quando em contato com o organismo.

Dentre os inúmeros minerais e oligoelementos necessários ao nosso organismo, o iodo, em particular, é um mineral essencial para o funcionamento de todos os sistemas do corpo.

Assim, quando há uma deficiência dessa substância por conta da falta de produção na glândula tireóide, isso pode desencadear uma série de graves problemas.

Lugol para que serve?

Como já dissemos, o iodo é uma substância essencial presente no cérebro, nos hormônios, no sistema digestivo e em diversas partes do corpo para que suas funções sejam desempenhadas de forma eficiente.

No caso de uma deficiência, todas essas funções podem ser altamente prejudicadas. Assim, o Lugol desempenha o papel de regular os níveis de iodo no organismo, aumentando a sua produção na glândula tireóide ou repondo qualquer deficiência da substância no corpo.

Ele pode agir de diversas formas, como diminuir o tamanho da glândula, fortalecer e proteger e até substituí-la, no caso de ter sido removida por conta de alguma doença, como o câncer.

Dessa forma, o Lugol é considerado um suplemento de iodo para equilibrar a deficiência desse mineral no organismo, aprimorando suas funções e acelerando o metabolismo, podendo até promover o emagrecimento.

Causas de deficiência de iodo no organismo

Lugol para que serve: A falta de iodo no organismo pode acarretar diversos problemas.
Lugol para que serve: A falta de iodo no organismo pode acarretar diversos problemas.

Vários estudos apontam que cerca de 95% da população brasileira sofre de deficiência de iodo no organismo. O nosso organismo inteiro contém cerca de 1500 mg, sendo que a glândula da tireóide contém apenas 50 mg de iodo, 20% se concentra na pele, 32% nos músculos e 35% no tecido adiposo.

Uma das principais causas dessa deficiência é a má alimentação, pobre em alimentos naturais e apenas baseada em alimentos industrializados, entre outro motivos a seguir:

  • Consumo de sal não iodado ou refinado na dieta diária. O sal de cozinha refinado, por exemplo, tem pouca quantidade de iodo, pois perde toda a sua concentração de iodo e outros componentes durante o seu processo de industrialização;
  • Consumo de produtos cultivados em áreas montanhosas ou oceânicas onde há naturalmente uma deficiência de iodo no solo, ou devido a métodos de cultivo pobres e erosão do solo;
  • Exposição a produtos químicos tóxicos;
  • Escovação dos dentes com creme dental com flúor;
  • Exposição ao cloro.

Sintomas de deficiência de iodo no organismo

Já que o iodo é um mineral fundamental para o desenvolvimento e metabolismo do organismo, a sua deficiência pode acarretar doenças graves, que normalmente se apresentam através dos seguintes sintomas a seguir:

  • Obesidade e dificuldade de emagrecer;
  • Ganho repentino ou progressivo de peso sem mudança de hábitos;
  • Falta de memória, retardo e confusão mental;
  • Desânimo e sonolência;
  • Fraqueza e cansaço excessivo;
  • Constipação (prisão de ventre);
  • Queda de cabelo e unhas fracas e quebradiças;
  • Tendência à tristeza e depressão;
  • Pele seca e grossa;
  • Mudanças de humor extremas e irracionais;
  • Bócio;
  • Dor no peito e palpitações;
  • Aumento da sensibilidade ao frio;
  • Problemas respiratórios;
  • Ausência de suor;
  • Irregularidades no ciclo menstrual;
  • Dificuldade em engravidar e diminuição de fertilidade.

Lugol para que serve para emagrecer?

Lugol para que serve: o Lugol pode ajudar a emagrecer pois acelera o metabolismo.
Lugol para que serve: o Lugol pode ajudar a emagrecer pois acelera o metabolismo.

Muito medicamentos e produtos para emagrecer agem diretamente na quebra de células adiposas e queima de gordura, outros na manutenção das funções intestinais, enquanto outros no aumento de massa magra.

Apesar de não ser exatamente a sua função principal, o Lugol pode ajudar a emagrecer através da regulação da concentração de iodo no organismo, porque estimula o funcionamento do metabolismo, acelerando suas funções e equilibra o funcionamento da glândula tireóide, responsável pela produção hormonal do organismo.

Além disso, o Lugol também ajuda a manter os níveis de energia no corpo adequados, otimizando a utilização das calorias ingeridas através dos alimentos e evitando o acúmulo excessivo de gordura e toxinas.

No entanto, como a sua função não é promover o emagrecimento, a sua utilização para esta finalidade deve ser antes consultada por um médico especialista. Por outro lado, o Lugol pode trazer muitos outros benefícios, e o emagrecimento como consequência. Leia abaixo!

Lugol para que serve: Benefícios

Por ser uma solução de iodo que ajuda no equilíbrio de todo o organismo, o Lugol pode trazer uma série de benefícios. Confira abaixo:

1 – Lugol para que serve: Regular o metabolismo hormonal

Os níveis de iodo no organismo influenciam diretamente no funcionamento da glândula tireóide, responsável pela produção de hormônios que controlam a nossa taxa metabólica hormonal.

Em caso de deficiência de iodo ou das funções da glândula, a sua suplementação vai promover o bom funcionamento da glândula tireóide equilibrando a sua produção de hormônios e regulando o metabolismo.

2 – Lugol para que serve: Aumentar a energia

O Lugol pode ajudar a manter os níveis de energia no corpo elevados ao controlar a síntese de calorias ingeridas pelos alimentos, evitando o acúmulo de gorduras em excesso.

3 – Lugol para que serve: Melhorar a aparência de unhas, cabelos e dentes

O Lugol também pode ajudar a melhorar a aparência e saúde da pele, cabelos e dentes ao regular os níveis de iodo no organismo. Pois como vimos, uma das consequências de sua carência no organismo é o enfraquecimentos das unhas e dos cabelos.

Para as unhas e cabelos, o iodo é capaz de fortalecer os fios e promover a produção de queratina, promovendo o crescimento rápido dos cabelos e das unhas e evitando o ressecamento, quebra e perda dos fios.

O iodo também promove a formação de uma pele mais saudável e brilhante, além de dentes mais fortes e saudáveis.

4 – Lugol para que serve: Auxiliar na gravidez

O Lugol pode auxiliar na gravidez controlando as doses de iodo durante a gestação, essencial para evitar natimortos ou condições cognitivas, como cretinismo.

Ele ajuda no desenvolvimento da fala e da audição dos bebê, garante uma circulação de sangue adequada, no crescimento normal e na maturidade dos órgãos reprodutores.

5 – Lugol para que serve: Prevenir o câncer

Além da sua forte influência tireoidiana, o Lugol é uma solução muito rica em propriedades anticancerígenas, que reduzem as células cancerosas evitando assim diversos tipos de cânceres.

O iodo garante a apoptose ou morte celular programada, essencial na formação de novos órgãos, na remoção de células malignas e células doentes.

6 – Lugol para que serve: Evitar doenças da tireóide

Como a quantidade de iodo é essencial para o funcionamento da tireóide, a sua deficiência pode causar a doença de Goitre, hipotireoidismo e hipertireoidismo.

Para a o seu regulamento e evitar as doenças, indica-se ingerir ovos, sal, peixes e frutos do mar e produtos lácteos para a sua devida reposição, além da sua suplementação com Lugol, caso já sofra de algumas dessas doenças.

7 – Lugol para que serve: Eliminar toxinas do corpo

O Lugol pode ajudar a desintoxicar o corpo removendo substâncias químicas e tóxicas, como os metais pesados como chumbo, flúor, mercúrio, alumínio, que podem causar doenças degenerativas, além de toxinas biológicas.

Além disso, o iodo fornecido pelo Lugol pode fortalecer o sistema imunológico, evitando a proliferação de bactérias nocivas no estômago e patógenos como bolores, fungos, parasitas e malária. É também anti-mucolítico.

8 – Lugol para que serve: Combater doenças fibrocísticas

A suplementação de iodo a partir do Lugol pode diminuir doenças fibrocísticas como a turgescência, fibrose e sensibilidade mamária. Ele também ajuda na diminuição do tecido cicatricial, formações quelóide, e contraturas de Dupuytren e de Peyronie, condições de hiper-cicatrizes.

Como utilizar o Lugol?

Lugol para que serve: a solução deve ser tomada diluída em água.
Lugol para que serve: a solução deve ser tomada diluída em água.

Só o médico especialista, ortomoleculares e nutrólogos, após alguns exames poderá determinar a quantidade exata de Lugol a ser tomada, dependendo de cada caso.

O medicamento é uma solução líquida em gotas, normalmente ingeridas via oral diluídas em água, a depender do problema de saúde e do nível de insuficiência no organismo.

Em geral, recomenda-se duas gotas uma vez ao dia do Lugol de 2% ou 5%, em jejum antes ou após o café da manhã, para evitar irritar o estômago mais sensível. As recomendações diárias para o iodo são de 150mcg para adultos; 220mcg para gestantes e 290mcg para mulheres em período de amamentação.

Fórmula do Lugol a 5% para manipulação:

  • 50 mg Iodo ressublimado (Iodo Metalóide, iodo inorgânico);
  • 100 mg Iodeto de potássio;
  • 1 ml Água destilada q.s.p.

Efeitos colaterais

Apesar dos seus benefícios à saúde, o Lugol é um medicamento e por isso, pode trazer alguns efeitos colaterais perigosos quando utilizado em excesso (acima de 2.000 mg), principalmente para que sofre de doenças renais ou tuberculose.

Sintomas alérgicos em relação ao lugol também não são comuns, mas outros sintomas mais comuns de “reação detox” podem ocorrer, como por exemplo fadiga, febre, taquicardia, tosse, tontura, náuseas, vômitos, dores de estômago, diarréias, dificuldade para respirar, gosto metalóide nos primeiros dias de uso, corrimento nasal, espirros ou acne.

Mesmo assim, podem ocorrer também alguns efeitos colaterais secundários, considerados mais graves, como por exemplo:

  • ardor na boca;
  • gengivas doloridas ,aumento de salivação ou inchaço na boca;
  • dores de garganta;
  • irritação ocular e pálpebras inchadas;
  • inchaço da frente do pescoço;
  • cefaléia intensa;
  • confusão mental;
  • formigamento, entorpecimento dos membros;
  • dor ou fraqueza das mãos e pés.

Além disso, cerca de 5% dos casos apresentam a reação Herxheimer devido a destoxificação do bromo. Neste caso, pause o medicamento, intercale ou diminua a dose.

Para aliviar os sintomas de detox, tome meia colher (chá) de sal integral diluído em um copo de água com vitamina C 1 grama (comprimido de longa absorção, não efervescente) 2 vezes ao dia.

Caso algum destes efeitos persista ou piore, interrompa o medicamento e informe o seu médico imediatamente.

Cuidados ao utilizar Lugol

Lugol para que serve: Nunca se automedique! consulte um médico antes de tomar o medicamento.
Lugol para que serve: Nunca se automedique! consulte um médico antes de tomar o medicamento.
  • Não se automedique! Sempre consulte um médico especialista de sua confiança antes de utilizar qualquer medicamento;
  • Não cometa excessos na sua utilização. Tente fazer pausas do medicamento para que o seu organismo tenha descanso;
  • Caso sua alimentação seja saudável, rica em alimentos orgânicos, água sem flúor e sem cloro, ou a sua higiene dental seja feita com pasta de dente sem flúor, a ingestão de lugol deve ser em menor frequência ou intercalando os dias;
  • Não associar o consumo a doses elevadas de cafeína para não potencializar e efeito excitante;
  • Evite tomar o Lugol após as 14:00h para evitar a insônia;
  • Caso suplemente a dosagem com Vitamina C para aliviar sintomas de detox, recomenda-se ingerir duas horas após o Lugol, para que a Vitamina C não transforme o iodo em iodeto;
  • Nunca exceder a dose diária recomendada pelo médico especialista;
  • Não utilizar o medicamento caso ele mude de cor.

Contraindicações

  • O Lugol não é recomendado em casos de bronquite, condições de pele ou doença dos vasos sanguíneos;
  • Casos relacionados a ​​problemas de tireóide, tuberculose, doença cardíaca, níveis elevados de potássio no sangue, Doença de Addison, entre outros precisarão ser avaliados por um médico;
  • Recomenda-se consultar o médico em casos de alergias, principalmente ao iodo ou ao iodeto de potássio;
  • Durante a gravidez, o Lugol deve ser utilizado com precaução, para evitar riscos de bloqueio da função da tiróide no feto e causar danos.

Onde encontrar Lugol

Você pode encontrar fontes de iodo em alimentos como alho, feijão, acelga, abobrinha, sementes de gergelim, soja, nabo e espinafre.

O sal iodado é outra fonte importante de iodo, assim como presente em algas e animais marinhos, incluindo crustáceos, peixes e frutos do mar que absorvem o iodo da água do mar.

No entanto, o Lugol pode ser encontrado em qualquer farmácia, inclusive na internet, por cerca de R$ 25 por um frasco de 30 ml, dependendo do fabricante e da farmácia.

Leave A Reply

Your email address will not be published.