Take a fresh look at your lifestyle.

Rimel Seco: Como Recuperar? O que Fazer? Passo a Passo

Você com certeza já deve ter se perguntado como recuperar rímel seco. Esse infortúnio, comum a todas as mulheres, já levou muitas a descartarem embalagens novas ou dentro do prazo de validade.

Se você já se desfez daquela máscara pela qual tinha tanto apego, saiba que seus problemas chegaram ao fim. Com alguns truquezinhos infalíveis, você vai recuperar o rímel seco e reviver aquela máscara xodó que ressecou.

Ficou curiosa? Venha conosco e descubra, ao longo desse post completo e especial, todas as dicas e métodos para recuperar sua maquiagem!

Máscara de cílios na antiguidade

Maquiagem também é história! Como nada surge ao léu, o rímel, esse que você tem aí na sua necessaire, também possui uma origem. E essa origem remonta ao Antigo Egito.

Você está surpreso? O povo, responsáveis por tantas invenções e avanços, é também o precursor das máscaras de cílio.

Isso mesmo! O rímel dos egípcios consistia em uma fusão de pós e uma substância similar à graxa preta. O produto apresentava uma função estética próxima às dos dias atuais: a pintura e o contorno dos olhos.

Embora o item esteja linkado ao Antigo Egito, seu protótipo era uma versão rudimentar – e por que não dizer precária? – do que encontramos hoje.

A máscara de cílios da Antiguidade era uma mistura experimental que, ao contrário dos dias atuais, sobrecarregava a make e pesava o olhar. Afinal de contas, para os antigos egípcios, a maquiagem auxiliava na proteção de seus adeptos.

Como não lembrar de Cleópatra quando falamos de rímel? Para as antigas egípcias, a máscara tinha uma segunda função menos supersticiosa. A fim de potencializar seu poder de sedução, as egípcias acrescentavam novos elementos e minerais à receita. Entre eles, as cinzas, que funcionavam como uma extensão, dando consistência e tornando os fios mais volumosos e alongados.

No decorrer dos séculos, a mistura ganhou novas técnicas e ingredientes, e seu preparo rústico foi aprimorado aos poucos. Dentre as inovações no ramo, surgiu o khol, produto popular entre os povos do oriente. A mistura do khol renovou a receita egípcia, utilizando ingredientes como pó de minerais e gordura vegetal para obter resultado.

O efeito do khol é mais leve e suave do que seus antecessores, e pode ser encontrado em uma espécie de pó diluível em água. O produto tende a ser utilizado tanto para o contorno dos olhos quanto para a pintura e alongamentos dos cílios.

Os fatores decisivos para a curta vida útil nem sempre diz respeito à qualidade ou ao nome da marca de maquiagem que assina o produto.

Máscara de cílios na atualidade

Mas como o rímel alcançou o que conhecemos hoje por máscara de cílios?

O primeiro avanço aconteceu no século dezenove, e está creditado ao perfumista Eugene Rimmel (reparou no sobrenome?). A intenção do francês era cobrir e disfarçar alguns fios brancos provenientes da idade, quando decidiu aperfeiçoar o produto.

A essa altura, o rímel já havia passado por procedimentos de remate que melhoraram sua qualidade. No entanto, o rímel disponibilizado no comércio ainda apresentava uma indesejável textura condensada.

Em seguida, a história pula para o século vinte, com Maybel Williams, uma jovem vaidosa de Chicago. Seu irmão, um químico de 19 anos chamado T.L Williams, flagrou Maybel aplicando cinza de cortiça vaselina e carvão nos fios. O jovem químico ficou, no mínimo, intrigado.

Em 1915, o jovem transformaria a receita em sucesso comercial estrondoso. T.L Williams desenvolveu um arquétipo de pó de carvão e vaselina que acompanhava uma escovinha úmida, usada para aplicar a mistura nos cílios. O produto foi tão cobiçado que T.L passou a vendê-lo através de encomendas pelo correio, antes de fundar sua própria empresa.

O nome? O nome você conhece muito bem! Inspirado pelo nome de sua musa (Maybel) e as últimas letras de vaseline (vaselina em inglês), Williams fundou a Maybelline Company!

A empresa se tornou uma das maiores líderes quando o assunto é indústria cosmética. E não foi à toa: na década de sessenta, a pioneira já desenvolvia e capitalizava seus rímeis em versão tubo com bastão de aplicação.

Por intermédio dessa cadeia de aprimoramentos, surgiram aqueles “queridinhos” que encontramos hoje no mercado: o rímel líquido, em pasta e em creme.

Por que o rímel seca?

Depois de toda essa revisita aos primórdios da máscara de cílios, nós queremos saber: por que o rímel seca?

Responsável por destacar os olhos, alongando e dando volume aos fios, o rímel é crucial para quem não dispensa um olhar marcante e expressivo. O produto garante às amantes de maquiagem um toque de sensualidade na make, valorizando o look como um todo.

Mas, apesar de ter esse poder na produção, o rímel tem um prazo de validade que varia de três a seis meses. Além disso, sua vida útil pode ser diminuída devido ao uso indevido do item.

Isso mesmo! Para seu líquido não terminar ressecado antes do tempo, é preciso tomar certos cuidados na aplicação, como fechá-lo com precisão após a utilização.

Quer saber como prevenir o ressecamento do rímel? Leia nossas dicas abaixo!

Não utilize ou tente recuperar ríméis vencidos

Como fazer para o rímel durar mais?

Você com certeza já passou pelo incômodo de perder o seu rímel preferido antes do prazo de vencimento pois sua textura se tornou seca ou engrossada, certo? Os fatores decisivos para a curta vida útil nem sempre diz respeito à qualidade ou ao nome da marca de maquiagem que assina o produto.

Em alguns casos, a máscara resseca pois o líquido do tubo está acabando. Contudo, os casos mais comuns são decorrentes do mau uso do tubo e bastão de máscara.

Uma mania que pode levar ao ressacamento precoce da sua máscara de cílios é retirar e recolocar o bastão no tubo de forma repetitiva no momento de molhar a escovinha.

Esse hábito desencadeia em um efeito “bombeador”, soprando ar para dentro do tubinho do rímel. Esse ar, armazenado gradualmente dentro da embalagem, termina secando o conteúdo do tubo.

Qual o jeito certo de usar o rímel?

Visto esse mau hábito, muito comum entre as adeptas da máscara, surge o questionamento: se não assim, como usar o rímel?

Em suma, o modo correto é abrir o tubo sem retirar o bastão da escovinha de dentro da embalagem de modo abrupto. Ao invés disso, é indicado realizar movimentos leves e circulares, manuseando o bastão e molhando a escovinha nas paredes internas do tubinho.

Evitando o ressecamento

Ok, já sabemos que o rímel resseca precocemente ao entrar em contato com o ar e que não devemos fazer movimentos repetitivos para misturar o produto com a escovinha.

Outra dica para prevenir o rímel de secar antes de seu vencimento é manter a borda da embalagem sempre limpa. Para isso, você poderá contar com o auxílio de lencinho de papel que retire o excesso após o uso.

A remoção do acúmulo é essencial, uma vez que esse mesmo acúmulo é responsável por dificultar o fechamento do bastão, isto é, da tampa do rímel. Um mau encaixe do bastão tende a secar o produto, visto que promove a evaporação da água.

Não se esqueça de conferir o prazo de validade da sua máscara de cílios! Não utilize ou tente recuperar ríméis vencidos. A prática é desaconselhada por especialistas, uma vez que promove a proliferação de bactérias que podem causar irritações, alergias e infecções mais críticas.

Ao invés de reviver um rímel cuja validade expirou, é mais válido e compensador investir em um novo. Existem muitas marcas acessíveis, boas e baratas no mercado, que valem mais a pena do que arcar com os ricos de um produto bacteriano nos olhos, certo?

Mas se seu rímel está dentro da validade e você quer reutilizá-lo, nós vamos ensinar você como recuperar rímel seco. Abaixo, conheça dicas e soluções para reparar o ressecamento e trazer à vida aquele queridinho da sua necessaire!

Responsável por destacar os olhos, alongando e dando volume aos fios, o rímel é crucial para quem não dispensa um olhar marcante e expressivo.

Como recuperar rímel seco

Para aqueles que se perguntam como recuperar o rímel seco, uma dica simples se encontra na água quente. A água quente possui o benefício de amolecer aquelas máscaras que estão levemente endurecidas.

Nesse aspecto, a água é capaz de diluir a máscara por um tempo maior do que o alcançado pelo soro fisiológico. Além disso, o procedimento não compromete a fórmula do produto, sendo liberado para uso nas versões de máscara vinte e quatro horas.

Para melhor, esse processo de como recuperar rímel seco é super simples e prático! O primeiro passo é colocar um pouco de água para aquecer no fogo. Em seguida, despejá-la em recipiente onde o tubo da máscara de cílios será mergulhado.

Lembre-se antes de limpar o bocal da embalagem para retirar o excesso e fechá-la de modo hermético! Afinal, não queremos que a água quente penetre o tubo – queremos uma alternativa de como recuperar rímel seco, não de como estragá-lo!

Sendo assim, uma vez com a embalagem imersa no recipiente de água, basta mantê-la boiando até que a água por fim esfrie! Pronto, seu rímel voltará àquela textura novinha em folha, pronto para ser reutilizado e embelezar os cílios!

Outras formas de “reviver o rímel”

Apesar de eficaz, a água quente não é a única tática de como recuperar rímel seco. Outras soluções caseiras são recomendadas àquelas amantes da maquiagem que estão desesperadas para reviver sua máscara. Vamos conhecê-las?

Como recuperar rímel seco normal

Se você está querendo saber como recuperar rímel seco comum, esse truque pode funcionar para você.

Para os rímeis que não apresentam fórmula à prova de água, a solução mais indicada e vantajosa é o uso dos soros fisiológicos. O processo de como recuperar rímel seco com soro é tão fácil quanto eficiente.

Para devolver a textura suave e leve à sua máscara, basta adicionar de duas a seis gotas de soro fisiológico em sua embalagem. Em seguida, feche a tampa do item, tomando cuidado para encaixá-la com precisão, e agite o tubo até a mistura se fundir por completo.

Pronto! Com o líquido homogêneo, seu rímel está pronto para ser reutilizado.

Outra alternativa de como recuperar rímel seco é utilizar Bepantol líquido, isto é, Bepantol Derma Solução. O Bapantol líquido é rico em vitamina B5, a dexpantenol. Isso garante que o produto não apenas reviva a máscara de cílios, como fortaleça seus fios. Com a hidratação de vitamina B5, seus cílios se tornarão mais firmes, fortes e resistentes à queda.

Mas como recuperar o rímel utilizando a fórmula do Bepantol Derma Solução? Não tem mistério! O Bepantol funciona no mesmo esquema do soro fisiológico ou solução para lentes de contato.

Para dissolver a máscara e recuperar a textura fresca, pingue uma gota de cada vez até estar satisfeita com a consistência.

Esse infortúnio é comum a todas as mulheres, mas tem solução!

Como recuperar rímel seco à prova d’água

Se sua dúvida é como recuperar rímel seco à prova d’água, os truques mudam de figura. Devido à sua fórmula diferenciada, nenhuma das dicas passadas acima serão bem-sucedidas se aplicadas à máscara resistente à água. Afinal, como o nome já adianta, o rímel é à prova d’água e não se misturará com nenhum componente que possua água na composição.

Sendo assim, a solução é se valer do efeito de algumas gotas de óleo mineral. Para misturar o ingrediente, utilize o mesmo passo a passo realizado com os rímeis laváveis.

Se você não conta com óleo mineral ao alcance, opte usar alguma linha de óleo vegetal puro, bem como óleo de argan, azeite de oliva e óleo de rícino.

Esse último tem uma vantagem: além de ser eficiente em recuperar a textura do rímel, ele é recorrido como um recurso de beleza. O óleo de rícino serve àqueles que querem promover o crescimento, fortalecimento ou engrossamento dos fios de cílios e sobrancelhas.

Colírio no rímel: funciona?

O colírio funciona como alternativa para recuperar o rímel seco? A resposta é sim! O colírio é um dissolvente para máscara tão confiável quanto o soro fisiológico, que também pode ser usado nos cabelos, ou a solução para lente de contato.

O passo a passo é super descomplicado. Basta colocar uma média de duas a quatro gotas do produto e utilizar um palito ou aplicador limpo para misturá-lo. Em seguida, chacoalhe a embalagem até alcançar uma solução homogênea.

Prontinho! Seu rímel está novinho em folha, pronto para ser reutilizado.

Como recuperar rímel seco no micro-ondas?

Quer uma maneira ainda mais simples e rápida de como recuperar rímel seco? A resposta é micro-ondas! Para isso, você só precisará rodar a máscara por trinta segundos em potência máxima. Fácil, né?

Leave A Reply

Your email address will not be published.