Take a fresh look at your lifestyle.

Como Cuidar dos Cabelos Cacheados e Ondulados? Guia Completo!

Você sabe como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados? Todo cabelo tem a sua beleza natural, seja ele liso, crespo, ondulado ou cacheado. Porém, cada tipo de cabelo vai exigir um cuidado diferente para se manter sempre lindo e saudável. Definitivamente, os cabelos lisos são mais simples e práticos de se lidar no dia a dia. Por outro lado, os cabelos ondulados cacheados e crespos dão muito mais trabalho.

Além disso, muita mulher não sabe como cuidar direito dos seus cachos e acaba ficando frustrada com a aparência delas. Por isso que há um tempo atrás muitas mulheres acabaram aderindo aos alisamentos, acabando com as suas ondulações.

No entanto, com os cuidados certos, todo tipo de cabelo é capaz de ficar lindo todos os dias, até os mais crespos. Sim, os cachos exigem mais cuidado e atenção, comparados aos fios lisinhos, mas isso não é motivo para você desistir deles.

Afinal, um cabelo naturalmente ondulado, volumoso e cheio de movimento é maravilhoso! Não é à toa que as ondas voltaram com tudo e muita gente tem desistido dos alisamentos.

Então, quer saber como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados e voltar a valorizar a sua beleza natural? Montamos um guia completo abaixo com dicas de cuidados, segredos e truques para você conquistar as ondas perfeitas.

Seus cachos vão ficar soltinhos na pista! Confira!

Quais os Tipos de Cachos e Ondas?

como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados: tipos de cachos
Existem vários tipos de cachos e ondulações.

Antes de começar com as dicas de como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados, você precisa saber que existem classificações diferentes para as ondulações dos cabelos. Essa divisão em tipos de cachos foi uma forma que encontraram para “hierarquizar a textura capilar”.

Sinceramente, facilitou a vida de muita gente! A partir disso, foi possível entender melhor sobre as características dos tipos de fios de cabelo, para podermos lidar com as particularidades de cada um e determinar quais cuidados devemos aplicar neles diariamente.

A Salon Line, por exemplo, usa uma tabela de tipos de cachos muito simples em várias linhas de seus produtos “Tô de Cacho”. Isso acaba facilitando bastante na hora de pesquisar e comprar produtos.

Originalmente, essa divisão foi feita por Lorraine Massey, em seu livro “Curly Girl”, e hoje podemos encontrar uma enorme variedade de tabelas na internet que nso ajudam a entender essa classificação.

De acordo com essas tabelas, os cachos podem ser divididos em três categorias: 2, 3 e 4, todas com subcategorias: A,B e C.

Lógico isso não é uma regra absoluta e, talvez nem todo cabelo vai se encaixar perfeitamente em alguma categoria. Mas confesso que ajuda bastante a identificarmos as necessidades dos nossos cabelos, de acordo com suas características.

Além disso, é possível ter várias texturas de cabelo ao mesmo tempo, ou seja, mais de um tipo de cacho na cabeça. Por exemplo, tem gente que tem um tipo de textura mais definida na frente, quase nenhuma definição no meio e outra mais fina embaixo, na nuca.

Veja todos os tipos de cachos e ondas abaixo:

Tipos de cachos 2 (cabelos ondulados)

Os cabelos com textura de fios do tipo 2 são aqueles considerados “ondulados”. Ou seja, eles ficam no meio termo, não sendo nem totalmente lisos, mas também não formam cachos muito definidos.

Normalmente, as ondas formadas possuem formato de “S”, não possuem muito volume e tendem ao frizz. Dentro da curvatura 2 dos cabelos ondulados, eles são subdivididos entre as subcategorias 2A, 2B e 2C, veja abaixo:

  • Cabelo ondulado 2A: esse é o tipo de fio mais próximo do liso, isto é, praticamente liso, com ondulações muito leves e pouquíssima definição, quase que imperceptível, com pouco ou volume nenhum.
  • Cabelo ondulado 2B: esse fio de grossura média com as ondas começando a formar bem perto da cabeça. As ondulações tem um pouco mais de definição e são mais visíveis, especialmente nas pontas. Mas ainda assim, tem pouco volume e tendência ao frizz. Geralmente é representado por um formato de “S”.
  • Cabelo ondulado 2C: esse é o tipo de fio bem próximo do cacheado, também chamado de “encaracolado”. Ele é o fio mais volumoso e grosso da categoria, apresentando ondas marcantes e cachos mais abertos. De todos, esse é o mais propício ao frizz e tende a ser bastante ressecado nas pontas.

Tipos de cachos 3 (cabelos cacheados)

Os cabelos com textura de fios do tipo 3, possuem cachos bem mais definidos e na maioria das vezes possuem bastante volume. Esse tipo é extremamente propício ao frizz e ao ressecamento, por conta da ondulação.

  • Cabelo cacheado 3A: esse é um tipo de fio considerado encaracolado, mas muito mais definição que o tipo 2C. Por isso, possuem fator de encolhimento mediano, com cachos maiores e mais abertos, volume, além de sofrerem bastante com as diferenças climáticas.
  • Cabelo cacheado 3B: esse tipo de fio forma as famosas “molinhas” e possuem bastante definição, com cachos médios em forma de espiral. Eles são bastante ressecados e volumosos.
  • Cabelo cacheado 3C: esse é o tipo de cacho de tamanho menor, porém com bastante definição e um fator de encolhimento maior. Eles são extremamente ressecados, ficando bem próximos da textura crespa. Por isso, precisam de maiores cuidados para ficarem definidos por mais tempo, com técnicas de finalização.

Tipos de cachos 4 (crespos ou afros)

Apesar de muita gente achar que esse tipo de cabelo possui fios mais grossos e textura rígida, é justamente o contrário. Ele é o mais fino e mais sensível de todos, pois possuem poucas escamas.

Por isso, costumam ser mais opacos, quebrar com facilidade e não ter tanto brilho como os outros tipos de cabelos. Pelo mesmo motivo, não absorvem muita água e sãp mais ressecados.

Vamos falar sobre as variações de ondulações abaixo, mas o restante do artigo irá focar apenas em como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados, pois os crespos e afros merecem um artigo só deles.

  • Cabelo crespo 4A: esse fio é muito parecido com o tipo 3C, porém mais volumoso e com menos brilho. Seus cachos são bem fechadinhos e definidos, formando um “S” quando esticados.
  • Cabelo crespo 4B: esse fio de cabelo não forma cachos, pois possui uma estrutura em forma de “Z”. Eles são bem densos, têm bastante definição e fator de encolhimento extremo (parece bem menor do que seu tamanho real quando esticado).
  • Cabelo crespo 4C: esse fio tem cachinhos minúsculos que não são capazes de se formar sozinhos, precisando de alguma texturização. São naturalmente secos e podem encolher mais de 75% que o tamanho real.

Saiba Como Cuidar dos Cabelos Cacheados e Ondulados

Há várias maneiras de aprender como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados.
Há várias maneiras de aprender como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados.

Há vários cuidados específicos para cada um dos tipos de cachos, mas o mais importante é conseguir identificar as suas características como definição, oleosidade, frizz, ressecamento, fator de encolhimento, volume, entre outras, para poder aplicar os cuidados certos.

Isso porque cada uma dessas características, em um dado momento, vai exigir cuidados e substâncias específicas. Ao identificá-las, vai ser possível manter uma rotina de cuidados através de um Cronograma Capilar eficiente.

A partir disso, você vai saber em qual etapa do cronograma o seu cabelo precisa de mais atenção e quais técnicas, produtos e finalização será mais adequada para o seu tipo de cacho.

Vale lembrar que que cada cabelo possui características próprias e de nada vai adiantar mudar a estrutura do seu fio para fazer com ele seja diferente do que é. A estrutura origina sempre acaba voltando e você vai ter muito mais trabalho nessa transição.

É muito mais fácil aprender a amar e cuidar do seu tipo de cabelo, entendendo que não é ele que precisa ficar do jeito que você quer, mas você quem precisa se adaptar a ele.

De um modo geral, você pode seguir as dicas abaixo para aprender a lidar com eles e saber como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados no dia a dia:

1 – Solte os cabelos da raiz

Dependendo da estrutura do fio, entre outros fatores como oleosidade e mudanças de clima, os cabelos ondulados e cacheados acabam perdendo volume e ficando mais “grudados” na raiz do couro cabeludo.

Para dar aquela “soltada” e estimular o volume, use os dedos ou um pente garfo para soltar os fios da raiz e os cachos. Para isso, coloque as pontas dos dedos na raiz e chacoalhe bagunçando os fios. Com o pente garfo é praticamente o mesmo movimento ao encostá-lo na raiz e puxando os fios para cima, balançando.

2 – Utilize shampoo a seco ou talco

O shampoo a seco ou o talco quando colocados em poucas quantidades na raiz, absorvem a oleosidade, ajudando a secar os fios e soltá-los. Eles encorpam os fios e deixam os cabelos mais volumosos.

É uma técnica conhecida por “no-poo”, para os dias em que os fios estiverem com menos volume, sujos e oleosos. No entanto, essa técnica não pode ser usada todos os dias, muito menos esses produtos.

3 – Use camiseta de algodão para secar os fios

Essa é uma técnica muito simples, porém bem eficiente. Basta pegar uma camiseta de algodão ao invés de uma toalha para secar os cabelos.

As toalhas costumam ter fibras muito grossas e ásperas, que provocam muito atrito, resultando em muito mais frizz e até mesmo pontas duplas.

A camiseta, por sua vez, faz com que apenas o excesso de água é retirado, deixando as ondas secar naturalmente e de forma mais alinhada.

4 – Escolha os finalizadores certos

Os finalizadores são produtos excelentes para dar formas aos cachos e mantê-los na linha. No entanto, a escolha é muito pessoal, mas tem que ser baseada no seu tipo de cabelos e curvatura dos cachos.

Uma boa dica é usar um para secar os cabelos com secador sem perder as ondas, como por exemplo o finalizador do Spécialiste Resgate. Este tem um termoprotetor e é um pouco mais pesado, mas deixa os fios super alinhados.

Outra opção é a Gelatina da linha Botica Cachos Perfeitos, para usar nos cabelos já secos, quando estiverem sem forma. Embora seja mais leve, ela tem uma boa fixação e ajuda a segurar as ondas e criar volume interessante. Em ambos os casos, seque ou aplique sempre de baixo para cima, amassando os cabelos.

5 – Aplique gelatina capilar ou gel

Além dos produtos finalizadores, os fios ondulados e cacheados podem se beneficiar de uma mistura de creme para pentear + gelatina capilar (ou gel). Essa é uma boa combinação porque não pesa ou é oleosa. Por isso, deixa os fios mais leves e com uma boa textura, promovendo volume e fixação para a sua finalização.

6 – Faça um coque abacaxi à noite

Para quem não sabe, o coque abacaxi quando é feito antes de dormir ajuda a evitar o frizz pelo atrito com o travesseiro e desmanchar os cachos enquanto você dorme.

Além disso, o penteado é funcional, pois ajuda os fios a ganhar volume. Isso porque o coque abacaxi ao deixar os cachos todos para o alto, ajuda a promover o volume e mantê-lo até depois de soltá-lo pela manhã.

7 – Seque sempre com difusor

Secar o cabelo com difusor, além de ser mais rápido, ainda ajuda na definição dos cachos e estimula o volume dos fios. Basta jogar o cabelo todo para frente e segurar os fios dentro do difusor por alguns segundos para dar volume na raiz.

8 – Corte os cabelos em camadas

O corte de cabelo em camadas, principalmente horizontais, é uma excelente opção para os cabelos cacheados, ondulados e crespos. Isso porque o corte distribui muito melhor as porções de fios de cabelo ao redor da cabeça. Ou seja, os fios com curvatura ganham um resultado mais equilibrado e harmonioso.

9 – Dobre os cuidados nos cabelos com química

Todo cabelo ondulado e cacheado precisa de hidratação e nutrição periódicas, por conta da dificuldade que as ondulações impõem aos fios ao impedir a distribuição de nutrientes e óleos naturais.

Entretanto, quando os fios são tingidos ou possuem qualquer outro tipo de química, eles precisam de cuidados redobrados para restaurar a fibra capilar. Para isso, basta contar com uma reconstrução capilar com máscaras de tratamento enriquecidas com queratina líquida.

Só não pode abusar da quantidade de vezes desse tratamento, para não endurecer os fios. Assim, inclua o tratamento no cronograma capilar para revezar as etapas com cremes de hidratação, nutrição e reconstrução, obviamente dando prioridade para esta última.

10 – Abuse das texturizações

As técnicas de texturização são excelentes aliadas dos cabelos cacheados, ondulados e crespos, pois são capazes de dar diferentes resultados nos fios e definir os cachos de diversas formas. Veja alguns exemplos abaixo:

Texturização com tranças

Para essa técnica, basta lavar o cabelo e aplicar o finalizador mecha a mecha e deixe secar. Em seguida, com os cabelos já quase secos, porém ainda úmidos, faça a trança. O ideal é dormir com ela e retirar só no dia seguinte.

Texturização com coquinhos

Essa técnica deve ser feita com o cabelo devidamente limpo e quase seco após ter aplicado o finalizador. Basta dividir os cabelos em pequenas mechas, fazendo coques no alto da cabeça e prendendo com um elástico. Vá repetindo o mesmo processo em toda cabeça, fazendo quantos coquinhos achar necessário. Depois é só ir dormir e soltar pela manhã.

Texturização com rolinhos de papel alumínio

Essa outra técnica bem antiga que também ajuda a formar cachos. Basta separar os pedaços de papel alumínio e amassá-los formando rolinhos. Depois, é só dividir o cabelo em mechas e enrolar cada uma delas nos rolinhos. Em seguida, vire a pontinha do rolinho para cima e aguarde secar enquanto dorme, soltando na manhã seguinte.

Dicas para não arruinar os cachos

É preciso saber que há coisas que não se deve fazer ao cuidar de cabelos cacheados e ondulados.
É preciso saber que há coisas que não se deve fazer ao cuidar de cabelos cacheados e ondulados.

Assim como devemos saber como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados, é preciso também entender que existem algumas coisas que não devemos fazer, caso o objetivo seja manter o volume dos cachos e sua definição.

Portanto, para não arruinar todos os cuidados realizados e manter os seus cachos definidos, evite fazer o seguinte abaixo:

NUNCA use escova no cabelo seco

Cabelos cacheados e ondulados só podem ser escovados quando estiverem molhados, de preferência com escovas apropriadas, de cerdas de tamanhos diferentes justamente para desembaraçar sem quebrar os fios. Quando estiverem secando, só use as mãos ou um pente de madeira e dentes largos, sempre amassando as ondas de baixo pra cima.

Não fique mexendo muito no cabelo

Nunca é bom ficar mexendo muito nos cabelos, pois os cachos vão perdendo a forma, além de ficarem oleosos. Se for mexer, amasse sempre de baixo para cima.

Não exagere nos finalizadores

Os finalizadores são excelentes para ajudar a dar forma aos fios, mas não se pode exagerar na quantidade de produtos na hora de finalizar. Isso porque produtos em excesso acabam pesando nos fios, além de obstruir os poros do couro cabeludo.

Além disso, o acúmulo de resíduos aumenta a oleosidade do cabelo, fazendo ele perder o volume. O ideal é ir testando aos pouquinhos até encontrar a quantidade certa para o seu cabelo.

Não ignore a hidratação

É verdade que os cabelos ondulados, cacheados e crespos não podem abusar de óleos, mas também não podem ser tratados com produtos leves demais, porque senão continuam ressecados. Portanto, hidratar é uma necessidade, pelo menos uma vez por semana. E existem milhares de produtos específicos para estes tipos de cabelos.

Leia mais: Hidratação para Cabelos Cacheados Receitas! Conheça as melhores!

Cuidado ao aplicar produtos

Não basta saber como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados com os produtos certos. É preciso também saber usá-los. Assim como não se pode abusar dos finalizadores, também não se pode exagerar nas quantidades de máscara capilar.

Afinal, esses tipos de cabelos têm tendência a oleosidade na raiz, embora as pontas sejam mais ressecadas.

Além disso, é preciso evitar aplicar os produtos na raiz, para não contribuir mais com o aumento de oleosidade na região, além de deixar os fios pesados e sem movimento. Da mesma forma, evite também as máscaras com alta concentração de óleos, para não deixar os fios com o aspecto ensebado.

Quais os melhores produtos para finalizar os cabelos cacheados e ondulados

Para saber como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados é preciso usar os produtos certos.
Para saber como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados é preciso usar os produtos certos.

Um dos segredos para conseguir finalizar os cabelos cacheados e ondulados da forma correta para ter o efeito desejado, mais definição e menos frizz, é encontrar o produto ideal para o seu cabelo.

Para isso, o finalizador deve ter sido desenvolvido para o seu tipo de curvatura e ter a textura leve. Depois, não tem segredo, basta testar até encontrar aquele que mais vai se adequar aos seus fios.

O ideal é experimentar cremes de diferentes marcas, fazer misturinhas entre um produto e outro, testar as quantidades, até conseguir a ondulação desejada. O óleo de coco, por exemplo, é excelente para a os fios ondulados.

Embora seja um óleo, nada impede de usar máscaras que contenham o ingrediente na formulação. Opte por usá-as na etapa de nutrição capilar, com repetições mais espaçadas e priorizando as máscaras hidratantes mais leves para as etapas semanais.

Leia mais: Como Fazer Cachos Com Chapinha: Guia Completo!

Como hidratar cabelos cacheados e ondulados

A hidratação é uma forma de cuidar dos cabelos cacheados e ondulados.
A hidratação é uma forma de cuidar dos cabelos cacheados e ondulados.

Cabelos ondulados costumam ser menos ressecados do que os cacheados e crespos, por conta da curvatura que não é tão espiralada quanto os demais. No entanto, eles perdem a sua hidratação natural mais rapidamente, exigindo etapas mais recorrentes de hidratação.

Já os cacheados e crespos costuma ser bastante ressecados nas pontas. Portanto, todos precisam de hidratações mais frequentes. E se você quer saber como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados da forma correta, saiba que a hidratação começa na lavagem.

Sendo assim, comece lavando os cabelos em dias alternados para evitar a oleosidade em excesso, bem como aumentar o nível de ressecamento. Para isso, use shampoos e condicionadores de limpeza suave, de preferência sem sal, mas que possuam ação hidratante.

Sempre faça a hidratação após os cabelos lavados com shampoo e antes de aplicar o condicionador. Assim, aplique a máscara de hidratação mecha a mecha no comprimento e pontas do cabelo, onde são mais ressecados, evitando as raízes.

Aguarde cerca de 20-30 minutos e, em seguida, enxágue a máscara aplicando o condicionador, com o intuito de selar a cutícula e manter o tratamento dentro do fio. Depois de aplicar o condicionador aguarde o tempo de pausa adequado e enxágue novamente.

A etapa de hidratação com a máscara de tratamento deve ser repetida aproximadamente uma vez na semana, dependendo do estado dos fios.

Pronto! Agora você já sabe como cuidar dos cabelos cacheados e ondulados e vai poder manter os seus cachos e ondulações do jeitinho que você gosta. Experimente e depois venha nos contar os resultados!

Leave A Reply

Your email address will not be published.