Take a fresh look at your lifestyle.

Canjica faz aumentar leite materno? Saiba aqui!

Muitas “lendas” circundam o mundo do pré e do pós-parto. Será que canjica aumenta o leite?

Muitas “lendas” circundam o mundo do pré e do pós-parto. A “canjica faz aumentar leite materno” é uma delas. Nossas antepassadas diziam que alimentos feitos de milho e cerveja preta engrossavam e aumentavam a produção de leite, além de sustentar mais o bebê. Mas será que isso é mesmo verdade?

Não, é um mito! A verdade é que nenhum alimento é capaz de, ativamente, aumentar a produção de leite materno. O corpo feminino é projetado de forma natural para dar o alimento ao bebê.

Logo após o nascimento, você produzirá apenas uma pequena quantidade de colostro (pouco mais de 30 gramas). Então, na primeira semana após o parto, quando o leite materno começar a mudar do colostro para o leite transicional, será possível notar um grande aumento no seu suprimento.

No quinto dia, muitas mulheres estão fazendo mais de 500 ml de leite materno em um período de 24 horas. A partir daí, a produção continua subindo lentamente à medida que o recém-nascido cresce e precisa de mais.

Para entender isso melhor, vamos nos aprofundar nas questões do aleitamento nesse artigo, e tudo o que envolve esse universo, bem como a desmistificação da expressão da vovó “a canjica faz aumentar leite materno”.

O medo do suprimento insuficiente

Muitas mulheres se preocupam com o suprimento de leite, se vão produzir ou não o necessário. No geral, é uma preocupação inútil. Quase todas as mulheres podem alimentar saudavelmente os seus bebês só dando o peito.

Quando uma mãe tem uma baixa produção, é mais provável que seja devido a um problema real de baixa oferta.

Para construir um suprimento forte de leite materno para seu bebê, você deve:

  • Certificar-se de que ele esteja posicionado ao seu peito corretamente;
  • Amamentar pelo menos a cada duas a três horas impreterivelmente;
  • Ingerir muito líquido;
  • Manter seu pequeno acordado e sugando o peito;
  • Amamentar por pelo menos 10 minutos de cada lado.
Muitas mulheres têm medo de não produzir leite o suficiente.

Como saber se sua oferta de leite é baixa

Se o seu bebê estiver sugando corretamente e você estiver amamentando a cada duas ou três horas, provavelmente estará tudo bem. Mas, se você tiver alguma preocupação, procure esses sinais que a alertarão para um baixo suprimento de leite materno:

  • Seu bebê está amamentando por mais de 45 minutos em cada mamada;
  • Seu filho ainda parece com fome depois que você amamenta;
  • Você não ouve seu filho engolindo enquanto ele está amamentando;
  • Você não sente seus seios cheios antes de cada mamada;
  • Seus seios não ficam macios e menos cheios após a amamentação;
  • Seu bebê não enche a fralda de xixi por pelo menos 6 vezes após o 5º dia de vida;
  • Seu pequeno não está ganhando peso.

Caso você perceba alguns desses sinais, procure o pediatra imediatamente. Se houver um problema, quanto mais rápido ele for identificado, mais rápido você poderá resolver e voltar a amamentar.

O que pode afetar a produção de leite materno

Há diversas coisas que podem afetar o suprimento. Se você acha que canjica faz aumentar leite materno e não ingeri-la diminui, está enganada. A pouca produção tem a ver com:

  • Estresse;
  • Exaustão;
  • Período menstrual;
  • Uma nova gravidez;
  • Pílulas anticoncepcionais;
  • Cafeína;
  • Tabagismo;
  • Consumo de álcool;
  • Problemas de saúde.

Então, se você notar uma diminuição na quantidade de leite, dê uma olhada no que está acontecendo em sua vida. Talvez assim você consiga identificar uma mudança recente de situações que possam estar contribuindo para isso.

Por muito tempo acreditou-se que a canjica ajudava a aumentar o leite materno.

Chupetas e alimentações suplementares

Tudo o que tira da amamentação também pode ter um efeito negativo no suprimento de leite materno.

Se você oferece ao seu bebê aquelas fórmulas e suplementações, acaba interrompendo o ciclo de mamada exclusiva no peito. Isso é prejudicial mesmo que a oferta seja uma vez ao dia.

Acontece o mesmo com a chupeta. Nas primeiras quatro a seis semanas de amamentação, é melhor evitar qualquer outra coisa senão o bico do peito. É sempre bom manter uma disciplina quanto a horários. Mas não há problema algum em oferecer a mamada sempre que o bebê der sinais de fome.

A dieta afetando o aleitamento materno

Mães que amamentam podem produzir uma quantidade saudável de leite materno, independentemente da sua dieta. Portanto, como dissemos acima, é um mito dizer que canjica faz aumentar leite materno, assim como outros alimentos.

Mesmo as mulheres com dietas pouco saudáveis ​​ainda podem produzir leite suficiente. No entanto, a amamentação consome uma boa quantidade de energia.

Então, se você comer bem e consumir cerca de 500 calorias a mais diariamente, pode dar ao seu corpo o que ele precisa para repor os nutrientes e a energia que ele está perdendo ao amamentar.

Outra questão importante é: uma vez que o leite materno é composto principalmente de água, é preciso ficar bem hidratada. Bebendo de 6 a 8 copos de água ou outras bebidas saudáveis ​​todos os dias, você terá a certeza de obter o que precisa.

Como aumentar naturalmente o leite materno

A maneira mais fácil e eficiente de aumentar naturalmente o fornecimento de leite materno é amamentar com mais frequência.

Você também pode tentar usar uma bomba extratora ou uma técnica de expressão manual para remover mais leite materno após ou entre as mamadas.

A estimulação adicional e o esvaziamento da mama podem ajudar a aumentar o suprimento de leite. Se você tem um bebê sonolento, é possível usar a compressão da mama para manter o seu pequenino amamentando por mais tempo.

Tomar bastante água é ideal para produzir mais leite.

Ervas para amamentação

Durante séculos, diferentes culturas ofereceram ervas a mães que amamentam para ajudá-las a produzir mais leite materno. As mulheres ainda usam muitas dessas ervas hoje em dia.

Fato é que elas não fazem nenhuma mulher ter mais leite, mas fortalecem o organismo e o sistema imunológico, deixando a mãe com a saúde em dia e mais tranquila. Isso, consequentemente, contribui para a qualidade na amamentação.

Algumas das ervas que são usadas para apoiar a lactação são:

  • Feno grego;
  • Cardo abençoado;
  • Funcho;
  • Urtiga;
  • Cardo de leite;
  • Alfafa;
  • Alho.

Estes tipos de ervas são geralmente seguros quando usados ​​com moderação. No entanto, compradas de fontes desconhecidas ou usadas em excesso podem ser perigosas.

Por esse motivo, é sempre melhor conversar com seu médico antes de tomar qualquer um desses produtos ou qualquer outro tipo de suplemento.

Cerveja e vinho podem ajudar a aumentar a oferta de leite?

A cerveja é feita com lúpulo e cevada. Acredita-se que essas duas substâncias aumentam a prolactina, o hormônio responsável pela produção de leite.

Adicionalmente, diz-se que o vinho ajuda a mãe a relaxar, o que pode ser bom para o reflexo de descida.

Então, tecnicamente, essas bebidas alcoólicas podem ajudar na amamentação.

No entanto, assim como não procede o fato de que a canjica faz aumentar leite materno, os perigos de beber álcool quando você está amamentando superam os benefícios que podem proporcionar.

O álcool passa para o leite e pode afetar o bebê. Se você está procurando aumentar sua oferta de leite materno, existem maneiras mais seguras de fazer isso.

Evite consumir bebidas alcoólicas durante a amamentação.

A via contrária: o excesso de leite materno

Enquanto algumas mulheres lutam para produzir leite suficiente, outras lutam com um suprimento excessivo. Ter muito leite pode soar como uma bênção em vez de um problema, mas para as mulheres que têm uma oferta superabundante, nem sempre é fácil.

Não se culpe se tiver consumido muito milho, imaginando que a canjica faz aumentar leite materno. O excesso vem de seu próprio organismo, assim como a falta. Não foi o que você comeu que te fez produzir o leite descontroladamente.

O excesso de leite materno pode levar a problemas dolorosos nas mamas, como ingurgitamento mamário e dutos de leite entupidos. Também pode significar um fluxo rápido e um forte reflexo de descida, o que pode causar problemas de amamentação para o bebê.

Os filhos de mães com abundância de leite podem engasgar e sufocar enquanto se alimentam. Eles tendem a absorver muito ar, por isso sofrem com os gases, ficam agitados e apresentam sintomas semelhantes aos da cólica.

Eles também podem ganhar peso muito rapidamente, o que não é saudável.

Como secar o suprimento de leite materno

Se você optar por não amamentar, ou se você estiver pronta para desmamar, vai querer interromper a produção de leite materno. Se você está desmamando, é melhor tentar desmamar gradualmente.

O desmame gradual permite que seu corpo se ajuste ao declínio da produção de leite lentamente. Quando seu suprimento diminui aos poucos, é menos provável que você experimente a dor do ingurgitamento que pode acontecer quando a amamentação é interrompida repentinamente.

Se você quiser secar o leite desde o início, lembre-se de que seu corpo deixará de produzir se você não amamentar seu bebê. Mas isso não vai acontecer imediatamente. Pode demorar algumas semanas e, nesse meio tempo, você provavelmente sentirá dor e ingurgitamento mamário.

Para tentar aliviar o desconforto, você pode usar um sutiã de apoio e colocar compressas frias em seus seios.

Se for preciso bombear para aliviar a pressão, bombeie apenas o suficiente para se sentir melhor. Bombear com muita frequência ou bombear muito leite materno para fora dos seios pode estimular a produção de mais leite materno.

Considerações finais

Então, este artigo esclarecendo se canjica faz aumentar leite materno ou não lhe foi útil?

Tem mais alguma dúvida à respeito? Se sim, deixe nos comentários. Compartilhe também em suas redes sociais para que outras mamães possam tomar conhecimento do assunto.

Leave A Reply

Your email address will not be published.