Take a fresh look at your lifestyle.

Californiana Cabelo Curto: Preto, Cacheado, Platinado, Loiro! FOTOS!!

Poucas técnicas de clareamento com luzes fazem tanto sucesso quanto as mechas californianas.

A californiana cabelo curto é só uma das diversas técnicas utilizadas para clareamento com luzes. Nos últimos anos, ela virou tendência, ganhado destaque entre as mulheres brasileiras e se tornando uma das preferidas no país.

A opção por mechas claras é sempre atual e nunca sai de moda. Elas dão um toque moderno ao look. Então, quem deseja fazer uma mudança no cabelo de forma mais discreta do que pintar os fios por completo, tem na californiana a técnica ideal.

Outro ponto interessante diz respeito a sua versatilidade, podendo ser utilizada em todos os tipos de cabelos: curtos, compridos, claros, escuros, lisos ou cacheados.

Desta forma, a coloração mais clara das pontas, que dá ao cabelo um toque luminoso, como se o Sol tivesse clareado de forma natural, ganha cada vez mais espaço entre as mulheres, não somente no verão, mas em todas as estações do calendário.

As mechas californianas recebem este nome porque são inspiradas no visual dos surfistas da cidade norte-americana. Para proteger os cabelos dos efeitos causados pela água salgada do mar e pelo sol, eles utilizavam parafina. O resultado era raiz intacta e clareamento nas pontas.

Os cabelos curtos são uma ótima alternativa para o calor que está chegando com o verão. Por isso, a californiana tem tudo a ver com a estação e com estes estilos de cortes.

Existem técnicas parecidas hoje em dia que podem confundir a mulher na hora de escolher qual o procedimento que deseja adotar. Um dos que costuma causar essa dúvida é o ombré hair, por exemplo (clique aqui e veja a diferença entre eles).

Por isso, vamos esclarecer tudo o que você precisa saber sobre mechas californianas, como aplicar esta técnica em casa e diversos looks que podem inspirar aquela pessoa de cabelo curto que deseja dar uma turbinada no visual para este final de ano.

O que são mechas californianas?

Se você ainda não sabe o que é, tecnicamente, mechas californianas, vamos acabar com essa dúvida agora mesmo. O procedimento são luzes para o cabelo, que não clareiam os fios desde a raiz. Na verdade, o clareamento está concentrado da raiz para baixo, o que acaba por pegar somente do meio do cabelo e se estendendo até as pontas.

Desta forma, diferentemente das luzes, mechas finas que vão desde a raiz até o seu comprimento, recomendado para quem quer mudar totalmente a cor do cabelo, hoje em dia o clareamento com canela é uma dessas técnicas, as mechas californianas se destacam pelas mechas mais largas, causando o efeito de contraste com a cor natural dos fios.

As mechas californianas são feitas geralmente nas pontas ou da metade dos fios até as pontas.

A quem é indicado o uso das mechas californianas?

Não existe uma regra que impeça qualquer pessoa de usar as mechas californianas em cabelo curto. Por isso, na hora de decidir a aplicação ou não da técnica, deve-se levar em conta a sua personalidade e seu estilo de vida.

A californiana é um processo menos discreto do que outras técnicas de clareamento das pontas dos fios. Elas dão um ar mais despojado, algo praiano, e são ideais para quem quer dar uma rejuvenescida e modernizada no visual.

Sendo assim, tenha em mente que o seu estilo de vida ou seu trabalho permitem que haja essa transformação no cabelo, levando em conta a radicalização da técnica (se comparada com outras parecidas).

Também é importante avaliar a característica dos fios. Mais uma vez, não existe uma regra de certo ou errado, mas levar em conta o seu tipo de cabelo pode ajudar a escolher a melhor opção para o seu visual.

Em cabelos curtos, mechas californianas são menos recomendadas a quem tem cortes como “Joãozinho” e Pixie, mas altamente indicadas àquelas que aderiram ao Chanel, Bob, Chanel de Bico e Long Bob.

Em quais tons de cabelo uso a californiana?

Uma das vantagens da mecha californiana é ela ser democrática. Seja a mulher morena, loira ou ruiva, ela pode decidir por mudar o look através do procedimento. Isso porque ele trabalha com a relação harmônica entre a cor natural dos fios e a tonalidade escolhida para dar o contraste mais claro.

O quanto este contraste ficará evidente depende da personalidade da mulher. Talvez, o único fator que tenha alguma regra pré-definida é quanto a escolha das nuances das mechas, que se baseiam no tom de pele de cada um.

Por que optar pela californiana?

A tendência dos dias atuais entre as mulheres são os cabelos longos e pretos. Então, por si só ter um cabelo curto já é sinal de personalidade forte e muito estilo. Os fios mais curtos significam ousadia, o que dá destaque e te deixa chamativa.

Diferenças entre californiana nos cabelos longos e curtos

Um dos diferenciais que pesam a favor de quem tem cabelo curto é que neste caso as pontas ganham ainda mais destaque no visual, aumento o ar de ousadia em torno daquela mulher. Por isso, é preciso que se tenha atenção ao escolher as características das mechas para que o resultado ao sair do salão de beleza não seja um look carregado.

Uma dica é optar por mechas menores e mais finas. Elas ficarão discretas como devem ser e com uma cara muito mais natural ao cabelo.

Outra boa notícia para aquelas que desejam fazer californiana em cabelos curtos é que mechas começam bem mais próximas a raiz do que quando aplicadas em cabelos longos. Isso faz com que a mudança de cor comece bem na altura do olhar, causando um efeito mais bonito e luminoso.

Essas mechas em cabelos curtos ganham ainda mais destaque.

Cuidados antes de utilizar a técnica

Assim como em qualquer procedimento que envolve coloração e descoloração do cabelo, as mechas californianas também exigem alguns cuidados antes de serem aplicadas.

1. Saúde do cabelo

O processo que envolve mudar o tom do cabelo através da californiana é um tanto quanto agressivo e sempre possui o risco de causar danos graves à saúde capilar. Em casos em que não se observa detalhes anteriores à utilização da técnica, o resultado pode ser danos irreversíveis às mechas.

Para evitar que isso aconteça, busque sempre profissionais especializados na aplicação do procedimento e de sua confiança. Ele precisará avaliar a saúde dos fios e, em casos em que encontre problemas, indicar a melhor forma de resolvê-lo antes de aplicar a californiana cabelo curto.

2. Tempo de descoloração

Cada cabelo é único e suas características devem ser respeitadas sempre. Alguns tipos aceitam melhor os processos de descoloração enquanto outros possuem maior dificuldade de adaptação e não alcançam o tom desejado somente com a aplicação desta técnica.

Caso esse seja o seu problema, não se precipite e respeite o tempo de descoloração que o seu cabelo aguenta. Forçar o processo pode resultar em madeixas profundamente ressecadas. Quebra, elasticidade e queda também são alguns dos efeitos colaterais que podem aparecer.

3. Tom único

Existe o risco de o cabelo ficar manchado após a aplicação da técnica da californiana cabelo curto ou que não se atinja o clareamento desejado. Para que isso não aconteça, certifique-se de que na hora de sentar no salão de beleza o seu cabelo esteja em um só tom.

Caso exista alguma coloração, um profissional deve ser procurado para criar alguma base que possibilite a descoloração.

4. Produtos de qualidade

Muitas vezes o barato sai caro. Para evitar que isso aconteça, não abra mão de investir dinheiro em produtos profissionais e confiáveis em busca de economizar suas finanças.

Californiana cabelo curto preto

Uma das características do procedimento de mechas californianas em cabelo curto preto é não colorir os fios com tons muito claros, isso fica a critério da pessoa que mudará o visual, que decidirá se quer algo mais chamativo ou discreto. Se quiser algo mais destacado, pode arriscar alguns tons mais claros. Já se a intenção é apenas eliminar o tom monocromático, optar por tons mais próximos a cor natural do cabelo vão servir.

Enfim, a variedade é grande e permite muitas alternativas. Para mulheres com cabelos castanhos escuros, uma dica é arriscar em mechas californianas avermelhadas ou chocolate. Para aquelas que possuem tons mais claros de castanho, é mais recomendado mel, caramelo, acobreado ou canela.

No caso de mulheres com cabelos realmente pretos e que gostam de ousadia, uma tendência é apostar em cores menos naturais, como azul ou rosa, por exemplo.

Cabelos mais escuros também ficam ótimos com a técnica.

Californiana cabelo curto e cacheado

As mulheres de cabelo crespo e cacheado costumam inovar menos do que as de cabelo liso por medo dos resultados esperados. Isso não significa que a californiana cabelo curto não é ideal. Na verdade, é recomendo sim e pode deixa-las ainda mais bonitas.

Ele é ideal para aquelas que estão há algum tempo querendo mudar o visual, sendo uma mudança menos agressiva e mais fácil de se adaptar.

As donas dos cachos levam em consideração algumas coisas diferentes das de cabelos lisos na hora de decidir as características da californiana. Uma das ideias é a californiana em cachos abertos. A irregularidade das mechas que possuem diferentes grossuras e altura dá uma sensação maior de movimento aos fios.

Californiana cabelo curto e platinado

Optar por platinar as mechas californianas é algo bem comum em mulheres de cabelos longos, mas encontrado mais raramente em pessoas de cabelos mais curtos. Ainda assim, apostar nesta alternativa é uma boa ideia. Só leve em conta que a platina é uma opção menos conservadora e é preciso estar preparada para uma mudança mais significativa no visual.

As californianas não requerem muito trabalho de manutenção (falaremos mais sobre esses cuidados mais para frente), mas o cabelo platinado sempre exige mais atenção. Quando este for o procedimento adotado, não se esqueça de se prevenir, principalmente se envolver piscina, água salgada ou sol.

Cabelos curtos com californianas nas pontas

Como as mudanças nos cabelos curtos ficam mais evidentes devido ao seu tamanho, decidir por californianas apenas nas pontas é um jeito de mudar o visual sem que a mudança seja radical.

Dicas de como fazer mechas californianas em casa

Antes de ensinar o passo a passo, algumas dicas podem ajudar no resultado estético e de saúde do cabelo:

  • Mechas finas e de comprimentos diferentes ajudam a obter um resultado mais natural e bonito;
  • Cuidado com a transição dos tons para que o cabelo não fique marcado e tenha sensação harmônica;
  • Comece as mechas na altura do queixo ou das orelhas;
  • Se você já possuir química nos fios, é fundamental escolher um clareador sem amônia, evitando danificar o cabelo;
  • Hidrate o cabelo com alguma máscara algumas semanas antes. Isso garante que os fios estarão preparados para receber as mechas.
Quanto mais hidratados estiverem os seus cabelos, melhores serão os resultados.

Como fazer californiana cabelo curto sozinha?

Agora que já contamos um pouco de sua história, mostramos os cuidados prévios que devem ser tomados e mostramos o que o seu visual pode ganhar com a técnica, é hora de aprender como fazer californiana cabelo curto.

Itens necessários

  • Pente ou agulha para fazer mechas;
  • Água oxigenada. O número de volumes necessários depende da cor do cabelo. 20 volumes abrem dois tons e é recomendado para loiras; 30 volumes abrem três e são ideais para castanhos. Para cabelos pretos, 40 volumes que abrem quatro tons é o suficiente;
  • Papel alumínio;
  • Prendedores;
  • Pó descolorante.

Passo a passo

Primeiro de tudo, garanta que o seu cabelo esteja bem seco e penteado. Preferencialmente, ele pode estar sujo, o que facilita a fixação de cor das mechas californianas. Depois, com as mãos já protegidas pelas luvas, chegou a hora de usar o pente para separar as madeixas em cinco mechas: uma em cada uma das laterais da cabeça, duas próximas a nuca e a última no topo da cabeça.

Agora é hora de misturar a água oxigenada na volumagem que escolheu dentro de um recipiente plástico com o pó descolorante até que se tenha um creme homogêneo.  Antes de aplicar, penteie pequenas mechas do cabelo ao contrário, como se estivesse desfiando. Feito isso em todas as mechas, parta para a mistura, colocando-a em cada uma das cinco, sempre aplicando da ponta para a raiz. Passe uma quantidade maior do produto nas pontas, garantindo que elas fiquem bem mais clarinhas que o restante.

Não se esqueça de deixar uma distância de dois centímetros do produto para a raiz e de cerca de cinco centímetros entre uma mecha e outra. Comece sempre pela parte traseira, partindo para o topo e só então aplique o clareador nas laterais.

Ao terminar a aplicação do creme obtido na mistura, envolva as mechas no na folha de papel laminada e espere por volta de 15 minutos. Verifique se as mechas atingiram o tom esperado. Caso não, é só colocar o papel novamente e esperar mais um período de 15 minutos.

Depois que já tiver as mechas californianas na tonalidade desejada, basta lavar bem e com bastante água. Nesta etapa você pode usar tonalizante se preferir. Agora é só lavar novamente, desta vez usando shampoo e condicionador para cabelos quimicamente tratados, hidratar com a máscara de sua preferência por pelo menos meia hora, enxaguar novamente e secar (ele pode ser secado naturalmente).

Como cuidar das mechas

As mechas californianas são práticas e exigem poucos cuidados para sua manutenção correta. Para manter o look com tudo em cima, existem alguns procedimentos que garantem a saúde dos fios e a vivacidade da cor.

Não esqueça dos cuidados essenciais para manter o look bonito por mais tempo.

Sempre mantenha o cabelo hidratado

Hidratação uma vez por semana é o suficiente para ajudar na reposição da umidade que se perde e no combate ao ressecamento que é causado pelo processo de descoloração ou coloração. O jeito é usar uma máscara de hidratação especial para cabelos que foram tratados quimicamente.

Clique aqui e veja nossas dicas para hidratação capilar!

Escolha produtos específicos

Toda coloração ou descoloração pode trazer problemas para a saúde dos fios, como quebra e queda, por exemplo. Para evitar que esta tragédia aconteça, use diversos produtos e todos específicos para cabelo que passaram por tratamento químico. Além dos diários shampoo e condicionador, não esqueça de outros produtos como máscaras de hidratação e protetor térmico.

Sempre use leave-in

Tenha sempre em mãos um leave-in para usa-lo após lavar os cabelos, principalmente nas pontas que foram descoloridas. Cremes deste tipo, que não precisam de enxágue, costumam ter uma concentração maior, e assim, garante que o cabelo fique mais macio e hidratado, ajudando no combate ao ressecamento e os problemas derivados.

Fuja de alisamentos

Se por qual modo for, não é nada indicado a mulheres que possuem mechas californianas que passem por processos de alisamento do cabelo como chapinha, secador e escovas progressivas. Eles contribuirão para o ressecamento dos fios, causando queda, quebra e problemas de elasticidade.

Não use descolorante

Ao descolorir, o pigmento dos fios são retirados, o que prejudica a fibra capilar. Uma forma de evitar isso é optar por tonalidades que não exijam a descoloração do cabelo. Isso funciona bem em mulheres de cabelo curto que já possuem tonalidades claras como base, com mechas californianas com tons escuros. O tonalizante pode ser usado por ser menos agressivo, mas saiba que seu tempo de duração é menor.

Garanta a manutenção

As mechas californianas não precisam de retoques frequentes como as demais técnicas de clareamento. O ideal é que o salão de beleza seja visitado três meses depois do novo look ter sido aderido. Mesmo que você tenha feito o processo em casa, o profissional saberá como tratar dos fios mais sensibilizados e evitar que eles se tornem um problema.

Galeria de fotos

Que tal conferir essa galeria incrível com dezenas de fotos de californiana cabelo curto e médio? Dessa forma, você poderá ter uma ideia melhor de como a técnica fica nos mais diversos tipos de cabelos e, assim, poderá fazer a escolha mais inteligente para atender suas expectativas e combinar com seu estilo!

Não esqueça de deixar um comentário abaixo dizendo qual é o seu corte favorito. Fique linda!

Veja como as pontas ficam bem destacadas.
Nesse estilo, o cabelo está com uma cor mais uniforme.
Contraste garantido!
Mais uma linda demonstração das californianas.
Nesse resultado, o cabelo é bem escuro e as mechas são bem claras.
Uma ótima opção para clarear os fios.
Mais um exemplo de que as mechas californianas não precisam ser tão extravagantes.
Cabelos cacheados ganham ainda mais movimento e luz com as mechas.
Se não quiser ousar muito, as mechas podem ser só um pouco mais claras do que o seu cabelo.
Cabelos médios também merecem destaque aqui.
As mechas californianas são a cara do verão.
Um corte simples e as mechas californianas: lindo demais.
Combina com todos os estilos.
Cabelos bem claros ficam ótimos com as mechas.
Que tal esse estilo? Lindo, não é mesmo?

Leave A Reply

Your email address will not be published.