Take a fresh look at your lifestyle.

Base casco de cavalo funciona?

As unhas são lâminas epidérmicas, queratinizadas, localizadas na extremidade dos dedos das mãos e dos pés. Elas servem para proteger e ajudar a executar movimentos finos e precisos. Se suas unhas estão frágeis e quebradiças, sem força e ficando cada vez mais finas, não se preocupe. Saiba que existe uma solução simples para este problema. Já ouviu falar em base casco de cavalo? Pois o produto está disponível no mercado de cosméticos há anos e já salvou muitas mulheres que sofriam com unhas enfraquecidas.

Unhas debilitadas não são doença, mas o seu enfraquecimento pode ter diversas causas diferentes, desde pelo uso frequente de esmaltes e removedores que dificultam a respiração dos tecidos, morder os dedos ou roer as unhas, contato com produtos químicos e abrasivos, fazer dietas radicais ou perder peso rapidamente, até deficiência de nutrientes no organismo por má alimentação ou alguma doença preexistente (anemia, hipotireoidismo, hipertireoidismo, má circulação).

A base casco de cavalo pode ajudar a fortalecer as unhas enfraquecidas e quebradiças, que se lascam facilmente, pois o produto é enriquecido com cálcio e pantenol, substâncias essenciais para a saúde e firmeza das unhas.

No entanto, dependendo das causas do problema serão precisos outros cuidados específicos para ajudar nessa restauração, como o tratamento do principal fator causador desse enfraquecimento.

Então vamos lá, leia abaixo para entender o que é base casco de cavalo, para que serve, como funciona, onde encontrar e preço. Confira!

Base casco de cavalo: O que é?

A base casco de cavalo fortalecedor de unhas.
A base casco de cavalo é um fortalecedor de unhas.

A base casco de cavalo nada mais é que um esmalte incolor fortalecedor de unhas, enriquecido com cálcio, pantenol e vitaminas muito utilizado no tratamento de unhas fracas e quebradiças, por ajudar na restauração da queratina das unhas, aumentando a sua resistência e durabilidade.

Como o próprio nome já indica, a base casco de cavalo é capaz de endurecer e fortalecer as lâminas de unhas, devolvendo sua firmeza, resistência e boa aparência, evitando a quebra e descamação das camadas superficiais das unhas e o seu enfraquecimento.

No entanto, o produto não serve para acelerar o crescimento das unhas, mas como forma de proteção e fortalecimento para que elas cresçam mais saudáveis sem se quebrar.

Para quem é indicado a base casco de cavalo?

base casco de cavalo indicada para unahs fracas
A base casco de cavalo é recomendada para unhas fracas e quebradiças.

A base casco de cavalo é indicada para quem está com as unhas enfraquecidas, muito finas e flexíveis ou quebradiças, se lascando e se quebrando com facilidade e frequência. Caso a sua unha esteja dessa forma, podendo dobrar as pontas com facilidade ou facilmente sendo arranhadas, a base casco de cavalo poderá ajudar a fortalecê-las.

Normalmente, isso acontece quando as cadeias de queratina, proteína protetora produzida pelo organismo presente na unha, não conseguem se manter juntas, ou porque estão unidas demais ou muito duras.

No caso das unhas enfraquecidas e frágeis o fortalecedor irá restaurar essas cadeias de queratina, conectando-as novamente para que fiquem mais fortes e resistentes.

Já no caso contrário, de unhas muito duras, o fortalecedor de unhas como a base casco de cavalo não irá resolver o problema e poderá acabar agravando a situação. Sendo assim, o ideal é fazer uma hidratação com hidratante de unhas.

Estrutura morfológica das unhas

base casco de cavalo: morfologia das unhas
As unhas são bem mais complexas do que parecem.

Antes de continuarmos com a indicação da base casco de cavalo, é necessário entender um pouco sobre a estrutura morfológica das unhas, sua composição química e como se dá o seu crescimento.

As unhas estão relacionadas com a proteção das extremidades dos dedos das mãos e dos pés e manipulação de pequenos objetos, além de fazerem parte da rotina de beleza das mulheres e sinal de boa aparência e asseio.

Do ponto de vista morfológico, a unha é uma lâmina ungueal ligeiramente convexa, de superfície externa lisa, porém com nervuras longitudinais discretas que se tornam mais evidentes com a idade. É composta por células escamosas queratinizadas duras, localizadas nas porções terminais dos dedos, mais precisamente nas falanges distais das mãos e pés.

Sua superfície inferior está fixada na camada interna da lâmina ungueal, tecido mole dos dedos das mãos e dos pés a partir da matriz da unha, que também possui ranhuras para aderir a lâmina ao leito (os nós de ancoragem).

Fica localizada na parte proximal do aparato ungueal, formado por 9 epitélios básicos: matriz ungueal, leito ungueal, sulcos periungueais, lúnula, banda onicodermal, eponíquio e hiponíquio.

Veja abaixo a estrutura completa:

Lâmina ungueal

A lâmina ungueal ou unha é composta por três camadas achatadas de massa relativamente elástica de células paralelas queratinizadas e fundidas (onicócitos): uma camada interna macia (a unha ventral), uma camada intermediária de queratina dura e a camada mais externa (unha dorsal).

Unha livre

A unha livre é a parte da lâmina que cresce para fora do dedo, ou seja, as pontas das unhas.

Sulcos periungueais

São as regiões limítrofes da unha em contato com a epiderme: sulcos ungueais laterais (nas laterais da unha), o sulco ungueal proximal (na região da raiz da unha) e o sulco ungueal distal (na ponta dos dedos).

Lúnula

A lúnula é a região branca em formato de meia-lua na base da unha, maior e mais visível nos polegares e dedões dos pés, mas presente em todas as unhas.

Eponíquio

É a famosa cutícula, uma camada transparente de células que adere à superfície da unha na base e protege os dedos vedando a placa da unha e o sulco ungueal proximal. A sua completa remoção permite a entrada de água, corpos estranhos, fungos e bactérias, favorecendo a inflamação periungueal (paroníquia).

Matriz

A matriz é a região de onde parte o crescimento da lâmina ungueal, saindo da região proximal para a região dista, afastando-se da matriz, deslizando pelo leito e separando-se do dedo na região distal.

É onde ser encontrado o epitélio germinativo, onde ocorre a proliferação celular que formam o prato ungueal, estrutura que cobre o leito ungueal (região logo abaixo da unha), onde se encontra a lúnula e uma região de borda livre.

Hiponíquio

É a região da epiderme abaixo da borda livre onde a lâmina ungueal se afasta do leito ficando em contato com a epiderme.

Leito

O leito da unha é um epitélio fino e com poucas camadas celulares, que se queratiniza sem nenhuma camada de células granulares. É a base visível do dedo, onde a unha cresce por cima e se apoia, altamente irrigada por vasos sanguíneos.

Banda onicodermal

A banda onicodermal é um halo levemente alaranjado presente na região distal da unha de fixação entre o leito ungueal e a lâmina da unha. Sob pressão, pode ficar branca ou avermelhada, podendo também ser afetada pelo descolamento da lâmina da unha a partir do leito (onicólise) permitindo a entrada de agentes infecciosos.

Composição química da unha

A unha é dura, flexível e elástica devido ao arranjo regular e adesão dos onicócitos, os nós de ancoragem ao leito e a alta concentração de enxofre da queratina. Por isso, é altamente resistente aos traumatismos que sofre diariamente e aos agentes externos.

A sua composição rica em queratina (alfa-queratina – 18% de água; 5% de lipídios), uma proteína protetora fabricada pelo organismo mais dura que a da pele, mais semelhante a queratina dos cabelos, possui alto teor de ligações dissulfeto (cistina) e enxofre que lhe confere uma maior resistência e propriedade de barreira semipermeável.

Sua estrutura proteica fibrosa contém alta proporção do aminoácido cistina, rico em enxofre (10% do peso seco da unha), e uma menor proporção de outros aminoácidos como a metionina, tirosina, lisina e histidina.

A unha também menos lipídios (0,1 a 1% contra 10%) e menos água (7 a 12% contra 15 a 25%), porém é altamente permeável à água.

Por isso, quando o nível de hidratação aumenta, a unha fica macia e opaca (vide quando ficamos muito tempo debaixo d’água), mas quando a hidratação diminui, ela fica seca e quebradiça.

Por isso, os produtos para unhas não devem remover suas substâncias naturais (hidrossolúveis ou lipossolúveis), para evitar o ressecamento, rachaduras ou até mesmo a quebra das unhas por uso prolongado.

Como ocorre o crescimento da unha

As unhas se formam já na 9૦ semana do desenvolvimento embrionário e crescem continuamente ao longo da vida inteira, mas com o tempo sua taxa de crescimento tende a diminuir à medida que vamos envelhecendo.

Em geral, a unha cresce a uma taxa média de 3mm por mês nas mãos e apenas 1 mm nos pés, levando de 4 a 5 meses para se regenerar por completo após sua remoção, sendo que as unhas dos pés podem demorar até oito meses.

Segundo especialistas, cerca de 80% da lâmina da unha é produzida pela matriz através da produção de queratina dura, e 20% restante é produzido pelo leito ungueal. Assim, a unha cresce simultaneamente no sentido da matriz para a ponta do dedo e do leito para a superfície externa da unha.

No entanto, a sua velocidade de crescimento pode variar em cada pessoa e ser inibida por alguma deficiência ou doença. Assim, de acordo com dermatologistas da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia), o crescimento da unha vai depender de vários fatores. Hereditariedade, estresse, uso de medicamentos, desnutrição, idade, frio, má circulação sanguínea ou insuficiência vascular periférica são alguns dos fatores que podem inibir o crescimento das unhas.

Por outro lado, uma boa alimentação equilibrada rica em nutrientes, a integridade de matriz das unhas e a boa vascularização da região podem ajudar a manter as unhas saudáveis e não prejudicar o seu crescimento.

Causas para o enfraquecimento de unha

base casco de cavalo: causas do enfraquecimento
O enfraquecimento das unhas tem diversas causas.

Antes de optarmos pelo uso da base casco de cavalo, é preciso entender um pouco sobre as causas desse enfraquecimento. Isso porque, muitas vezes, é necessário tratar primeiramente a causa primária, para então controlar ou acabar com o sintoma.

Unhas quebradiças e enfraquecidas não são doenças, propriamente ditas, mas sintomas de que algo no organismo não está funcionando bem.

Existem diversas causas para esta condição, podendo até ser de caráter hereditário, falta de cuidados, má alimentação, doença pré existente ou exposição a químicos em excesso, entre outros motivos.

Os sintomas mais comuns de unhas enfraquecidas e frágeis são as quebras frequentes, falta de crescimento, lascarem-se ou partirem-se em camadas, ondulações, espessura fina e desgaste, entre outros.

Assim, mais do que as pessoas imaginam, as unhas podem dar sinais importantes de que algo não está indo bem no organismo e até apontar algumas patologias. Veja abaixo algumas causas que podem estar provocando o enfraquecimento das unhas:

Má alimentação ou desnutrição

A falta de alguns nutrientes pode dar sinais como mudança de coloração (unhas opacas, amareladas ou esbranquiçadas), sem brilho e quebradiças. Por exemplo, a falta de vitaminas A e B no organismo, assim como o ferro, proteínas, zinco e cálcio, danificam a aparência e deixam as unhas amareladas.

A vitamina D é responsável pela absorção do cálcio no intestino pelo sangue, por isso, no caso de uma deficiência dessa substância, o corpo sai em busca desse mineral em outros tecidos, como ossos e unhas. O que pode causar problemas ósseos graves, por exemplo.

Para manter um nível ideal de vitamina D no organismo, além de uma boa alimentação, o essencial é expor-se ao sol de maneira adequada ou recorrer a suplementação, sob orientação médica.

Segundo os dermatologistas, como a unha é um tecido morto, a única parte beneficiada pela boa alimentação é a matriz, capaz de receber as vitaminas e minerais necessários para a sua produção.

Dentre alguns exemplos de alimentos ricos em vitamina D, estão as carnes vermelhas, castanhas do pará, feijão, couve, camarão, leite, gema de ovo, banana, ameixa e, principalmente, a água para hidratar todo o sistema.

Descalcificação

A descalcificação ocorre quando há uma deficiência no consumo do cálcio ou na sua retenção pelo organismo, fazendo com que não haja uma quantidade necessária da substância no corpo. A falta de cálcio no organismo pode levar a problemas ósseos sérios, como a osteoporose.

Síndrome das unhas frágeis

Não são apenas as deficiências na alimentação ou dietas restritivas que podem enfraquecer as unhas. A Síndrome das unhas frágeis, por exemplo, é um diagnóstico de exclusão quando existe fragilidade ungueal na ausência de doença dermatológica da unha.

Neste caso, o dermatologista verifica a presença de alterações ungueais que normalmente acompanham o problema. Como por exemplo, desfolhamento distal das unhas em duas ou mais camadas ou risquinhos perpendiculares à raiz da unha.

As causas das unhas frágeis também são variadas, mas na maioria dos casos é devido a traumas na unha.

Já vimos que as unhas são formadas por uma proteína chamada queratina, cuja consistência é resultado de reações químicas naturais na estrutura dessa proteína, que age como uma cola, juntando essas fibras de queratina para mantê-la dura e firme.

O trauma constante das unhas danifica a estrutura dessa cola, principalmente durante a manipulação de produtos químicos, exposição constante à água, vibrações transmitidas por instrumentos musicais, certos esportes.

Doenças preexistentes

As principais doenças relacionadas a unhas frágeis são anemia (falta de ferro no sangue), hipotireoidismo, hipertireoidismo, má circulação sanguínea e reumatismo.

No caso do hipotireoidismo, por exemplo, ocorre o metabolismo diminui, dificultando o transporte dos nutrientes para as unhas, deixando-as fracas, quebradiças e com ondulações. Já no hipertireoidismo, o metabolismo acelera, prejudicando as unhas deixando-as mais rasas e os cabelos que começam a cair.

Onicomicoses

As onicomicoses são doenças causadas por fungos (Candida albicans, por exemplo) que provocam alterações na aparência das unhas, como manchas, espessamento, descolamento da borda livre, aumento da fragilidade da estrutura e até queda da unha.

Psoríase ungueal

Outra doença comum relacionada ao enfraquecimento das unhas é a psoríase ungueal, uma patologia imune inflamatória de causas desconhecidas que causa depressões, engrossamento, descolamento da unha e até sangramentos.

Unha encravada

A unha encravada é uma condição muito comum que ocorre quando as bordas laterais das unhas crescem além do esperado e perfuram a pele, provocando inflamações, dores e até infecções.

Baixa imunidade

Quando o corpo está debilitado por algum motivo, e a sua imunidade fica comprometida sem defesas, o corpo inteiro fica mais suscetível a doenças, inclusive as unhas ficam enfraquecidas.

Agressões químicas

A exposição a produtos químicos e muito abrasivos (detergentes, desinfetantes, acetona etc.) frequente e em excesso pode enfraquecer as unhas.

Outros fatores

Existem muitos outros fatores que podem colaborar para o enfraquecimento das unhas fragilizando ainda mais elas, como por exemplo:

  • Envelhecimento;
  • Predisposição genética;
  • Frio ou calor excessivo;
  • Roer as unhas (onicofagia);
  • Radiação ultravioleta;
  • Exposição a água;
  • Manicure excessiva.

Como acabar com a unha enfraquecida

base casco de cavalo acaba com o enfraquecimento.
A base casco de cavalo é capaz de acabar com o enfraquecimento das unhas.

Já vimos que quando o corpo não recebe a quantidade suficiente de nutrientes para produzir naturalmente a queratina, as unhas podem ficar enfraquecidas. Normalmente, as vitaminas e nutrientes como biotina, vitamina B-12 e D, cálcio e ferro são essenciais para dar força e resistência às unhas.

No entanto, dissemos acima que existe um produtos tópico para as unhas capaz de ajudar a fortalecê-las. É o caso da base casco de cavalo, capaz de deixá-las mais fortes e mais resistentes à quebra, além de protegê-las de danos adicionais.

Além dele, existem também os hidratantes de unhas que utilizam ingredientes que hidratam a unha mantendo-a elástica, a fim de se dobrar ao invés de quebrar. Os hidratantes de unhas também suavizam e condicionam as cutículas e a pele ao redor da unha, deixando as mãos com um aspecto mais saudável.

Ao contrário da base casco de cavalo, os hidratantes podem ser utilizados de forma contínua e ser reaplicados constantemente, por serem enxaguados.

Como usar a base casco de cavalo

base casco de cavalo: como usar
A base casco de cavalo pode ser utilizada duas vezes na semana.

A base casco de cavalo para unhas deve ser aplicada uma vez por semana, sobre as unhas limpas, evitando passar esmalte por cima para não provocar possíveis reações químicas entre os produtos, que alterem as propriedades da base, reduzindo ou eliminando seu efeito fortalecedor.

Assim, o ideal é usar a base casco de cavalo entre as esmaltações, já que neste período a unha tende a ficar mais fragilizada por conta do esmalte e do removedor.

No entanto, é sempre bom lembrar que as unhas devem respirar por pelo menos um dia livre de qualquer tipo de produto para se revitalizar.

Outro fator importante, é ficar estar atento a frequência de uso do produto, pois quando utilizado em excesso, pode endurecer demais as unhas, fazendo com que se quebrem com mais facilidade novamente.

Para fortalecer as unhas com base casco de cavalo, passe uma camada fina diretamente nas unhas limpas, secas e livres de qualquer produto. O produto não pode ser utilizado sobre lâminas de unhas ou unhas artificiais, pois é fundamental o contato direto com a unha natural para a sua ação ser eficaz.

Evite também tirar o esmalte com removedores à base de acetona para não desidratar as unhas e torná-las quebradiças. Além disso, opte por versões livres de formaldeído, tolueno e dbp (dibutilftalato), substâncias químicas presentes em alguns esmaltes que podem causar alergias.

Leia mais: Unha de Fibra de Vidro: Preço, Manutenção, Desvantagens!

Onde encontrar base casco de cavalo e preço

Existem muitas marcas diferentes de base casco de cavalo disponíveis em farmácias e lojas de produtos cosméticos. Uma das maiores representantes deste produto é a Maru Cosméticos, que possui uma base casco de cavalo com anos de tradição no mercado.

Outras marcas do produto como a base casco de cavalo Nutryderm, base casco de cavalo Ludurana e base casco de cavalo Beauty Color também são muito populares. O seu preço, no entanto, poderá variar de acordo com a marca e local de compra, mas em média custa cerca de R$ 6,00.

Importante: Caso a base casco de cavalo não foi capaz de promover o fortalecimento das suas unhas, consulte um médico dermatologista, pois isso pode ser um sinal de problemas de saúde ou deficiência vitamínica. Durante a consulta, relate todos os produtos que costuma usar e sua rotina alimentar, complementando o diagnóstico com exames de sangue para identificar algo de errado.

Cuidados básicos com as unhas

base casco de cavalo: cuidados
Sao necessários alguns cuidados para manter as unhas saudáveis.

Para prevenir o enfraquecimento das unhas, caso já tenha uma predisposição ou só quer evitar o problema e manter suas unhas saudáveis, siga as seguintes dicas abaixo:

Mantenha uma manutenção adequada

O mais importante é manter sempre as unhas limpas, lavando-as diariamente e sempre que executar tarefas diárias, principalmente externas.

Observe se a cutícula está intacta e fina, praticamente imperceptível, e os sulcos laterais também limpos e sem tecidos ou feridas aparentes. Já a parte livre vai de gosto, sem padrão específico, mas o ideal é manter um comprimento médio ou uma manutenção semanal.

Caso quebre, lixe ou use um curativo. Para salvá-la, caso lasque, aplique uma gota de cola e por cima um pedacinho de papel do saquinho de chá, em seguida uma camada de esmalte de sua preferência.

Faça hidratações e esfoliações

Uma rotina bacana para manter as unhas saudáveis é fazer hidratações e esfoliações nas mãos. Para esfoliar, misture sal e azeite de oliva e esfregue em toda a mão, em seguida tire o esmalte e depois lixe as unhas para que fiquem uniformes e sem imperfeições.

Para finalizar, molhe-as em água morna por alguns minutos, aplique um creme hidratante específico para as mãos e massageie.

Use luvas para lavar louças

Detergente e água em excesso são ruins para as mãos e unhas, pois os químicos destes produtos e a temperatura da água amolecem as unhas moles deixando-as mais vulneráveis ao enfraquecimento.

Por isso, utilize sempre uma proteção com luvas de látex para executar as tarefas do dia a dia como lavar louças ou mexer com produtos de limpeza.

Consuma proteínas e ácidos graxos

Você já sabe que as unhas são formadas por proteínas. Por isso, aumente o consumo de alimentos ricos em proteínas para ajudar no fortalecimento natural das unhas, como carnes, verduras folhosas e na soja, por exemplo.

Os ácidos graxos também são muito importantes para manter as unhas saudáveis e fortes. Eles podem ser encontrados em ovos, leite integral, nozes, todas as verduras, manteiga e, como suplemento, no óleo de linhaça.

Não exagere na manicure

O ideal é fazer as unhas uma vez por semana, evitando exagerar na remoção das cutículas e no uso da acetona para não ressecar. Quando descascar o esmalte, não raspe as unhas para não debilitar a camada superior da unha.

Evite também endurecedores ou unhas artificiais, que somente “ocultam” o problema, e pior, nao deixam as unhas respirarem.

Leia mais: Unhas de Porcelana: Passo a Passo e Preço!

Não faça das unhas uma ferramenta

Não use suas unhas como ferramenta para abrir latas, retirar etiquetas, ou qualquer outra coisa, pois você pode machucá-las, danificá-las e fazer com que quebrem com mais facilidade.

Não deixe as unhas de molho por muito tempo

A imersão na água por longos períodos amolecem e enfraquecem as unhas. Tome cuidado durante o verão como cloro da piscina.

Gostou? Já sofreu com unha quebradiça e fraca ou experimentou a base casco de cavalo? Conte pra gente a sua experiência!

Leave A Reply

Your email address will not be published.