Take a fresh look at your lifestyle.

Banho de Aroeira: Para que Serve? Leia aqui!

Você já ouviu falar de banho de aroeira? Sabe para que serve? Já tomou? Já te indicaram, mas você ficou na dúvida se podia fazer mal e acabou não tomando?

Neste artigo vamos tirar todas as suas dúvidas sobre o banho de aroeira e seus benefícios para a saúde, assim como vamos falar sobre suas contraindicações.

Que tal aprender um pouco mais sobre essa prática que está conquistando os corações das mulheres, desde as mais alternativas até as mais descoladas? Acompanhe o post completo a seguir.

A redescoberta da natureza

Felizmente estamos vivendo tempos de resgate dos hábitos antigos das nossas antepassadas, aquelas que outrora foram queimadas como bruxas por se valerem dos benefícios da natureza.

Hoje em dia, a natureza e suas maravilhas estão sendo redescobertas e hábitos simples e poderosos como o uso de ervas no cotidiano estão sendo retomados.

Não é raro ver tutoriais de como manter uma horta caseira. E o grande foco dessa horta caseira está justamente em cultivar ervas e temperos.

Além de auxiliarem na prática culinária, dando um toque extra de sabor e frescor aos pratos, essas ervas e temperos podem ter outras finalidades. Tente fazer um chá de hortelã fresca ao invés de usar o chá comercializado em saquinhos. Tudo muda! Do sabor ao aroma!

Outro uso para essas ervas pode ser para o preparo de banhos terapêuticos. O preparo desses banhos varia de acordo com o objetivo a ser atingido e o tipo de erva utilizada. Mas, via de regra, são preparados de forma similar aos chás, porém, em maior quantidade.

As ervas podem ser fervidas junto com a água ou podem ser acrescidas à água fervente e abafadas.

Da mesma maneira que ocorre com os chás, as possibilidades de ervas a serem usadas para banhos são inúmeras. E entre as ervas mais procuradas para banhos está a aroeira.

Acredita-se que, além dos benefícios que podem ser obtidos pelo corpo, os banhos de ervas podem trazer benefícios para a alma, para os males emocionais.

As propriedades da aroeira

A aroeira é uma erva medicinal muito comum no litoral brasileiro. Ela também é frequentemente encontrada nas áreas de caatinga e no cerrado.

Aroeira é seu nome mais popular, mas ela também pode ser chamada de aroeira da praia, aroeira mansa, aroeira vermelha ou corneíba.

Essa erva medicinal possui diversas espécies, sendo a Schinus terebinthifolius a espécie mais comum.

Veja a longa e primorosa lista de suas propriedades:

  • Adstringente;
  • Anti-espasmódica;
  • Anti-inflamatória;
  • Anti-leucorreica;
  • Bactericida;
  • Balsâmica;
  • Cicatrizante;
  • Diurética;
  • Emenagoga;
  • Tônica;
  • Vulnerária.

Sendo assim, a aroeira é indicada para o tratamento de diversos problemas. As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) encabeçam a lista de indicações, seguidas por:

  • Artrite;
  • Azia;
  • Bronquite;
  • Cistite;
  • Diarreia;
  • Dor de dente;
  • Gastrite;
  • Ínguas;
  • Reumatismo;
  • Úlceras.

O banho de aroeira, além de indicado no tratamento de feridas e de infecções na região genital, também é indicado para combater o desânimo e o cansaço e aumentar a imunidade.

Como fazer o banho de aroeira

O banho de aroeira pode ser feito de duas maneiras diferentes: utilizando a casca da planta ou utilizando suas folhas.

A aroeira que deve ser utilizada para banhos nunca pode ser a aroeira branca, então, cuide para que seja preferencialmente a aroeira vermelha ou a aroeira mansa.

Banho de aroeira utilizando a casca da planta

  • Leve ao fogo um litro de água com um punhado de cascas de aroeira;
  • Deixe ferver por três minutos;
  • Coe e espere esfriar.

Banho de aroeira utilizando as folhas da planta

  • Ferva um litro de água;
  • Desligue o fogo e acrescente um punhado de folhas de aroeira;
  • Abafe e aguarde amornar;
  • Com o auxílio apenas das mãos, macere as folhas da aroeira.

Como tomar o banho de aroeira

Feito o preparo da água para o banho, é necessário tomar o banho propriamente dito. Caso você possa fazer um banho de imersão, claro, o efeito benéfico será potencializado devido ao tempo de contato do seu corpo com as ervas.

Encha a banheira normalmente e despeje o banho dentro dela. Misture e entre em seguida.

É recomendável que você tome uma ducha antes, para fazer sua higiene e aproveitar melhor os benefícios do banho de aroeira.

O tempo de imersão jamais deve ultrapassar quinze minutos. E você nunca deve molhar a cabeça ou ingerir a água do banho. Sempre molhe-se apenas do pescoço para baixo.

Caso você não possua uma banheira ou não tenha como se dirigir a um local onde possa utilizar uma, não é problema! Você pode fazer seu banho de aroeira no chuveiro mesmo.

Neste caso, tome seu banho normalmente. Desligue o chuveiro e despeje o banho de aroeira no seu corpo, seguindo a mesma recomendação de não molhar a cabeça nem ingerir. Sempre do pescoço para baixo.

Se você puder pedir o auxílio de alguém nesse momento, pode ser uma boa, para que seu corpo receba por igual o líquido preparado.

Tanto na imersão como apenas na ducha, é válido aproveitar o momento para mentalizar coisas boas e positivas. Use o banho de aroeira também para relaxar.

Banho de aroeira no Candomblé

Tanto no Candomblé quanto na Umbanda e nas outras religiões de matrizes africanas, os banhos de ervas são muito comuns. Eles são recomendados como tratamentos energéticos para diversos males do corpo e do espírito.

A maioria dos banhos de ervas recomendados pelo Candomblé deve ser utilizada apenas do pescoço para baixo, evitando molhar a cabeça ou ingerir a água do banho.

Esses banhos lavam os males que afligem os filhos de fé, por isso, a água deve ser descartada sem a ingestão.

O uso do banho de aroeira no Candomblé está associado a Ogum e Exu, orixás que protegem e guiam os caminhos, de acordo com a religião.

Geralmente, o banho de aroeira é indicado para fortes descarregos.

Aroeira na aromaterapia

Na aromaterapia, a aroeira trabalha o estado de calma da pessoa, ajudando a controlar a ansiedade, o estresse e a raiva.

Também está associada a estados de concentração, atuando principalmente junto a pessoas possessivas, para que possam encontrar a raiz de seu problema e a consequente solução.

Em qualquer tratamento, seja alternativo ou não, é importante consultar um profissional especializado para receber a correta indicação da forma de uso.

Banho de aroeira para candidíase

A aroeira é muito utilizada para o tratamento de infecções na região genital e não é diferente com o tratamento da candidíase. Recomenda-se que seja feito um banho de aroeira, mas como banho de assento.

Você deve preparar o banho da forma que já foi ensinada neste artigo e então realizar um banho de assento.

Como o próprio nome já sugere, você deve colocar o banho preparado dentro de uma bacia suficientemente funda para que você possa sentar nela.

Então, após o banho tradicional, com sua região íntima devidamente higienizada, você senta na bacia e permanece nela por quinze minutos. Em seguida, basta se secar e se vestir como de costume.

Cabe dizer que mesmo que você tenha acesso a uma banheira e possa fazer o banho de imersão, ele não fica com a mesma concentração do banho de assento. Assim, o mais indicado para o tratamento da candidíase é o banho de aroeira na versão banho de assento.

Banho de aroeira em bebê

Todos os banhos de ervas são contraindicados para bebês. Ainda que haja uma recomendação médica tremendamente fundamentada, ela deve ser revista e reconsiderada.

O banho de aroeira, como todos os banhos de ervas, interfere muito no campo energético da pessoa e em seu estado emocional. Por esse motivo, o banho de aroeira não é indicado para crianças menores de doze anos.

Contra a sarna

Por causa das propriedades cicatrizantes da aroeira, é comum ver o banho de aroeira ser indicado tanto para a sarna humana quanto para a sarna animal.

Mas é importante lembrar que a aroeira também possui propriedades adstringentes, por isso, é necessário ter cautela no uso do banho de aroeira para pessoas que estão com sarna ou escabiose, como é chamada a sarna humana.

Neste caso, nossa recomendação é que, antes de mais nada, você converse com o seu médico e veja se o uso está liberado e em qual proporção.

O mesmo vale para a sarna em animais. Melhor consultar um veterinário antes de optar pelo banho de aroeira.

Ajuda também na cicatrização

As propriedades cicatrizantes da aroeira são muito conhecidas, por isso, o banho de aroeira é usado com frequência em processos de cicatrização.

Muitas pessoas usam para tratar a acne. Todavia, cabe lembrar que a recomendação é que o banho de aroeira seja feito apenas do pescoço para baixo.

Então, caso você tenha acne no corpo, lance mão desse recurso. Caso o problema de acne seja no rosto e você queira aproveitar os benefícios dessa erva, opte pelo uso do sabonete de aroeira.

Contraindicações do banho de aroeira

O banho de aroeira pode causar algum ardor ou desconforto na pele. De acordo com os fiéis das religiões que citamos acima, isso acontece se a pessoa estiver carregada.

Segundo o Candomblé, caso você sinta ardor na pele ao fazer um banho de aroeira, é porque você estava com algum tipo de carga negativa. O ardor que indica que essa carga negativa existis é o mesmo que indica que ela foi removida e você está curada.

Mas cabe ressaltar que se a sua pele estiver muito ferida, o banho de aroeira pode arder muito – e não vai ter relação com energia negativa. Por isso, neste caso, é importante consultar seu médico antes de fazer o banho.

A contraindicação maior já foi citada e cabe aos menores de doze anos de idade, devido à sua fragilidade energética. Gestantes e mulheres que estão amamentando também devem pedir orientação antes de usar o banho de aroeira.

Como cultivar a aroeira em casa

A aroeira é muito conhecida também pelo seu fruto, que é o queridinho de muitos chefs: a pimenta rosa. Então, se você quer ter os dois benefícios numa planta só, ter uma aroeira em casa pode ser uma excelente ideia!

Dessa forma, poderá usufruir dos benefícios da erva e das delícias de seu fruto, sem se preocupar em procurar em mercados ou lojas de produtos naturais.

Para cultivar a aroeira, veja essas dicas:

  • Procure comprar uma muda, já que às vezes as sementes demoram para germinar;
  • Caso você plante sementes, é importante semeá-las em solo argiloso e regar diariamente em abundância;
  • Após cerca de quatro meses, elas estarão prontas para serem transplantadas para seu local definitivo;
  • Essa dica vale para a muda comprada “grandinha” e para a aroeira que você plantou ainda semente: escolha um lugar onde bata sol mas também tenha bastante umidade. Se for uma opção, margens de rios ou margens de lagos são uma ótima escolha;
  • Caso a margem de um corpo d’água não seja uma opção, lembre-se que a aroeira gosta de umidade e ofereça a ela regas constantes e abundantes;
  • Outro cuidado com a escolha do local definitivo da aroeira se refere ao seu tamanho. Na idade adulta, uma aroeira pode atingir até dez metros de altura;
  • Ela pode ser plantada em vaso, mas é necessário que o vaso seja grande e o substrato utilizado seja argiloso. Além disso, é preciso não descuidar das regas constantes.

É uma bela planta que irá atrair muitos pássaros interessados em seus frutos. Mais uma vantagem de ter uma aroeira na sua casa.

A praticidade do sabonete de aroeira

O sabonete de aroeira atualmente é um dos queridinhos das mulheres que amam se cuidar com recursos naturais. Seu uso traz inúmeros benefícios para a sua saúde e principalmente para a saúde da sua pele – e é muito prático também.

Embora seu uso tenha alguns dos benefícios da aromaterapia, o sabonete de aroeira não oferece os mesmos benefícios que o banho de aroeira oferece. Por isso, não recomendamos substituir um pelo outro. Cada um tem suas aplicações distintas e oferece determinadas vantagens.

Conclusão

Independente de crenças e religiões, todos conhecemos as vantagens de lançar mão de meios naturais para tratar nossos males.

Por isso, se desprenda de eventuais preconceitos e veja o banho de aroeira como uma possibilidade natural e acessível de tratamento.

Leave A Reply

Your email address will not be published.