Take a fresh look at your lifestyle.

Argila Branca: Benefícios, Para que Serve? Funciona?

A argila branca possui propriedades antissépticas, cicatrizantes, purificantes e adstringentes que são aliadas da derme.

Hoje em dia é muito comum que mulheres busquem alternativas mais naturais para cuidar tanto da saúde como também da beleza. E são inúmeros os métodos que vão surgindo de tempos em tempos, tornando-se tendências. Atualmente, um desses novos produtos que está em alta é a argila branca. E não é para menos, já que o componente de origem mineral tem propriedades que podem ser usadas para tratamentos e terapias diferentes e em muitas partes do corpo.

Assim como as demais cores de argila, a branca possui os mesmos nutrientes e propriedades que as argilas verde, vermelha e bege, por exemplo. O grande diferencial da cor que vamos falar no artigo de hoje está relacionado ao seu pH. Por ser bem mais próximo que o natural da pele, ele é considerado mais suave do que as outras.

Se você quer saber mais sobre esse poderoso composto natural, os seus benefícios e todos os seus usos estéticos e terapêuticos, para pele e cabelo, não deixe de conferir esse post até o final e aprender tudo o que ela pode fazer por você a partir de hoje!

O que é a argila branca?

Assim como todos os outros tipos de argila – também conhecida por caulium ou caolin em algumas regiões do Brasil –, a branca é um composto natural formado por elementos como derivados de alumínio, silicatos, potássio, ferro, hidróxidos coloidais, boro e cálcio, alguns deles nutrientes importantes para o corpo e cabelo.

Essa mistura resulta em uma “areia” com propriedades antissépticas, cicatrizantes, purificantes e adstringentes que são aliadas da derme.

Além do pH próximo ao da pele, a argila apresenta grande quantidade de oligoelementos, principalmente o silício, outro elemento químico importantíssimo para a saúde das peles, em especial as sensíveis.

Benefícios da argila branca

Por ser rica em diversos nutrientes, a argila torna-se multifuncional, podendo ser usada para cuidar da saúde da pele, do cabelo e do corpo. Se usada de forma correta e a longo prazo, os benefícios são incríveis e bem aparentes. Abaixo, confira como ela pode te ajudar!

Para o rosto

Estamos nos aproximando do verão e um dos maiores problemas que ele traz é a oleosidade da pele e a aparição de pequenas manchas. Para combater isso, um dos cuidados diários pode ser a aplicação de argila no rosto.

O componente natural ajuda a diminuir a oleosidade da pele e a combater a produção do sebo (gordura) sem desidratá-la, mesmo aquelas mais secas e sensíveis.

Sendo assim, mais do que simplesmente deixar a sua pele hidratada e saudável, a argila atua na prevenção de cravos e espinhas. Isso graças ao magnésio e manganês encontrado em sua composição. Estes dois elementos são grandes agentes contra inflamações na pele, atuando como um anti-inflamatório natural.

Outra propriedade importante para a pele que a argila traz é a de esfoliação. Ela consegue retirar as impurezas que estão mais profundas na pele, desobstruindo os poros, permitindo que desta forma haja melhor circulação sanguínea na região e maior absorção dos nutrientes que são aplicados através de hidratantes, sabonetes, protetores solares, entre outros.

Como a pele está saudável, o organismo fica mais favorável à reprodução celular integral. Isso afina a pele do rosto, eliminando marcas de expressão, rugas e acne. Os tecidos reconstituídos também acabam com as pequenas manchas que aparecem frequentemente.

Além de retirar impurezas, a argila age como detox, absorvendo todas as toxinas que ficam acumuladas no rosto por conta da rotina. Essa ação de eliminar toxinas e bactérias resulta em um efeito calmante para a pele, deixando-a mais macia e suave.

Por fim, existe a ação tensora branda (em outras palavras, que não repuxa muito a pele do rosto). Propriedade bem importante para ser utilizada logo depois de exposição ao Sol, algo muito comum em dezembro e nos primeiros meses do ano.

A argila branca, dentre outras coisas, ajuda a combater a oleosidade do rosto.

Para o cabelo

Se na pele a argila possui essa enorme quantidade de benefícios, saiba que para o cabelo ela não fica nada para trás. Apesar de ser mais popular como uma alternativa para o rosto, o composto orgânico é muito bom para a saúde e estética capilar.

A começar pela limpeza profunda que ela faz no couro cabeludo. Assim como para o rosto, a argila age no cabelo como um esfoliante, removendo as células mortas que estão presas nas raízes dos fios. Isso ajuda a retirar as toxinas do organismo, como impurezas e resíduos, liberando os poros para que a circulação sanguínea seja feita de forma mais eficiente.

Com o caminho livre para a reposição de proteínas, as madeixas crescem mais rapidamente e muito mais saudáveis. O resultado disso são fios mais fortes, brilhosos, macios e resistentes (ótima solução para as mulheres com queda de cabelo).

Essa esfoliação capilar também é fundamental para controlar a oleosidade do cabelo, principalmente no caso das mulheres que já enfrentam essa batalha diária. A argila pode ser uma grande aliada no seu tratamento diário para combater o excesso de gordura no couro cabeludo.

É normal que o cabelo fique ressacado e fragilizado após os fios serem submetidos a procedimentos químicos agressivos. Como uma das propriedades da argila é devolver a queratina às madeixas que a perderam e o composto é completamente natural, ele pode ser usado para evitar que a saúde capilar fique comprometida quando se platina o cabelo, por exemplo.

Quando este for o caso, o tratamento a base de argila deve ser feito somente um mês após a realização do procedimento químico. Nas situações em que o objetivo for nutrir os fios que estão em estado natural, as receitas com o composto natural devem ser aplicadas uma vez a cada 15 dias – o uso excessivo de argila pode ter como efeito colateral o ressecamento das madeixas.

Para o corpo

A grande exposição ao sol ou mormaço não prejudica somente o rosto. Além da aparição de manchas nesta parte do corpo, é comum que elas também se desenvolvam em outras regiões, como o colo.

Já na virilha, os motivos que levam à mesma consequência são outros. Assim como axilas e coxas, essas áreas estão localizadas em partes internas dos membros, resultando em regiões de maior atrito que as demais.

Esse atrito acaba por causar irritação na pele, o surgimento de algumas pequenas bolas vermelhas, parecidas com as decorrentes de assadura.

Para se proteger, a pele desenvolve uma camada espessa que, com o tempo, vai ficando escura. Este mesmo processo pode acontecer devido às alergias, irritações, depilações e, é claro, assaduras.

O uso da argila ajuda a eliminar essas manchas e devolver à virilha uma coloração natural e uniforme. O mesmo vale para o colo, axilas e coxas.

O efeito desintoxicante da argila é capaz de atuar de forma poderosa na eliminação de gordura localizada do abdômen, ajudando a perder uns quilos e chegar em forma para as festas de final de ano.

A argila branca pode ajudar a reduzir medidas.

Como utilizar a argila branca de várias formas

Salões de beleza e clínicas de SPA oferecem em seus serviços tratamentos e terapias que envolvem argila, mas para as mulheres que desejam realizar todos os procedimentos em casa é muito fácil e existem inúmeras receitas que podem te ajudar a tratar da pele, do cabelo e do corpo e ainda economizar uma “graninha”.

Para manchas de melasma

Cuidados antes da aplicação

Independentemente se você usará uma máscara de argila comprada já pronta ou se irá preparar sua receita caseira, existem cuidados que são necessários ter com a pele do rosto para que a argila possa agir e apagar as manchas de melasma. Mas fique tranquila porque nada disso vai te dar muito trabalho!

Retire toda a maquiagem e/ou produto que você utilizou no rosto.

Depois, não esqueça de lavar a pele do rosto com o sabonete mais indicado para o seu tipo ou alguma solução de limpeza que seja do seu gosto.

Por fim, basta secar o rosto com uma toalha macia, optando por leves batidas ao invés de esfregá-la na pele. Agora é só aplicar a argila.

Máscara de argila industrializada

  1. Depois de limpar a pele, aplique a máscara de argila por toda a região do rosto, tomando muito cuidado com as áreas ao redor dos olhos e os lábios. Você pode usar a ponta dos dedos ou um pincel. Sempre faça movimentos suaves;
  2. Deixe a máscara agir em sua pele, seguindo as recomendações do fabricante na embalagem;
  3. Não deixe que a máscara de argila seque por completo. Ela pode ser retirada assim que as bordas começarem a secar, mas com o centro ainda úmido;
  4. Retire a máscara enxaguando com água morna;
  5. Aproveite que os poros estão abertos para aplicar um hidratante facial. Se for se expor aos raios solares ou ao mormaço, não deixe de usar um protetor solar.

Máscara de argila caseira

Ingredientes
  • 1 colher (sopa) argila branca em pó;
  • Água mineral ou chá de camomila ou soro fisiológico.
Modo de preparo

Em um recipiente de plástico, cerâmica ou vidro (nunca em um de metal), misture a argila em pó com uma quantidade pequena de água mineral ou chá de camomila ou soro fisiológico (isso fica a critério de cada um).

Use uma espátula para mexer a mistura até que ela fique bem pastosa. Caso não atinja essa consistência, basta adicionar mais argila ou o líquido escolhido.

Aplique a mistura com a ajuda de um pincel. Realize movimentos na direção de baixo para cima e de dentro para fora. Passe o pincel várias vezes na mesma região para formar uma camada espessa.

Deixe a argila agir por cerca de 30 minutos. Neste período, evite movimentar demais o rosto. O componente mineral possui efeito tensor e age melhor com a pele relaxada. Após esse período, retire a máscara caseira com água morna.

Informações extras

  • Não usar maquiagem ou cremes pelas próximas duas horas após retirar a argila do rosto;
  • Realize o processo duas vezes por semana, mas, de preferência, consulte um especialista para que ele indique a frequência mais recomendada para o seu caso;
  • É comum que, após a retirada da argila, o rosto esteja bem avermelhado. Isso é resultado da ativação da circulação sanguínea que a máscara proporcionou;
  • Existem receitas que misturam argila branca com argila verde. Neste caso, a pele pode “pinicar” um pouco ou ficar com a sensação de que está sendo puxada. Não se preocupe, pois isso é natural;
  • Caso sinta qualquer sintoma após realizar o procedimento com argila no rosto, suspenda o tratamento e procure um dermatologista;
  • Não é possível medir quanto tempo demora a eliminar as manchas que aparecem no rosto e no colo. Isso varia de pessoa para pessoa, tipo de pele e quão escuras as manchas estão. Se o tratamento não estiver surtindo efeito, busque ajuda de um profissional.

Dicas para potencializar os efeitos da argila

Realizar tratamento de pele com argila é simples, rápido e tem a garantia de oferecer os resultados desejados – pelo menos no quesito hidratação e desintoxicação, uma vez que para a melasma ela só consegue acabar com as manchas mais claras. Ainda assim, é possível fazer mais algumas coisas que potencializem o efeito da argila.

A primeira delas é, após limpar o rosto, fazer uma espécie de vaporização para já abrir os poros antes de aplicar a máscara. Você só precisa ficar alguns minutos com uma toalha morna no rosto ou então posicioná-lo sobre uma bacia com água quente, deixando o vapor realizar a desobstrução.

Outra ideia para potencializar o uso da máscara de argila é em relação ao calendário semanal das aplicações. Quando for utilizá-la duas vezes na semana, opte por uma no final de semana e outra em um dia em que você tenha um compromisso. Lembre-se de esperar duas horas antes de se maquiar. Depois disso, pode usar os produtos de beleza que quiser e verá como eles deixarão o seu rosto ainda mais bonito.

Por fim, você também pode aderir a ideia de multimasking, uma técnica que mistura diferentes cores de argila que são usadas simultaneamente em regiões distintas do rosto.

Para mulheres com peles mistas, por exemplo, uma sugestão é utilizar a argila verde na região “T” e a preta nas partes mais secas do rosto. A primeira acabará com a oleosidade excessiva característica da região e a outra ajudará a iluminar as partes que possuem menos brilho.

Aplicar argila branca em casa é uma ótima forma de economizar dinheiro e ainda cuidar da pele.

No cabelo

Cuidados antes da aplicação

Por ser natural, a argila pode ser usada por mulheres que passaram por algum tipo de procedimento químico que ele não será comprometido e seus fios e couro cabeludo não sofrerão efeitos colaterais. Aliás, seu uso é extremamente indicado para mulheres que passaram alguma química no cabelo ou que fazem muito uso de chapinhas e secadores.

Para aplicar a máscara capilar de argila branca, seja com uma receita caseira ou em uma fórmula comprada pronta, ela só deve ser aplicada em cabelos limpos. Portanto, lave bem as madeixas com shampoo e condicionador específicos para o seu tipo de fios.

Máscara capilar de argila industrializada

Modo de usar
  1. Após lavar o cabelo com shampoo e condicionador, seque até que os fios fiquem úmidos e certifique-se de que eles não estão embaraçados (isso facilita a aplicação);
  2. Divida o cabelo em mechas e aplique a máscara em toda a extensão dos fios – em cabelos oleosos deve-se evitar que o produto atinja a raiz;
  3. Deixe a máscara de argila agir por um período entre 15 e 20 minutos;
  4. Retire a argila das madeixas enxaguando com água morna;
  5. Seque os cabelos até que fiquem apenas levemente úmidos e aplique uma máscara de hidratação da sua escolha.

Máscara capilar de argila caseira

Ingredientes
  • 4 colheres (sopa) de argila branca em pó (cabelos compridos) ou 2 colheres (sopa) de argila em pó (cabelos curtos);
  • Água mineral;
  • Queratina líquida (na mesma proporção da argila).
Modo de preparo

Em um recipiente de plástico, vidro ou cerâmica (não esqueça de que o metal e a argila não combinam), misture a quantidade de argila indicada para o seu tamanho de cabelo com água mineral morna. Coloque pouca e vá adicionando com calma até que sua mistura fique pastosa. Em seguida, adicione a queratina líquida.

Para aplicar, utilize um pincel ou a ponta dos dedos para passar a mistura no couro cabeludo. O ideal é que sejam feitos movimentos circulares e suaves com os dedos para melhorar a fixação no couro cabeludo.

Depois, separe os fios em mechas e aplique a argila em toda a extensão das madeixas. Não é um passo necessário, mas é bem recomendado que se coloque uma touca de alumínio após aplicar a mistura.

Deixe a argila agir por 20 minutos. Para retirar o produto do cabelo, enxague com água morna. Logo em seguida, faça uma hidratação usando a máscara da sua preferência.

Informações extras

  • Não deixe a mistura caseira de argila por mais de 20 minutos no cabelo, pois isso pode resultar no ressecamento dos fios;
  • O mesmo é válido para a frequência do tratamento. Faça intervalos de 15 dias entre uma aplicação e outra;
  • Não há contraindicação para mulheres que passaram por procedimentos químicos, mas se este é o seu caso, espere dois meses até realizar o peeling capilar com argila, pois ela pode eliminar resíduos que fazem parte do procedimento pelo qual você passou;
  • A argila pode ser utilizada em cabelos secos ou úmidos. Não deixe de experimentar as duas formas para saber com qual delas se sente mais confortável;

Dicas para potencializar os efeitos da argila

A argila permite que muitos outros aditivos sejam adicionados às receitas existentes para atender às necessidades específicas de cada cabelo: vinagre de maçã, água de coco, mel, chás, hidratantes, óleos vegetais e clara de ovos. Quando este for o caso, adicione água mineral aos poucos para dar a consistência correta para a mistura (pastosa).

O vinagre de maçã, por exemplo, tem como um dos seus benefícios aumentar o brilho do cabelo, além de controlar a seborreia e a caspa. Apesar de a argila ser suave, o vinagre também ajuda a diminuir o pH do composto mineral.

Evite receitas com óleos vegetais se você possui cabelos finos ou oleosos. Existe o risco de ele acabar pesando para o seu tipo de madeixa e não atingir todos os resultados que possui potencial.

Para clarear virilha

Cuidados antes da aplicação

Assim como no rosto e no cabelo, quando for utilizar argila para clarear a virilha, é necessário realizar a limpeza adequada da região.

Lave bem e use todos os produtos da rotina diária para garantir que ela pode receber o tratamento. Por fim, basta secar o rosto com uma toalha macia, optando por leves batidas ao invés de esfregá-la na pele. Agora é só aplicar a argila.

Ele deve ser realizado após um período de dois dias da depilação e pode ser feito até duas vezes por semana.

Pasta caseira de argila branca

Ingredientes
  • 1 colher (sopa) de argila branca em pó;
  • 2 colheres (sopa) de água mineral;
  • 3 gotas de óleo essencial de laranja.
Modo de preparo

Em um recipiente de vidro, cerâmica ou plástico, misture todos os ingredientes até que se forme uma mistura pastosa. Mais uma vez, adicione uma quantidade maior de água caso seja necessário tornar a pasta mais líquida.

Com a ajuda de um pincel, aplique o produto nas áreas escurecidas. Faça esse procedimento com movimentos leves e até que se crie uma camada espessa da argila. Deixe a mistura agir por 20 minutos. Durante este período, evite ficar se movimentando e deixe pele e corpo relaxados.

Use água morna para enxaguar e retirar a pasta de argila da virilha. Mais uma vez, seque com cuidado, preferencialmente deixando que a região seque naturalmente para que assim a pele possa passar uns minutos respirando.

Informações extras

  • Não use receitas caseiras à base de limão. Se ele for usado de forma errada, é possível que a pele fique irritada e que até novas manchas apareçam;
  • Cuidados antes e depois da depilação podem evitar que o surgimento de manchas. Não deixe de realizar esfoliação três dias antes da depilação;
  • Faça hidratação diária;
  • Evite se depilar durante o período menstrual. Nestes dias a pele está mais sensível e com maior tendência a feridas;
  • Não use roupas apertadas e evite passar muito tempo com aquelas feitas com materiais sintéticos. Elas favorecem a transpiração e, consequentemente, o aparecimento de manchas;
  • O mesmo vale para roupas molhadas. Por isso, evite ficar muito tempo de biquíni ou maiô após banho de piscina ou de mar.
A argila branca é uma ótima aliada das mulheres que querem clarear a virilha.

Quem não deve usar argila branca?

A argila é um composto mineral natural e, por isso, não possui contraindicações, podendo, inclusive, ser usado por crianças, gestantes e por pessoas com algum problema de saúde. Mesmo assim, é importante que aquelas que possuem alergia a algum dos elementos presentes na argila (alumínio, silício, manganês, magnésio, entre outros) evitem usá-la.

O mesmo vale para pessoas que possuem lesões na pele. Como ela não está com a saúde em dia, é recomendado que se espere a regularização da situação para iniciar tratamentos e terapias com argila branca.

Se você não se encaixa em nenhum dos requisitos acima, mas mesmo assim sentiu algum sintoma estranho ou incômodo após usar a argila, é importante que se interrompa o seu uso imediatamente e procure um dermatologista o quanto antes.

Onde comprar argila branca e qual o seu preço?

Você pode encontrar argila branca em fórmulas de cosméticos ou em pó, farmácias de manipulação, mercados, farmácias e lojas que vendem produtos naturais. Hoje em dia, esse produto também pode ser adquirido facilmente em diversas formas via internet.

Quanto ao preço, ele varia bastante de acordo com o tamanho da embalagem e a marca do produto.

Em pó, por exemplo, esta variação costuma ir de R$ 10 a R$ 20. Já nos cosméticos é mais difícil fazer esse comparativo com exatidão. Tudo vai depender da fórmula do produto e para que finalidade ele se destina.

Demais tipos de argila

Como dissemos, a argila pode ser misturada com outras em algumas situações para potencializar os seus efeitos e resultados. Abaixo, veja os demais tipos do composto natural e suas características:

Argila verde

Com ação tonificante, estimulante e adstringente, essa cor é ideal para quem tem pele e cabelos oleosos, agindo principalmente no combate a cravos e espinhas. Outra vantagem é a de prevenção do envelhecimento precoce da pele.

Argila preta

Muito indicada às pessoas com a pele bem oleosa, pois possui uma ação detox, agindo como um anti-inflamatório e anti-estresse natural. Assim como a verde, a preta também possui propriedade rejuvenescedora.

Argila rosa

Ideal para mulheres com peles sensíveis. Ela é resultado da mistura da argila branca com a argila vermelha. Suas principais características são absorção de toxina e oleosidade e cicatrização. Seu resultado é pele e cabelo mais macios.

Considerações finais

Esperamos que esse artigo sobre a argila branca e seus principais benefícios e usos tenha sido esclarecedor para você e que, agora, você possa escolher o tratamento mais adequado a fim de atingir os resultados desejados.

Não se esqueça de que esse artigo tem caráter meramente informativo. Caso você sofra com algum problema dermatológico grave, é recomendado que entre em contato com um médico de confiança para que, assim, ele possa fornecer as orientações mais adequadas.

Lembre-se que, mesmo com compostos naturais, você deve ter cautela. Cuide da sua saúde como ela merece e continue acompanhando nosso blog para mais conteúdo incrível como esse.

Leave A Reply

Your email address will not be published.